desleixado

Desleixo: significado e psicologia do desleixado

Posted on Posted in Conceitos e Significados

Talvez você ou alguém conhecido já realizou uma tarefa que não foi cumprida como deveria. A falta de atenção é algo muito comum no cotidiano das pessoas e pode nos prejudicar bastante. Para entender o que afeta a nossa cautela, nós vamos entender melhor o significado de desleixo e a Psicologia do desleixado.

O que é desleixo?

O desleixo é quando uma pessoa deixa de ser atenciosa com algo ou alguém. Um indivíduo desleixado não demonstra empenho com as atitudes e responsabilidades que possui. Logo, o resultado final não sai como o esperado e pode até causar prejuízos para ele ou pessoas próximas.

Um exemplo bastante comum de uma pessoa desleixada é um estudante que reprova na escola. O modo como um aluno estuda e aprende influencia diretamente no seu desenvolvimento acadêmico. Por causa de uma falta de atenção ou dedicação aos estudos, esse indivíduo não aprendeu como deveria.

A falta de zelo pode acontecer ou por conta dos hábitos ou por influências externas. Por exemplo, ambiente tóxico para produtividade afeta a concentração de uma pessoa. Contudo, o próprio indivíduo pode demonstrar hábitos antigos que não beneficiam a sua rotina, como a preguiça.

Por que nós somos desleixados?

De acordo com a Psicologia, o conceito de desleixo em uma pessoa se equivale a um despreparo ou desinteresse. Talvez a falta de atenção do indivíduo seja um sintoma do seu desinteresse em determinada ação. Em outras palavras, a pessoa pode querer estar em outro lugar ou não fazer essa tarefa.

Você, com certeza, já esteve em alguma situação onde não queria fazer as suas obrigações. Mesmo assim, sabia da sua responsabilidade e você fez a sua tarefa da maneira como podia. Contudo, você já teve a sensação de que os resultados poderiam ser muito melhores do que foram?

Assim, segundo a Psicologia, o sinônimo de desleixo indica a falta de ânimo em um indivíduo. Com essa ausência de força uma pessoa tem muitas dificuldades para melhorar o seu desempenho. A seguir nós mostraremos para você algumas características do desleixado.

Características da pessoa desleixada

Desde já nós queremos esclarecer que uma pessoa desleixada precisa ser entendida para explicar esse comportamento. Porém, é difícil não perceber os prejuízos que o desleixo traz tanto para ela, quanto para quem está próximo. Você pode identificar um desleixado por causa das seguintes características:

Falta de cuidado

Um indivíduo desleixado tem problemas para demonstrar competência porque não é tão cuidadoso. Não que ele seja uma pessoa com más intenções, mas não demonstra empenho necessário nas suas responsabilidades.

Preguiça

Um sinônimo de desleixo bastante conhecido nesse grupo é a preguiça. Além de não demonstrar tanto empenho no que faz, uma pessoa evitará suas funções. Com certeza é um sinal de que a pessoa descuidada não tem vontade de cumprir suas obrigações.

Apatia

Por fim, nós citamos a apatia como uma das características de quem é descuidado. Há um desinteresse muito grande do indivíduo em fazer as suas tarefas. Em outras palavras, ele não sente prazer algum no que faz ou deveria fazer.

Leia Também:  Qual é o símbolo da paz? Significado e história

O papel das doenças

Em primeiro lugar nós queremos deixar claro que há várias razões para uma pessoa demonstrar desleixo. Ainda mais quando ela tem uma rotina agitada e é difícil ser mais atenta aos detalhes. Entretanto, a negligência em relação aos afazeres do cotidiano pode indicar problemas de saúde mais sérios.

Por exemplo, pessoas ansiosas ou depressivas são reféns dos seus próprios pensamentos e emoções. Ainda que consigam realizar os seus compromissos, essas pessoas estão sofrendo internamente. Portanto é difícil para elas prestar atenção aos detalhes quando não conseguem sentir paz interior quando precisam.

Nesse caso, esses indivíduos precisam descobrir as causas das suas doenças e perturbações. Em seguida, é preciso entender como esses males afetam a sua rotina e a capacidade de ser produtivo. Buscar apoio especializado de um terapeuta ajudará a identificar e combater os gatilhos do mal-estar.

Nunca faça tudo de uma vez

Se você realiza várias tarefas de uma vez é certo que os resultados não sairão como o esperado. Afinal, a sua atenção está dividida e você não tem como prestar atenção aos detalhes. Embora seja uma brincadeira da internet, segundo os internautas, “o segredo para fazer muitas coisas de uma vez é fazer tudo mal feito”.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Brincadeiras à parte, você precisa evitar ser multitarefa para não demonstrar desleixo e se cansar também. Ainda que possua uma agenda cheia, prefira uma tarefa bem realizada a cinco atividades mal feitas. E quem sabe nós não possamos mudar essa realidade com as dicas a seguir.

    Como vencer o desleixo?

    Velhos hábitos são difíceis de superar, mas uma pessoa pode vencer o desleixo com as dicas a seguir:

    Organização

    Se você tem tarefas para cumprir, o primeiro passo é planejar o seu dia. Organize horários, as ferramentas que precisará e os apoios, caso você ache necessário. Com o intuito de facilitar as suas tarefas você poupará tempo e esforço com planejamento e gerenciar melhor seu tempo.

    Evite distrações

    Mantenha desconectada as suas redes sociais, telefone, jogos, canais de filmes ou qualquer coisa que te distraia. Quando nós fazemos uma atividade menos prazerosa é mais fácil buscar uma distração para procrastinar. Além disso, se possível, mantenha o seu espaço sem muito ruído ou deixe claro que você está ocupado.

    Recompensa

    Com toda a certeza você merece se recompensar pelo esforço que faz na sua rotina. A fim de se manter motivado, crie um sistema de recompensas para você seguir. Sempre que alcançar determinada meta você pode descansar, comprar algo pequeno para si ou até comer o que deseja.

    Busque ajuda

    Se o desleixo atrapalha e muito a sua vida talvez seja a hora de você procurar ajuda externa. Nunca sinta que é errado ter algum problema que não sabe como lidar. Às vezes é necessário deixar o orgulho ou vergonha de lado e admitir as suas dificuldades, mas que deseja superá-las.

    Você ou alguém próximo pode buscar um profissional, como um psicólogo, psicanalista ou mesmo psiquiatra. Conversar com alguém capacitado para compreender o comportamento de alguém costuma ser bastante benéfico. E quem sabe você, além de descobrir as causas do seu descuido, descobre também como superá-lo com terapia.

    Ademais, quando uma pessoa cuida da sua saúde mental e emocional ela costuma dar mais atenção aos detalhes. Busque pensar nos benefícios e consequências positivas que esse encontro e o autoconhecimento farão na sua vida.

    Leia Também:  Tempo Perdido (Legião Urbana): letra e interpretação

    Considerações finais sobre desleixo

    Por causa do desleixo muitas pessoas não assumem papéis ou cargos grandiosos nas suas vidas. Já que ser desleixado causa até má impressão, fica difícil para as pessoas confiarem no desleixado. Entretanto, é possível mudar esse comportamento com uma mudança de postura gradual na sua rotina.

    Entender as causas desse descuido permitirá uma vida mais equilibrada e com possibilidades de crescimento. Lembre-se que uma fortaleza somente é resistente quando cada tijolo ocupa o seu devido lugar. Os detalhes fazem a diferença.

    Você pode aprender a lidar melhor com o desleixo com o nosso curso online de Psicanálise. Além de melhorar o seu autoconhecimento, as nossas aulas te ajudam a descobrir o seu potencial completo. Entre em contato com a nossa equipe e descubra como transformar a sua vida sem perder os detalhes que importam.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *