Guia de Estudos para Curso de Psicanálise Clínica

guia de estudos do curso de psicanálise clínica

Este texto é uma sugestão de roteiro de estudos para o Curso de Psicanálise Clínica. São dicas de como você pode tirar o melhor proveito durante sua Formação em Psicanálise. Adapte essas dicas e complemente-as com o que funciona melhor para você.

O que entendemos que funciona melhor para as etapas teóricas (módulos 1 a 12) é:

1. Leia a apostila do Módulo. Acesse a apostila do Módulo, em sua área de membros. No começo, a apostila pode parecer um pouco extensa, mas rapidamente você se adapta e, para os módulos subsequentes, a leitura se torna mais fácil. Além do mais, você vai se adaptando para ler textos de psicanálise, o que será um grande diferencial, já que a leitura vai acompanhar você em toda a sua trajetória.

2. Faça anotações. Durante a leitura, faça suas anotações em um caderno ou em um bloco de notas no computador. No caderno costuma ser melhor, pois você pode deixar a anotação mais “pessoal”. Faça mapas mentais, anote pelo menos os conceitos-chave e tente escrever uma ou duas frases que resumam este conceito para você.

3. Vídeo-aulas. Na área de membros, veja as vídeo-aulas do módulo que você estiver estudando. As vídeo-aulas são opcionais e não substituem a leitura das apostilas, mas ajudam como revisão. Ao ver as vídeo-aulas, você poderá comparar com as anotações que você fez e ajustar seu entendimento.

4. Pesquise no Blog. Acesse o nosso blog Psicanálise Clínica. Lá existe um campo PESQUISAR. Insira um conceito em relação ao qual você tenha dúvida. Nosso blog tem o maior conteúdo sobre Psicanálise em Língua Portuguesa. Certamente você vai encontrar alguns artigos que podem lhe ajudar a compreender um determinado assunto.

5. Comunidade Whatsapp. Se você ainda tiver dúvidas, pergunte na Comunidade Whatsapp restrita a alunos. Acesse sua área de membros e preencha um formulário para fazer parte da Comunidade. Use [DÚVIDA] no início da sua mensagem e insira sua dúvida de forma objetiva, focando um assunto por vez. A participação na Comunidade é opcional. Não se angustie com o grande número de mensagens da Comunidade, nem se compare a colegas que “saibam muito” ou que “saibam pouco”. Siga seu percurso com foco e autorresponsabilidade, usando a Comunidade a seu favor.

6. Redação do Módulo. Escreva a sua redação do Módulo (800 palavras ou mais), usando o editor de textos do seu computador (Word por exemplo). O tema é livre. Tente escolher um tema não óbvio e não abordado na apostila (um tema que seja do seu interesse) e relacione com pelo menos UM conhecimento da apostila do Módulo. Por ex., se você se interessa por cinema, pode fazer sua redação sobre um filme e, durante o texto, relacionar a algum tema do Módulo. Para a redação, você pode pesquisar outros artigos na internet que tratem do assunto, desde que você não copie nenhuma frase idêntica à apostila ou a outros textos da internet. Clique aqui para ver um exemplo de tamanho de texto e estilo de redação (não precisa ter índice).

A redação ao fim de cada módulo será reprovada (Insuficiente) se:

– não for integralmente original (não copie frases da apostila ou de outros materiais da internet; você pode aproveittar ideias de outros textos da internet, mas sem copiar nenhuma frase igual a outro texto, exceto se você for fazer uma citação usando aspas e indicando a fonte);

– não respeitar a extensão mínima (de 800 palavras cada redação), ou

– não tiver profundidade e qualidade explanativa na abordagem de pelo menos UM tópico abordado no respectivo módulo (escolha um tema criativo/inovador do seu interesse e, durante o texto, aborde pelo menos UM conhecimento do Módulo).

7. Algumas outras ideias para a sua redação. É sempre melhor se a sua redação for específica, em vez de ser um mero resumo de algum assunto do Módulo. Explicamos: em vez de fazer uma redação sobre “o que é o ego”, faça uma redação sobre algum assunto diferente, surpreendente e que te interesse, mencionando a ideia de ego em um momento do seu texto. Assim, você vai estar aplicando seus conhecimentos e escrevendo sobre algo de que você gosta.

Mas, quais assuntos você poderá abordar na sua redação do módulo?

O tema é livre em todas as redações (em todos os módulos). Você pode escolher um tema do cotidiano. Qualquer assunto mesmo. Exemplos: algum tipo de conflito familiar ou afetivo, algum medo ou angústia que as pessoas costumam ter, algum desejo que as pessoas normalmente tenham de alcançar na vida, algum fato da vida social ou do mundo do trabalho, algum filme, letra de música, algum assunto da atualidade etc. Ou você pode relacionar alguma área de sua formação ou profissão com a psicanálise (por exemplo, se você tiver formação em direito poderá ressignificar um conhecimento do direito a partir de uma ideia da psicanálise).

Se você se sentir travado(a) na hora da redação, experimente usar uma (ou mais) das dicas abaixo:

(a) Escolha um assunto e grave um áudio de você falando a respeito do tema. Não precisa mostrar para ninguém este áudio, será só um guia para você. Depois, transcreva e adapte para o texto da redação, usando pelo menos um assunto do Módulo.

(b) Você também pode (depois de escolhido o tema), pesquisar algumas ideias em uns 3 ou 4 textos da internet. E, sem copiar NENHUMA frase idêntica dos textos que você leu, selecione as melhores ideias deles, escrevendo um texto novo com as suas palavras.

(c) Se ainda assim você estiver com dificuldade de pensar um tema para sua redação, você pode escolher qualquer tema desta lista aqui, que contém centenas de temas (escolha UM a seu critério e combine com as sugestões que fizemos acima para criar o seu próprio texto).

8. Faça a prova e envie sua redação. Na área de membros, abra a prova do Módulo que você estiver fazendo. Você terá 10 perguntas para responder a cada módulo. Ao responder as perguntas, você pode consultar as anotações do seu caderno e consultar as apostilas. Junto com as respostas, na mesma prova você copia-cola a redação que você redigiu anteriormente para o Módulo. Não há tempo mínimo para fazer as provas, mas o sistema pode desconectar você por inatividade (se isso ocorrer, faça login novamente). Tenha sua redação salva no seu editor de textos e vá marcando as respostas da sua prova, caso precise refazer. Você pode acessar a prova quantas vezes quiser, até você enviar a prova.

9. Pronto! Agora vá para o próximo Módulo! Imediatamente após enviar a prova do Módulo, você receberá um e-mail (protocolo) de que a prova foi feita e você já poderá iniciar o Módulo seguinte. Logo após enviar a prova + redação (alguns minutos após), você já recebe um email (protocolo) confirmando o envio (verifique também no seu spam ou lixo eletrônico). É uma segurança sua que atesta que você finalizou o Módulo e já pode ir para o próximo Módulo. Alguns minutos após, ao entrar no seu Boletim, já deve aparecer a nota das questões (de 0 a 10) e Suficiente/Insuficiente para redação.

10. Mantenha seu ritmo de estudos, é você quem determina seu prazo de estudos. Você tem de 12 meses a 36 meses para concluir seus estudos das etapas teórica e prática, sem cobrança adicional neste período. Determine uma meta de tempo para você terminar um Módulo teórico. Por exemplo: “a cada 15 dias [ou 30 dias, ou 60 dias] vou concluir um Módulo”. Lembrando que um Módulo é concluído quando você faz a prova dele (perguntas + redação).

11. Mantenha a auto-responsabilidade que você demonstrou ter até aqui. Cuidado com as desculpas que você pode estar se dando para não estudar e não enfrentar a principal tarefa de uma existência (segundo Freud), que é o autoconhecimento e a compreensão da própria mente. Os recursos disponibilizados pelo Curso são inúmeros e estão organizados numa lógica passo-a-passo. Vídeo-aulas, lives e leituras (apostilas) são os principais recursos que você tem às mãos para estudar. Ninguém poderá passar pela experiência do conhecimento no seu lugar. Foque no material que você já tem disponível, inclusive a leitura das apostilas e, conforme você for tendo mais tempo disponível, leia também os artigos do blog e os materiais complementares (afinal, não se forma psicanalista sem leitura).

12. Foque nas apostilas, provas e vídeo-aulas do Módulo que você estiver estudando, que são os materiais obrigatórios na etapa teórica. Conforme você for tendo mais tempo, complemente seus estudos (por exemplo, matriculando-se no Curso Avançado) e use os outros recusos complementares e opcionais que o Curso oferece na sua Área de Membros, como:

– materiais extras e bônus da área de membros

– participar da Comunidade Whatsapp e canal Telegram

– assistir às Lives e rever as gravações das Lives

– baixar e ler os PDFs disponibilizados como materiais complementares

– ler os artigos do blog Psicanálise Clínica (novos artigos são adicionados diariamente)

participar como Colunista de nosso blog (ao escrever e ensinar outras pessoas, você aprende mais).

Na etapa prática (supervisão e análise, já inclusas no Curso de Formação), as leituras serão bem rápidas (apenas relatos de casos atendidos pelo professor psicanalista) e os encontros serão ao vivo (100% online).