o que é arquétipo do amor

O que é Arquétipo do Amor?

Posted on Posted in Formação em Psicanálise, Psicanálise

Ainda que a gente não consiga traduzir em palavras exatas, todos nós temos uma imagem idealizada sobre determinada coisa.

Esse tipo de representação costuma levantar uma simbologia do que tal imagem pode significar para nós.

Por isso, hoje vamos explicar mais sobre o arquétipo do amor e como ele nos influencia em nossas vidas.

O que é o arquétipo do amor?

O arquétipo do amor representa a ideia primordial, o modelo básico do que é o amor. São as nossas primeiras impressões quando pensamos sobre ele, algo que surge na cabeça de forma imediata.

Neste exato momento, pense sobre a ideia do que é o amor e você vai encontrar o arquétipo sobre ele.

Nesse sentido, os arquétipos podem ser classificados como símbolos, visuais ou não, sobre a forma de determinada coisa. Por conta disso que não existe uma imagem absoluta para algo, já que muitos enxergam um arquétipo de maneiras diferentes.

Em relação ao amor, inclusive, há diversos arquétipos que ajudam a representá-lo.

O arquétipo em relação ao amor carrega informação e energia que nos ajuda a comunicar com ele. Nisso, o símbolo pode influenciar nos resultados que desejamos quando conversamos com ele. O amor está no ar, literalmente.

O peso da carência

Buscar alguém para nos fazer felizes não garante uma felicidade duradoura. O amor não deve ser usado para preencher vazios.

É normal sentir carência, mas quando perdemos contato conosco, prejudicamos nossos relacionamentos.

Antes de buscar amor em outro, precisamos estar bem conosco e cultivar nossa individualidade.

Ao nos tornarmos autossuficientes, estamos prontos para compartilhar uma relação saudável e significativa.

Antes de projetar algo em alguém, projete a si mesmo

Lembre-se de que a felicidade que busca não virá apenas de um relacionamento. Um relacionamento saudável surge quando você se conecta com a alegria interior e amadurece espiritualmente.

Ao amadurecer, você cria espaço para relações interpessoais positivas.

Quando idealizamos alguém, queremos ser como essa pessoa, mas é importante desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que admiramos nos outros.

Ao confiar nesse processo de autodesenvolvimento, a vida nos aproxima de pessoas que combinam conosco.

QUERO INFORMAÇÕES PARA ME INSCREVER NA FORMAÇÃO EM PSICANÁLISE

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Indivíduos que são confiantes em sua individualidade são mais atrativos emocionalmente.

    Apesar de a mente duvidar, a alma está pronta para aceitar o amor quando estamos alinhados com nosso crescimento pessoal.

    Como usar um arquétipo?

    Na prática, não podemos utilizar o arquétipo do amor porque seria como tentar controlar uma entidade. O que podemos fazer é interagir com ele, de modo a realizar trocas equivalentes. Assim como nós, o arquétipo é uma consciência, não podemos nos usar, mas somos capazes de encontrar informações.

    A vivencia que compartilhamos com ele, bem como a equivalência trocada, faz com que nós dois cresçamos. Porém, precisamos ter consciência de quais são as suas características para que consigamos interagir corretamente com ele. Nisso, reflita se está com disposição para vivenciar essas características e lidar com a energia que será entregue.

    Quando encontrar o arquétipo ideal, vivê-lo e senti-lo ativar, tente elevar a sua vibração e se alinhar com ele. Isso é possível quando nutrimos pensamentos e sentimentos positivos melhores do que agora. Com consciência, ame e ajude a si mesmo e aos demais.

    Efeitos do Arquétipo do Amor

    É curioso notar a maneira como o arquétipo do amor acaba por influenciar em nossa postura no cotidiano. Graças a ele que nossa perspectiva em relação ao outro e aos sentimentos se reformula com profundidade e certeza. Passamos a experimentar melhor:

    Persuasão

    Não se trata de manipular alguém, mas conduzir saudavelmente suas impressões em caminhos específicos. Nisso, fica mais fácil abrir rotas para que o amor possa chegar em nossa direção e nos dedicarmos a ele. Sem contar que tanto física, quanto mental e emocionalmente estaremos mais atraente ao pretendente.

    Perspectiva

    Esse arquétipo acaba por lapidar a visão que temos e expandi-la sobre nossas vidas. Desse modo, somos levados a refletir sobre as ações que são realmente necessárias para termos alguém agora. Entra a parte ética sobre o que podemos ou não executar quando queremos adicionar alguém em nossa trajetória.

    Desbloqueios

    As barreiras que até então nos impediam de prosseguir são desconstruídas conforme ficamos mais antenados sobre nós mesmos. Note que algo sempre acabava por frustrar qualquer desenvolvimento emocional seu quando necessário.

    Assim, quando conversamos e interagimos adequadamente com o arquétipo, temos a chance de dissolver essas pendências.

    “E o importante é ser você…

    Querendo ou não, a aparência de uma pessoa acaba importante muito atualmente, mais do que deveria. Boa parte das pessoas se concentra em parecer quem não são ou imaginar que podem ser mas atraentes assim. Indo além disso, existe a preocupação em parecer algo do que realmente ser aquilo.

    Graças à vontade de causar impacto nas pessoas, acabamos incorporando uma persona que não existe a fim de atraí-la. Em vez de trabalhar com a nossa verdadeira essência, embarcamos em um caminho do início da mentira. A longo prazo, acredita que esse tipo de ação realmente pode funcionar?

    Tenha em mente que quando trabalhamos com o arquétipo do amor precisa existir entrega e sinceridade com ele. No caso, não podemos mentir ou tentar fingir ser alguém ao utilizar dessa força para ganhar algo.

    Fazendo uma analogia simplista, seria como tentar acender gelo para obter luz de uma grande fogueira: não dá certo.

    Arquétipos do amor

    Como dito no início do texto, o arquétipo do amor não se concentra em uma única figura, mas, sim, em várias. Embora façam parte da mesma intenção, cada uma possui um propósito específico na conquista do amor.

    Isso fica visto em alguns dos exemplos abaixo, como:

    Beija-flor

    O arquétipo do beija-flor está associado à alegria, cura e adaptabilidade. Também pode representar a motivação para curar feridas emocionais e bloqueios de forma mais alegre e feliz. 

    Em algumas culturas, acredita-se que quando um beija-flor se aproxima ou olha para uma pessoa, é porque ela precisa de cura e de libertar as suas energias negativas. A presença de um beija-flor pode lembrar sonhos e a perseverança para os realizar. 

    O arquétipo do beija-flor também pode ser combinado com outros símbolos para representar características e energias específicas. Por exemplo, o arquétipo “Cleópatra Beija Flor e Flamingo” combina Cleópatra, que simboliza poder e liderança, com o beija-flor, que representa alegria e liberdade, e o flamingo, que simboliza elegância e equilíbrio. 

    Rosa vermelha

    A rosa vermelha é um arquétipo do amor que representa paixão, sedução e amor próprio. Também pode atrair um relacionamento mais duradouro e fiel, sensualidade, mistério e amor verdadeiro. 

    As rosas vermelhas podem ter significados diferentes, mas geralmente representam amor profundo, paixão ardente e desejo intenso. Também podem expressar gratidão, admiração e respeito. 

    A cor vermelha representa o romance, a paixão e a autoestima. As rosas vermelhas podem ser usadas para presentear a pessoa amada ou para realizar rituais para atrair um romance. 

    Flamingo

    O arquétipo do flamingo representa o amor verdadeiro e duradouro, a parceria, a lealdade e a fidelidade. Também pode simbolizar a perfeição do amor e a união dos casais apaixonados. 

    Na espiritualidade, o flamingo é um símbolo de amor, equilíbrio, graça e conexão espiritual. Lembra-nos da importância de cultivar relacionamentos amorosos e compassivos, e de buscar a beleza e a harmonia na nossa vida. 

    O arquétipo do flamingo também pode ajudar a equilibrar as emoções, ao não as esconder ou reprimir. No entanto, também pode trazer desafios, como apego excessivo, preguiça, perfeccionismo, vaidade excessiva, dependência emocional e antissocialidade. 

    Cupido

    O arquétipo de Cupido é o deus do amor, da paixão e do erotismo, e é representado por um jovem alado que dispara flechas para unir corações. Cupido é o equivalente romano do deus grego do amor e da atração, Eros. 

    Afrodite

    Afrodite é a deusa do amor, da sexualidade e da beleza. O arquétipo de Afrodite personifica a autoconfiança que vem da autoaceitação e do amor próprio. Através deste arquétipo, aprende-se a cuidar de si, a abraçar a sua singularidade e a encontrar beleza em cada aspecto de quem se é. 

    O arquétipo de Afrodite também pode aflorar o lado feminino mais poderoso e despertar intuições poderosas. Como símbolo da beleza, pode aumentar a autoestima. 

    Para ativar o arquétipo de Afrodite, é importante conectar-se com a própria sensualidade, através de práticas como dança, ioga, meditação ou qualquer atividade que permita sentir-se em sintonia com o corpo e os sentidos. 

    O arquétipo de Afrodite também ensina a praticar a gentileza, a amorosidade, a gratidão e a ver beleza em tudo o que existe. 

    Príncipe encantado

    O arquétipo do amor idealizado é o príncipe encantado, que é representado por um homem bonito, rico e gentil. O arquétipo do amante é personificado por Cinderela e seu príncipe encantado, e inspira o gênero da literatura e cinema românticos.
    A síndrome do príncipe encantado define aqueles que têm uma versão tão romântica de como o amor deveria ser que, muitas vezes, perdem a oportunidade de ter um relacionamento satisfatório. 

    Como interagir com os arquétipos do amor

    • Meditação: a meditação pode ser uma ótima maneira de se conectar com os arquétipos do amor. Ao meditar sobre um arquétipo específico, você pode começar a desenvolver uma compreensão mais profunda de seus significados e energias.
    • Símbolos e imagens: os símbolos e imagens podem ser poderosos catalisadores para a conexão com os arquétipos do amor. Você pode usar símbolos e imagens associados a um arquétipo específico para ajudá-lo a se sentir mais conectado a ele.
    • Histórias e poemas: histórias e poemas podem fornecer uma visão valiosa sobre os arquétipos do amor. Ao ler histórias e poemas sobre um arquétipo específico, você pode começar a desenvolver uma compreensão mais profunda de suas histórias e significados.

    Considerações finais sobre o arquétipo de amor

    O arquétipo do amor é um dos pilares com os quais nos agarramos para contatar e elevar a nossa força sentimental. Todos nós merecemos ter alguém do lado para dividir o que temos de melhor. Contudo, antes de procurar alguém, encontre a si mesmo, seu equilíbrio e individualidade para compartilhar depois com outra pessoa.

    Entenda melhor como se comunicar com essa força para que juntos possam evoluir como precisam e podem ser. Lembre-se que, indiretamente, poderá ajudar outros que partilham da mesma busca. Afinal, um arquétipo é um objeto universal e que liga a todos os seres humanos, incluindo seu futuro amor.

    Para entender melhor como se comunicar com isso, se inscreva em nosso curso online de Psicanálise Clínica. As aulas visam a ampliação de sua composição interna, preparando uma postura nova com base em autoconhecimento renovado. Com isso poderá se valer melhor do arquétipo do amor e empregar com mais eficácia o poder do seu potencial completo!

    4 thoughts on “O que é Arquétipo do Amor?

    1. Adalto lucio dos santos disse:

      Eu sou assim eu uso o arquétipo do amor, todos somos.

    2. Gratidão pelas informações. Foram de grande valia. Que todos que contribuíram pra esta mensagem sejam muito abençoados.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *