sentimentos confusos

Sentimentos confusos: identificar e expressar sentimentos

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Em nossa natureza humana, o caos emocional se mostra uma constante para aqueles que não possuem equilíbrio em suas vidas. Ainda que seja algo desagradável, é comum, embora mereça atenção e precise de cuidados para se conduzir adequadamente. Neste ponto, começaremos a falar sobre sentimentos confusos, como pode identificá-los e expressá-los.

Por que os sentimentos confusos se manifestam?

Sentimentos confusos se tratam de sentimentos contraditórios que se manifestam em situações e pessoas específicas. Por causa do encontro com situações diferentes das quais está acostumado, você entra em conflito internamente. Como resultado, surgem esses sentimentos que se mostram como peças conflitantes em você.

Nisso, não dá para aponta uma situação específica que desencadeie esses sentimentos complexos. Dada à forma como nos construímos internamente, não há como saber o que poderá mexer com nossa estrutura interna.

Para identificá-los, basta ser honesto consigo e aceitar que você vive uma natureza caótica em suas emoções. Aliás, cabe ressaltar que se sentir dessa forma é uma etapa comum a qualquer ser humano. Todos nós estamos propensos a caminhar por trilhas emocionais irregulares, sem forma definida e que nos atingem de forma pessoal.

Sinais

Os sentimentos confusos carregam sinais claros de que estão afetando você. Não se preocupe até o momento em que isso começar a atrapalhar a sua vida cotidiana. Assim, procure prestar atenção em:

Incertezas

Esses sentimentos provocam dúvidas a respeito de suas capacidades em determinados momentos. Por isso que se mostrará mais indeciso em alguns momentos, pois está preocupado em relação ao que sente. Neste momento, você terá mais dificuldades em levantar um julgamento completo de tudo.

Inseguranças

Nessa confusão emocional, você começará a levantar dúvidas a respeito de suas próprias capacidades em relação à vida. Cuidado, pois isso pode levantar uma lacuna entre o seu querer e o fazer. Afinal, de que adianta o desejo em fazer se lhe falta força para agir?

Desvios

Diante de sentimentos e emoções confusas, é possível que você faça desvios importantes em sua vida. A exemplo, pode desistir de alguns sonhos, cancelar projetos e com isso se sabotar para que nada aconteça. Neste ponto, é preciso avaliar a si mesmo para que sua vida não saia dos eixos.

O poder da fala

Entendemos o quão trabalhoso pode ser emitir o que se sente quando se carrega sentimentos confusos. Nem todo mundo consegue vencer o bloqueio e expressar adequadamente o que se sente. Porém, é preciso fazer um esforço, vencer a barreira e trazer à tona tudo aquilo que está incomodando você.

Procure dizer aos outros tudo aquilo que sente e consegue expressar. Claro, evite fazer agressões ou tentar diminuir a outra pessoa nesse caminho. Afinal, certamente há alguém que se preocupa com você e está está a estender a mão nesses momentos difíceis.

Comece pelo início, de maneira a captar a origem dos seus problemas. Desenvolva tudo aquilo que sente de confuso, fazendo associações e ligamentos para ajudar o outro a te entender. Com calma, paciência consigo e sinceridade, vai se desenvolver.

Não ignore situações confusas

Um erro bastante comum nosso é o desejo de deslocar situações confusas de nossas vidas sem a devida observação. Esse tipo de ação é mais comum quando somos inexperientes e pouco preocupados com nossa parte interna. Acontece que isso é um elemento prejudicial à nossa formação emotiva como pessoas na fase adulta.

Leia Também:  Psicanalista Wilfred Bion: biografia e teoria

Fugir constantemente desses conflitos emocionais ativa uma resposta automática com o passar do tempo. Consequentemente, por exemplo, você se mostrará incapaz de lidar com relacionamentos e situações mais elaboradas. Afinal de contas, um contato externo nem sempre será algo prazeroso, necessitando de atenção em momentos difíceis.

No momento em que se deparar com situações confusas, procure dar a elas o devido esclarecimento. Sua vida e torna uma peça difícil de trabalhar quando você se dispõe a deixar de lado qualquer entendimento sobre seus sentimentos confusos. Ainda que seja difícil, se disponha a compreender o momento e lidar com a situação.

As palavras certas

Na hora de expressar seus sentimentos confusos, muitas pessoas escolhem as “palavras erradas”. Certo, não existe uma maneira correta de se expressar tudo aquilo que e sente. Porém, você pode escolher alguns caminhos que tornem a situação mais fácil de ser lidada fazendo hábitos.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

A exemplo, comece a descrever suas frases sobre como se sente usando o “gosto” e não gosto”. Isso vai deixar bem claro a todos de que modo o momento vem afetando você. Além dessas, experimente também:

  • “sinto-me assim”,
  • “quero”,
  • “não quero”.

Sentimentos confusos na música

Ter sentimentos confusos se tornou uma conversa mais aberta nas produções musicais. Esse é o caso do cantor Raffa Mogi, a nova voz do cenário musical paulista. Por causa de suas composições honestas, o jovem vem arrematando fãs por toda a internet.

A música sentimentos confusos fala a respeito de uma pessoa questionando e refletindo sobre os rumos de um relacionamento. Como notará, a dúvida permeia os versos e coloca em jogo o sucesso do relacionamento. Caso queira ouvir, não deixe de assistir o clipe oficial.

Como expressar seus sentimentos confusos?

Viver com sentimentos confusos pode adoecer você, sua vida e seus relacionamentos. Por causa disso que precisa tomar medidas para que não perca o controle e se perca pelo caminho. A fim de trabalhar isso:

Procure a origem do caos

Antes de qualquer coisa, é preciso ter em mente os fatores que desencadearam toda a situação conflituosa. Encontre a origem do que causa os sentimentos angustiantes que você vem sentindo. Após isso, trabalhe para que tais elementos incomodem você cada vez menos.

Tente descrever adequadamente o que sente

Quanto mais detalhes der sobre suas emoções, mais fácil fica para os outros te entenderem e ajudarem. Partindo do princípio, solidifique a imagem do que vem angustiando você aos poucos e no eu próprio tempo. Ademais, procure palavras concretas para dar significado, como:

  • “estou triste”,
  • “sinto-me cansado”,
  • Etc.

Responsabilize-se por seus sentimentos.

Um erro comum das pessoas é culpar os demais pelo estado emocional que se encontram. Contudo, a responsabilidade pela forma como você se sente é unicamente sua, sendo algo intransferível. Dessa forma, evite culpar os outros, correndo o risco de afetar seus relacionamentos e viver sob mentira e culpabilização emocional.

Considerações finais sobre sentimentos confusos

Sentimentos confusos são resultados dos conflitos internos e externos que experimentamos diariamente. Embora tenha o direito de se sentir assim, é preciso ter em mente que apenas você alimenta isso. Ou seja, somente você é o principal responsável por esses sentimentos por deixar que se sinta assim.

Ainda assim, você pode contornar a situação e ter mais independência emocional. Fixe em sua mente que isso se trata de um exercício contínuo, onde a prática leva à resiliência.

Leia Também:  Relações entre Freud e Einstein

Para aprender a lidar de forma adequada com seus sentimentos, se inscreva em nosso curso 100& virtual de Psicanálise. Além de ordenar seus pensamentos, aprenderá a lidar adequadamente com sua parte interna por meio de um autoconhecimento bem construído. Com a ajuda da Psicanálise, seus sentimentos confusos se tornarão mais claros e definidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 10 =