como não ficar triste por amor

Como não ficar triste por amor ou qualquer coisa

Posted on Posted in Comportamento

A tristeza é uma das emoções naturais dos seres humanos. Dito isso, é normal se sentir assim em algum momento da vida. Porém, para que não se torne patológico, necessário entender a si mesmo e saber como não ficar triste por circunstâncias inatas da vida.

Nesse sentido, razões como paixão, namoro, relacionamentos podem trazer esse sofrimento à tona, deixando uma angústia muito grande no peito. Por isso, neste artigo traremos dicas de como não ficar triste por amor ou qualquer coisa.

O que é tristeza?

No geral, os seres humanos possuem seis emoções básicas, sendo elas: felicidade, medo, surpresa, raiva, nojo e tristeza. Hoje vamos nos ater à última, que talvez seja a mais angustiante, a depender do contexto de vida da pessoa.

Desse modo, quando pensamos sobre o que é a tristeza, podemos descrever inúmeras características, quais sejam: 

  • sensação de melancolia;
  • dor “aguda” interna;
  • aperto no coração;
  • vontade de chorar;
  • desânimo.

Essas características são sintomas da tristeza e, quando relacionadas ao campo amoroso, podem acometer a pessoa. Isso devido a acontecimentos desagradáveis, como, por exemplo: desilusões amorosas, rompimentos, divórcios, traições. Em vista disso, a tristeza é uma resposta do emocional perante alguma situação digerida pela pessoa, que refletiu em sua vida de forma negativa.

Como não ficar triste e saber lidar com circunstâncias da vida?

Saber como não ficar triste e lidar com as circunstâncias da vida é, na maioria das vezes, uma tarefa difícil, justamente pelo fato de ser uma emoção bastante vulnerável. Remoer a angústia, ficar preso ao passado ou passar a odiar o presente, se faz cada vez mais presente na vida de quem está sofrendo com a tristeza.

Desse modo, como não ficar triste por amor ou qualquer coisa exige da pessoa bastante força e, também, uma rede de apoio. Logo, uma pessoa triste precisa, antes de tudo, reconhecer que a tristeza passa e que ela não está sozinha diante dessa emoção, que, sobretudo, é comum a todos. 

Nesse sentido, é importante buscar reforços, sejam individuais ou em conjunto, lembre-se que superar essa barreira é um ato de braveza e autoconsciência. Tendo isso em mente, reconhecer as fragilidades e buscar em seus detalhes formas de se reconstruir, é um passo indispensável para lidar com a tristeza.

Portanto, se faz necessário reconhecer os motivos, os indícios e as particularidades desse momento de delicadeza. Quando, então, se reconhece todos esses pormenores, a jornada para combatê-los passa a ser mais consistente e corajosa, uma vez que se entende o porquê disso estar acontecendo.

Como não ficar triste por amor?

Ter o coração partido, seja por desilusão, rompimento, divórcio, traição ou falta de reciprocidade é algo que, provavelmente, já aconteceu de alguma forma com todos nós. Sofrer por amor talvez seja uma das tristezas mais agonizantes, porque envolve mais de uma parte na causa e na consequência dessa emoção. 

No entanto, existem maneiras de como não ficar triste por amor ou por qualquer coisa. Em relação ao campo do amor, para combater essa tristeza e superar o sofrimento, existem recursos importantes, como, por exemplo:s: 

  • respeitar o seu direito de estar magoado; 
  • reconhecer seus valores e princípios;
  • valorizar sentimentos e momentos positivos.

Nessa perspectiva, olhe para dentro de si mesmo com carinho, respeite seu direito de estar magoado, contanto que esse respeito vire, depois, um ato de superação. 

Ainda mais, reconhecer que você tem valores e princípios que são além do seu sofrimento por amor é indispensável, pois é uma atitude, antes de tudo, de autoestima e bondade consigo mesmo. Dessa forma, ter como condição a generosidade consigo é olhar para si com empatia e perceber que você é forte e corajoso.

Como fazer para não ficar triste no dia a dia?

Como não ficar triste esquema

No que diz respeito a formas de combater o sofrimento e de como não ficar triste, existem hábitos que ajudam no desenvolvimento dessa melhora. Assim sendo, alguns deles são: 

  • exercitar o corpo e a mente;
  • alimentar-se bem;
  • descobrir hobbies cotidianos;
  • estar rodeado de pessoas do bem e que te amam;
  • ter momentos de lazer;
  • procurar ajuda de psicoterapia, se necessário;
  • ter os sentimentos bons e momentos agradáveis.

Nesse sentido, exercitar o corpo com atividades físicas é um bom passo para “endorfinar” o corpo. Exercitar a mente, por sua vez, pode ser feito com atividades lúdicas, de grupos de apoio ou de meditação. 

No que está relacionado a alimentar-se bem é simples: buscar consumir alimentos frescos, ter refeições saudáveis e nutritivas. Isso pode lhe ajudara ter uma melhor qualidade de vida e, consequentemente, aprender como não ficar triste.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Além disso, descobrir hobbies e estar rodeado de pessoas que te amam é fundamental para a melhora da tristeza. Muitas vezes é difícil lidar com a tristeza e, por isso, buscar refúgios é extremamente importante.

    Contudo, em alguns casos, a tristeza pode se tornar patológica, desencadeando transtornos mentais, como, por exemplo, depressão. Nesses casos, é preciso buscar ajuda de um profissional especializado, como, por exemplo, realizar sessões de psicoterapia.

    Ademais, não menos importante, alimentar-se de sentimentos bons e valorizar os momentos agradáveis é essencial para alcançar a boa sorte da superação.

    Como superar a tristeza?

    Segue aqui uma lista de dicas para lidar com o sofrimento da tristeza, recomendações do coração de como não ficar triste por amor ou qualquer coisa. 

    1) Desenvolver o amor-próprio

    Pessoas, paixões e amores vêm e vão em nossa vida, mas quem sempre fica com nós mesmos, em todos os momentos, principalmente na solidão e na dor, somos nós próprios. Nós estamos por nós em qualquer instante ou circunstância da vida e criar um fortalecimento vital é aprender a amar a si mesmo.

    O amor-próprio é um autocuidado, é o desenvolvimento de uma autoestima, de um respeito consigo mesmo e de um olhar menos duro e agressivo. 

    2) Se libertar

    Sim, libertar-se daquilo que acabou e colocar um ponto final no passado é primordial para superar a tristeza, principalmente a tristeza do amor. 

    3) Buscar métodos de controle dos pensamentos e comportamentos negativos

    Ou seja, se apegar a recursos que transmitam a si mesmo a ideia de que pode estar difícil essa fase, mas é possível ter controle sob movimentos prejudiciais.

    A dor de amor é para sempre?

    O mundo é constituído por muitas pessoas e essas pessoas se dividem entre trajetórias, compartilham coisas e se encontram e se desencontram o tempo todo. Consequentemente, muitas relações não duram para sempre, porque as pessoas estão sempre em processo de transformação ou tomam caminhos diversos. 

    Sendo assim, ainda que muitos relacionamentos amorosos não durem para sempre, a dor de amor também não é eterna. Isso acontece porque da mesma forma que as pessoas passam pelo processo de transformação e seguem outros caminhos, elas também se sujeitam a mudanças e superações.

    Pessoas se cruzam o tempo todo, em todos os ambientes da sociedade e, por consequência, acabam desenvolvendo laços afetivos. 

    Desse modo, é inevitável que novas paixões apareçam. É também inevitável que novos acontecimentos surjam, fazendo, por exemplo, com que a dor de amor, gradativamente, acabe. Isso se dá, por exemplo, por surgirem novas oportunidades e novos planos de vida, e inclusive, novos amores. 

    Nesse ínterim, para reflexão, segue um trecho da obra “Otelo”, de William Shakespeare:

    Leia Também:  O que é Ego? Conceito de Ego para Psicanálise

    Como não ficar triste citação

    Não quero ficar triste, e agora?

    É complicado evitar um sentimento natural do ser humano, mas é possível amenizá-lo com algumas atitudes diárias. Como não ficar triste por amor é de extrema relevância para quem quer aproveitar a vida da melhor forma possível, somente com bons sentimentos.

    Dessa forma, querer não ficar triste já é um recurso da própria mente, como uma autodefesa do sentimento negativo, que, por sua vez, desenvolve uma resistência. Portanto, se você deseja saber como não ficar triste, comece com práticas e costumes proveitosos e tenha propósitos. 

    Práticas como uma jornada de autoconhecimento e costumes, como fazer atividades prazerosas, são exemplos de maneiras de driblar a tristeza. Em suma, não querer ficar triste é um passo grandioso nesse processo de “cura” e cabe a você desenvolver seus métodos para, assim, aprimorar a libertação e a superação. 

    Portanto, se você chegou até o final deste artigo, provavelmente se interessa pelo estudo da mente humana. Sendo assim, convidamos você a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica. Dentre os principais benefícios do curso está o aprimoramento do seu autoconhecimento, pois a experiência da psicanálise é capaz de proporcionar ao aluno e ao paciente/cliente visões sobre si mesmo que seria praticamente impossível obter sozinho.

    Gostou desse conteúdo? Então curta e compartilhe em suas redes sociais e fique atento aos nossos outros artigos. 

    2 thoughts on “Como não ficar triste por amor ou qualquer coisa

    1. Sofro muito com tristeza e decepções e gostaria de aprender a não colocar expectativa demais no outro.

      1. Bom Dia, uma dica para não criar expectativas demais nas pessoas: Simplesmente deixe acontecer, se der certo bem, se não der certo amém, a vida é feita de momentos saiba aproveitá-los sem pensar no amanhã e sem querer que durem para sempre, não se pressione e não pressione o outro para que as coisas aconteçam, saiba esperar porque no final tudo dará certo, não se responsabilize pelas atitudes do outro, procure estar em constante conexão consigo mesma e não se compare a ninguém, cada um tem a sua história! Um abraço.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.