desenhos animados

Desenhos animados: 15 inspirados na Psicologia

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

Se você acha que os desenhos animados não tem nada haver com a psicologia, você está enganado. Por isso, no nosso post, iremos te apresentar 15 desenhos infantis que foram inspirados na psicologia.

1. Procurando Dory

O nosso primeiro desenho animado infanti da nossa lista é “Procurando Dory”. O filme continua onde terminou o “Procurando Nemo”, só que desta vez a peixinha azul é a protagonista. Aliás, é sobre as características e os desafios que ela enfrenta ao longo das suas aventuras que iremos falar aqui.

A Dory sofre de amnésia anterógrada, ou seja, ela é incapaz de formar novas memórias. Embora pareça uma animação divertida para as crianças, “Procurando Dory” consegue trazer retratos de como é essa doença. Além disso, mostra como o apoio de amigos e familiares possui um efeito positivo na habilidade de memória em pessoas amnésicas.

2. Os Incríveis

A famosa família Pêra também tem uma ligação com a psicologia. Eles são super-heróis que tentam ter uma vida normal. Contudo, esconder que eles são, os deixam muito deprimidos e tristes, pois eles amam os seus potenciais.

O desenho animado faz uma reflexão sobre como não devemos rejeitar os nossos talentos e as nossas habilidades. Ao contrário, precisamos valorizá-los, já que eles são uma parte importante daquilo que nós somos.

3. Up – Altas Aventuras

O filme “Up – Altas Aventuras” é um dos grandes sucessos da Pixar e tem os personagem Carl, um idoso ranzinza e o jovem Russel. A história começa quando o senhor está prestes a perder a casa em que viveu com sua amada e falecida esposa. Aliás, é o jovenzinho que aparece para ajudar ele nesse momento.

Parece só mais uma mais uma historinha triste, mas ele retrata o processo de luto. Carl aprende, após a morte de sua amada, um novo jeito de viver e buscar novas aventuras. Contudo, o começo não é nada fácil, por isso é importante estar aberto para novas amizades.

4. Monstros SA

“Monstros SA” conta a vida James Sullivan e Mike que tentam assustar as crianças do mundo para fornecer energia na cidade em que moram. Porém, ao longo da história, os dois amigos começam a perceber que a intimidação é a pior arma que eles podem usar.

O desenho animado traz a reflexão de que o respeito, a compreensão e a benevolência são muito mais eficazes do que o medo. Aliás, essas lições não servem só para as crianças, mas para os adultos também.

5. Divertida Mente

“Divertida Mente” é considerado um dos melhores desenhos animados da Pixar e o filme foi recomendado por muitos psicoterapeutas. A animação conta a vida de Riley, uma garotinha que tenta lidar com suas emoções (nojo, raiva, tristeza, raiva e alegria) na sua nova realidade.

O filme ajuda a compreender que não é ruim experimentar emoções diferentes. Ao contrário, é preciso ter essa experiência, pois esses sentimentos nos auxiliam a se adaptar à realidade.

Além disso, vale destacar que o longa contou com a ajuda de psicólogos para a construção do roteiro. Por isso, o filme retrata que não é errado agir emocionalmente, já que as nossas emoções estão entrelaçadas com a razão e a cognição.

Leia Também:  O Segredo da Mente Milionária: resumo do livro

6. O Rei Leão

Rei Leão é uma das animações mais famosas da Disney e tem várias referências à psicologia ao longo do filme. Ele traz temas bem delicados, como a morte e a perda de tudo aquilo que você tem. Além disso, conseguir transformar tudo isso em lições de vida.

Com as famosas canções como “Hakuna Matata” o longa mostra que a vida nem sempre é felicidade. Mas que precisamos agarrar os nossos valores para seguir em frente.

7. Toy Story

Os bonequinhos que ganham vida quando seus donos não estão por perto também tem um certa ligação com a psicologia. O filme consegue passar a mensagem de que nós somos seres sociáveis, por isso é importante valorizarmos os nossos amigos.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Além disso, a animação mostra que todos nós temos sentimentos e até mesmo aquelas pessoas que ignoramos também tem. Então, precisamos respeitar as diferenças dos demais para podermos viver em uma sociedade mais saudável.

    8. Frozen: Uma Aventura Congelante

    A história das duas irmãs Elsa e Ana revolucionou a forma como os desenhos animados tinham o hábito de retratar as meninas. Antes elas sempre foram vistas com princesas que precisavam ser salvas, na animação são elas que se salvam. Aliás, talvez essa seja a maior lição do filme.

    O desenho animado consegue trazer várias reflexões sobre as relações entre pais e filhos e entre irmãs. Outro ponto que ele traz é sobre a depressão. Quando Elza, ainda pequena, decide reprimir seus poderes, ela começa a viver sozinha, se distanciando de sua irmã. O comportamento que ela tem é um tema muito pouco retratado nas animações infantis.

    9. Mogli: o Menino Lobo

    “Mogli: o menino lobo” traz uma linha de pensamento que muitos psicólogos gostariam de ter uma resposta. O que ocorreria se um bebê fosse criado em um ambiente selvagem? Além de retratar como somos influenciados pelo ambiente externo, mostra que a família é mais do que laços sanguíneos.

    10. Valente

    O filme é uma ótima dica para quem está vivendo para realizar as vontades dos demais, pois a animação mostra que não devemos ser assim. Além disso, ele retrata que é necessário haver respeito na relação entre pais e filhos.

    Outro ponto levantado no filme é que nas relações familiares sempre temos um membro que somos mais apegados. Contudo, temos que entender o papel de cada um nesse sistema.

    11. Wall – E

    A animação consegue trazer uma reflexão muito importante: precisamos cuidar do nosso planeta. Uma vez que nós somos responsáveis pelo meio ambiente e, por isso, temos um papel muito importante. Contudo, na maioria das vezes deixamos de lado essa responsabilidade.

    12. Carros

    O veloz Relâmpago McQueen acredita muito em si mesmo e que as suas conquistas se dão por conta de seus esforços pessoais. Contudo, ao longo da animação, ele começa a entender que o trabalho em grupo é muito mais precioso do que o individual.

    Além disso, o filme nos mostra que as nossas amizades e o trabalho em equipe são importantes para que possamos enfrentar as dificuldades.

    13. Soul

    O filme mais recente da Pixar é bastante emocionante e envolvente. A animação fala sobre como lidamos com os nossos sonhos e nossas metas de vida. Além disso, ele traz a grande questão: qual é o sentido de se estar vivo?

    Leia Também:  Sonhar batendo em alguém

    “Soul” conta a história de um professor apaixonado por música cuja vida gira em torno disso. Ao longo da trama, ele entra em contato com sua experiência emocional.

    14. Death Note

    Quem disse que desenho anime não tem ligação com a psicologia está enganado. Death Note fala sobre um estudante que encontra um caderno poderoso no qual, ao escrever o nome de uma pessoa,  faz com que ela morra segundos depois. Com isso, ele decide livrar a cidade de criminosos.

    A animação traz a relação entre Ética e Moral, já que o personagem tenta resolver uma situação por meio de justiça. Outros personagens aparecem para mostrar essa dualidade dos dois conceitos.

    15. Paprika

    O filme gira em torno de Paprika que é um detetive de sonhos. O longo tem paranoia, fantasias e realidades alternativas que são geradas na mente humana. A animação utiliza bastante a questão da psicanálise, pois trabalha com o significado dos sonhos.

    Considerações finais sobre desenhos animados inspirados na psicologia

    Se você gostou do nosso post sobre desenhos animados inspirados na psicologia, temos um convite. Conheça o nosso curso online de psicanálise clínica. Com ele você terá acesso a um riquíssimo conteúdo sobre essa área além de desenvolver seus conhecimentos. Então, não perca essa chance.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *