meditação para dormir

Como usar meditação para dormir?

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Cada vez mais encontramos pessoas com dificuldades para deitar à noite e dormir tranquilamente. Seja pela rotina ou pelas doenças, muitos de nós estamos nos desgastando cada vez mais por não descansarmos direito. A fim de romper com isso, confira o bem que a meditação para dormir pode fazer por você.

A rotina desgastante

Infelizmente, muitos de nós têm contrariado a programação da natureza e negligenciado as horas de sono necessárias. Embora hajam justificativas para o problema, é difícil saber lidar com as consequências do mal-estar. Por conta disso que a meditação para dormir tem sido um recurso tão valioso nos últimos anos para nos ajudar.

Por meio dela não apenas caímos no sono com mais facilidade, mas também aprendemos a fazer isso com qualidade. Não existe uma fórmula padrão que determine até que ponto o sono deve ser conduzido. Entretanto, obedecer alguns caminhos pode te livrar de uma vida de cansaço e pouco satisfatória.

Note que muitos de nós deitam à noite com a mente lotada de pensamentos, revisões e suposições sobre o dia. É justamente isso que, em parte, dificulta a todos nós termos uma qualidade de sono adequada. Por meio da meditação, conseguimos vencer alguns obstáculos e recuperar nosso direito a viver bem.

Quantidade não é qualidade

Ao contrário do que muitos pensam, o tempo de descanso prolongado não significa diretamente qualidade de descanso. Muitos indivíduos passam horas e horas dormindo acreditando que estão compensando horas de sono perdidas. Porém, especialistas afirmam que dormir demais pode ser tão prejudicial quanto dormir de menos.

Tomamos como exemplo a rotina comum de um trabalhador que exerce sua profissão de segunda a sexta. É comum que muitos utilizem o sábado para que possam dormir por mais tempo. Mas acontece que o equívoco desse exercício termina por torná-lo mais exausto e acostumado com isso, já que repetirá o ato.

Assim, estabelecer uma rotina de descanso é importante para que se possa repousar bem. Incluir a meditação para dormir pode ser a chave de uma revitalização no seu modo de trabalhar peças importantes de sua vida. Evite cair na tentação de dormir menos ou mais do que realmente deveria e precisa.

Meditação X Remédios

Os sinais de uma noite mal dormida ficam bem evidentes no corpo, comportamento e resposta emotiva da pessoa. Além do cansaço, ela não consegue se concentrar e focar os seus pensamentos com a devida clareza que precisa. Consequentemente, a aparência cansada acaba acobertando as dores de cabeça, mudança no apetite e tensão muscular.

O problema é que, pela facilidade e falta de experiência, muitos recorrem aos remédios para induzir o sono. Consequentemente, dependendo da situação, isso significa se tornar dependente de pílulas, mesmo que não haja necessidade para isso. É neste ponto que a meditação para dormir entra em ação e faz repensar sobre sua postura ao dormir.

Sempre que possível, recorra a meios naturais para que possa lidar com os seus problemas de saúde. Isso porque a abordagem não é invasiva, nociva em qualquer nível e pode ser imediatamente aplicada. Quanto aos remédios, somente em casos de urgência, como insônia crônica, e sempre acompanhado de um médico especialista.

O tempo é seu aliado

Sabemos o quanto pode ser complicado ter de lidar com problemas envolvendo o sono. Mais doloroso ainda é perceber o quanto isso afeta a sua vida, nos fazendo ter perdas significativas com o passar do tempo.

Leia Também:  Drogas na adolescência: a Psicanálise pode ajudar?

Através da meditação para dormir, você vai perceber que o controle está nas suas mãos. Mesmo que não tenha força sobre o ambiente externo, pode conduzir perfeitamente as suas reações internas. Nisso, responderá melhor a estímulos negativos e vai priorizar aqueles que contribuem à sua saúde.

A sua perspectiva sobre o tempo pode influenciar no tratamento do seu problema para dormir. De forma gradual, dedique um tempo para se avaliar e conectar sua parte interna. Nada é impossível para a melhora de sua saúde se você quiser melhorar e fizer um esforço para tal.

Tipos de meditação

Quando pensar em meditação para dormir, precisa decidir qual a melhor escolha para você. Não que uma seja melhor que a outra, nada disso, mas é preciso escolher um caminho que te deixe confortável com o processo. A exemplo, tente experimentar:

Meditação guiada

A meditação guiada consiste em ouvir outra pessoa conduzindo a meditação e instruindo você. Isso pode acontecer pessoalmente ou por meio de áudio e vídeo para que possa relaxar. Nesse caminho, você será convidado a imaginar cenários e situações que contribuam aliviar a sua ansiedade e relaxar você.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Meditação Mindfulness

O termo mindfulness significa “atenção plena” e consiste em prestar atenção ao seu próprio corpo, especialmente a respiração. Em vez de focar a sua atenção a qualquer afazer, retorne a sua consciência ao momento presente da meditação. Ao praticá-la, seja fixo no que faz e não deixe a sua mente vagar para o que não contribua ao seu sono.

Meditação de concentração

Por fim, a meditação de concentração convida você a focar exclusivamente em apenas uma coisa e se concentrar nela. A exemplo, foque na sua respiração ou um pensamento ou mantra positivo que evoque a paz em você. Caso esteja começando, sempre visualize qualquer objeto para que consiga se acalmar e ficar relaxado.

Resultados

Os resultados da meditação para dormir são bem claros e eficazes em sua forma mais simples. Em pouco tempo é possível aprender diretrizes que ajudem a reformular complemente o seu sono. Como benefício, podemos citar:

Calmaria e foco

A sua mente alimentará um fluxo refinado de pensamentos construtivos, te livrando dos que não tem serventia. Em vez de pensar nas milhares de responsabilidades do passado ou futuro, você se centraliza no agora. Isso traz o foco que precisa para pensar e a calmaria que deseja para dormir.

Diminui as tensões que carrega em seu corpo

Os problemas com sono geram cargas negativas que alimentam uma tensão crescente no corpo. Isso se manifesta, por exemplo, pelo estresse e dores físicas. A meditação ajuda a diminuir essa carga e substituí-la por respostas e reflexos mais construtivos e benéficos.

Sono padronizado e eficaz

Um dos benefícios mais vistos é o sono padronizado e que realmente funciona para você. Estabelecer uma rotina ajuda a criar a sintonia que precisa para não se desligar de sua saúde. Conseguirá dormir e acordar nos mesmos horários.

Dicas

Além da meditação para dormir, existem alguns caminhos para que evite distúrbios do sono. Por exemplo, comece por evitar a ingestão de café a partir do começo da noite, bem como chás estimulantes e refrigerantes. Eles vão te manter energizado por horas e comprometerão o seu esforço para dormir.

Além disso, coma no jantar alimentos leves e mais livres de carboidrato e gordura. No quarto, use roupas confortáveis, inclusive de cama com um travesseiro adequado. E sempre limpe o ambiente de ruídos e luz, desligando os aparelhos eletrônicos 1 hora antes de dormir.

Leia Também:  Psicanalista é médico? Só médico pode ser psicanalista?

Considerações finais sobre meditação para dormir

A meditação para dormir age como um limpador das impurezas que nos prejudicam ao sono. Sendo uma intervenção natural, o processo é livre de qualquer efeito negativo e pode ser usado a qualquer momento. Após isso, terá acesso a uma vida mais sadia, leve e bem descansada.

Além da meditação, se inscreva em nosso curso 100% EAD de Psicanálise. O curso te ajuda a avaliar a estrutura comportamental e humana, o que te dará as respostas ao seu problema em dormir. Unindo os ensinamentos adquiridos com a meditação para dormir, você se transformará a sua existência e renovará as suas forças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =