Ciência Psicanalítica: história e princípios do método

Posted on Posted in Teoria Psicanalítica

Diante da atual situação do mundo, podemos observar a importância das descobertas de Sigmund Freud na construção da ciência psicanalítica.

Além disso, podemos verificar que o mergulho dado no mundo ainda obscuro da mente trouxe resultados imensamente significativos para toda a humanidade.

Os relatos da trajetória do psicanalista são impressionantes. Inclusive aquilo que ele enfrentou em meio a uma da sociedade preconceituosa, machista e desigual. Sua biografia é incrível. É interessante notarmos que ele mesmo teve que se submeter a conhecer este mundo da ciência psicanalítica a partir de sua própria mente.

As descobertas de Freud na ciência psicanalítica

Freud teve que mergulhar em seu passado, a fim de compreender os seus medos, suas mágoas e as decepções na sua infância. Um dos relatos mais impactantes da vida do psiquiatra é a barreira existente no relacionamento com o seu pai. Isso ocorreu em virtude do grande amor que seu pai tinha pela sua mãe, embora ela fosse tão querida pelo próprio psicanalista.

Outro fato que chama atenção é que Freud tinha vários sonhos, tais como se tornar um general ou um ministro de estado. Todos nós temos sonhos que desejamos realizar, alguns são esquecidos ou deixados para trás. No entanto, muitos sofrem decepções em suas vidas por não conseguirem realizar seus sonhos e, então, sentem-se fracassados e magoados.

Este tipo de pensamento invade muitas mentes, principalmente no mundo atual, onde muitas pessoas não se sentem realizadas na sua vida pessoal ou profissional. Sendo assim, basta uma análise na vida destas pessoas para identificar os fatores que os tem levado a este estado.

A sensação de fracasso é uma das grandes influências para um mundo extremamente sedentário e desmotivado em sua busca de realização dos seus sonhos.

Outras técnicas para a terapia

Ao partir para o estudo da mente humana, Freud se deparou com uma espécie de enigma a ser descoberto. Para isso, ele utilizou diversas técnicas que possibilitaram chegar à origem de cada problema neurótico na vida de seus pacientes.

O psiquiatra não desistiu da busca deste conhecimento mesmo diante de tantas barreiras enfrentadas ao longo do tempo. Um de seus medos era de que a ciência psicanalítica não se desenvolvesse após a sua morte.  

Hoje podemos afirmar que a psicanálise cresceu além do que ele mesmo imaginava. Vemos tantos profissionais desenvolvendo esta ciência e ajudando pessoas que necessitam deste tipo de tratamento.

Os relatos de algumas pacientes de Freud nos possibilita compreender com profundidade as afirmações dele nos seus escritos. Além disso, passamos a ter a compreensão correta de cada tipo de neurose estudada. A sua obra “ A interpretação dos sonhos” o consagrou como cientista moderno.

Quatro fases da obra Freudiana

É importante salientar aqui a contribuição de Fine com a afirmação da divisão da obra Freudiana em quatro períodos. Isto traz uma compreensão mais significativa a respeito do trabalho de Freud.

A fase de sua auto análise foi a mais impactante e teve significativa contribuição para suas descobertas. Porém, é claro que não se desconsideram as outras fases, pois todas têm profundas contribuições.

O trabalho de Freud nas descobertas da ciência psicanalítica não foi algo simples. Podemos observar em seu trabalho o emprego de algumas técnicas, tais como a eletroterapia e a redenção ao hipnotismo Porém, a evolução dos tratamentos não era tão significativa, o que causava a demora para ver resultados efetivos.

O que nos chama a atenção dentro do aspecto nas neuroses é saber que elas partem de alguma frustração na história de vida da pessoa.  Sendo assim, Freud pontuou que algumas dessas neuroses são consequências de vícios ou de perturbações não curadas. Podemos nos referir à neurastenia, que ele classificou como uma neurose causada por excesso de masturbação.

A psicanálise aplicada para analisar a personalidade de cada indivíduo

Esta foi classificada como uma das neuroses atuais, mas que de certa forma foi considerada obsoleta. Freud não teve aceitação na comunidade científica em seus primeiros anos de história. No entanto, graças a grandes nomes que o ajudaram a compreender esta ciência, ele continuou crescendo.

Porém, alguns destes apoiadores acabaram se afastado quando houve discordância entre os seus pensamentos.

Os conhecimentos psicanalíticos nos proporcionam uma grande compreensão da mente e da história de vida de cada pessoa, definindo, assim, a sua personalidade. Nos deparamos com uma enorme diversidade de personalidades no meio social e todas elas são definidas através da convivência entre as pessoas.

Os problemas que podem acontecer devido o mau relacionamento entre as pessoas ao nosso redor são variados. Todos nós precisamos de relacionamentos sadios para que possamos ter uma afetividade e sexualidade curada. Uma anormalidade nesses pontos pode ter sido causado por uma mau relacionamento.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ


Faça parte do crescimento da ciência psicanalítica

A ciência psicanalítica tem muito a crescer ainda na comunidade científica. O crescimento das doenças da mente faz com que o ser humano se sinta solitário e desanimado diante das situações da vida.

Além disso, as doenças psíquicas são um dos grandes desafios enfrentados hoje por um número considerável de pessoas ao redor do mundo.

Se você quer ser um profissional da área, então terá um vasto mercado para explorar. Faça o nosso curso de Psicanálise Clínica e compreenda os conceitos-chave do saber psicanalítico.

Este artigo foi escrito pelo aluno do nosso curso Psicanálise Clínica Aelso dos Santos Rodrigues Oliveira, especialmente para nosso Blog.

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 5 =