análise transacional

Análise Transacional: o que é?

Posted on Posted in Terapias

Nós estamos interagindo com outras pessoas a todo o momento e, às vezes, dependemos delas para crescer. Conectar-se com outras pessoas pode não ser tarefa fácil, mas é recompensador entender o comportamento de alguém. Saiba melhor o que é análise transacional e como usá-la.

O que é análise transacional?

A análise transacional é um estudo que tem como objetivo a mudança pessoal e comportamental das pessoas. Criada pelo psiquiatra Eric Berne na década de 1950, a técnica tem o intuito de estimular o crescimento das pessoas. Além disso, também melhorar os sentimentos e pensamentos de uma pessoa.

Essa área recebeu esse nome porque Berne era bastante interessado nas relações humanas e nas trocas de estímulos. Segundo Eric, todos nós temos o potencial para sermos felizes e manter relações de qualidade. Para tanto é necessário que a pessoa explore o potencial das próprias capacidades de comunicação.

Contudo, tal capacidade seria limitada por causa das ações baseadas nas expectativas de terceiros, por exemplo os pais. Berne baseava as suas pesquisas na conduta humana em geral e no estudo comportamental dos seus pacientes. Para ele, as teorias que não pudessem ser comprovadas na prática não teriam validade.

Saber sobre si mesmo é uma chave para o sucesso

A análise transacional de Eric Berne tem o intuito de melhorar o potencial das pessoas. Ou seja, quanto mais você saber sobre si mesmo, mais habilidades pessoais terá. Desse modo, você utilizará melhor a sua comunicação para melhorar cada vez.

A teoria de Berne foi criada para que a pessoa seja beneficiada onde o relacionamento interpessoal é fundamental. Por exemplo, imagine uma empresa onde as trocas humanas sempre acontecem e são fundamentais para o crescimento de todos.

Mesmo que você esteja em ambientes informais, saber interagir é importante para se conectar melhor com as pessoas. Tanto você, quanto a sua família e amigos terão mais chances de atingirem o próprio potencial. Saber sobre si mesmo é fundamental para alcançar essa meta e nós explicaremos o motivo mais para frente. Por isso, continue lendo o nosso post!

O segredo do crescimento está na raiz

No curso de análise transacional, o aluno estudará como as pessoas pensam, agem, se relacionam e se sentem. Por isso, que é um método muito bom para melhorar o comportamento do ser humano. Em outras palavras, você aprenderá a propor soluções transformadoras e preventivas para os problemas do dia a dia.

Para tanto é preciso que você conheça melhor a si e ao funcionamento interno das outras pessoas. Assim você saberá melhor as suas relações e identificará logo o melhorar. E, muitas das vezes, influenciando outras pessoas a alcançarem o que elas têm de melhor também.

Eric Berne criou esse método para recuperar as habilidades naturais de se relacionar que perdemos ao longo da vida. De acordo com ele, muitas de nossas capacidades são bloqueadas por traumas e estresse que nós vivenciamos. A recuperação dessas capacidades acontecem por meio dos estados de Ego.

Estados de Ego

Os estados de Ego tem um sistema de sentimentos de uma pessoa, representando a personalidade dela. Essa estrutura possui três partes: estado de Ego Pai, Ego Adulto e Ego Criança. Em suma, esses conceitos servem para limitar o comportamento da pessoa em relação a outra.

Leia Também:  Como parar de fumar: 5 dicas emocionais e psicológicas

Se uma pessoa assume o Ego Pai é esperado que o outro assuma o Ego Criança. Desse modo, a primeira pessoa tem uma posição de controle enquanto o outro está submisso a ela.

Por outro lado, quando a pessoa assume o Ego Criança é esperado que o outro mostre o Ego Pai. Assim, a pessoa buscará um contato permissivo de cumplicidade e proteção com o outro. Esse é um exemplo de como as interações são construídas por meio de encaixes e concessões entre as pessoas.

E o Ego Adulto?

Quando a comunicação é feita com o Ego Adulto a outra pessoa age sob recíproca. Ou seja, o Ego Adulto permite que as pessoas tenham um relacionamento nivelado e baseado na comunicação. Segundo os estudiosos da área, esse procedimento é perfeito para relações profissionais

Assim que sabemos o modo de interação eficaz, nós somos capazes de nos comunicar de modo assertivo. O nosso receptor saberá melhor as nossas emoções e sentimentos por meio da comunicação construída de modo correta.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Na análise transacional, a pessoa falará para o terapeuta o que deseja melhorar na sua vida. Por sua vez, o profissional precisa aceitar a tarefa a fim de ajudar ela. À medida que as sessões acontecem, a pessoa terá mais autonomia para transformar o seu comportamento, ideias e sentimentos.

    Benefícios da análise transacional

    Os conhecimentos adquiridos por causa da análise transacional podem ser muito vantajosos para você. Direto ao ponto, essa técnica é bom porque:

    Estimula o autoconhecimento

    Após saber mais sobre si mesmo, você estabelecerá uma conexão mais duradoura, positiva e profunda com as pessoas.

    Aumenta as trocas

    Seus relacionamentos são baseados em trocas constantes e positivas. Assim, tanto você quanto a outra pessoa trabalharão melhor enquanto interagem.

    Melhora a assertividade

    Você saberá como as suas ideias são transmitidas, corrigindo conflitos de comunicação que geram problemas.

    Muda comportamentos

    Com a ajuda do autoconhecimento você saberá quais comportamentos que afetam a sua interação com outras pessoas.

    Como viver bem e feliz?

    No estudo da análise transacional, nós sabemos melhor o que precisamos para viver bem. A Psicologia positiva, assim como a análise de Berne, busca destacar algo de bom em cada pessoa. Segundo Martin Seligman, psicólogo e professor da Universidade da Pensilvânia, o que nós precisamos para sermos felizes são:

    • emoções positivas e produtivas;
    • motivação e propósito;
    • engajamento e fluidez;
    • relações e interações construtivas.

    Entretanto, nem a análise transacional, nem a Psicologia positiva tem a finalidade de esquecer pontos fracos das pessoas. Pelo contrário, esses “defeitos” serão trabalhados a fim de serem transformados. Logo, a pessoa saberá como transformar a sua fraqueza em força para diminuir seus obstáculos do dia a dia.

    Considerações finais sobre análise transacional

    Por meio da análise transacional todos nós podemos nos conectar com as pessoas de modo mais positivo. Já que estamos rodeados por elas a todo o momento, não custa investir na melhora dessas relações. Afinal, as trocas podem ajudar na mudança pessoal de todos.

    Ainda que não seja tão fácil de início, você se conectará com os outros e obterá um bom retorno positivo. Todos nós deveríamos saber mais sobre a nossa e a natureza das outras pessoas. Assim é possível garantir um contato recompensador e capaz de mudar muitas das nossas percepções.

    Além da análise transacional você também pode crescer com o nosso curso online de Psicanálise. Não só trabalhará o seu autoconhecimento, mas também te ajudará a ter um potencial completo. Se entrar em contato com a nossa equipe o quanto antes, você transformará a sua vida agora! E o melhor de tudo, na sua própria casa! Então, não perca tempo!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *