dicas para ser sereno

Serenidade: significado, hábitos e dicas

Posted on Posted in Comportamento

Você sabe o que significa o conceito de serenidade? Fique atento porque nesse artigo nós vamos
falar sobre esse assunto. Ainda, investigaremos o conceito desse termo, alguns hábitos e dicas
para ter uma vida mais serena. Portanto, nos acompanhe até o final do texto para não perder
nada.

O que significa serenidade?

Talvez você já tenha ouvido falar sobre serenidade. Mas talvez não tenha todo o entendimento
sobre. Para isso, vamos recorrer ao dicionário Caldas Aulete para entender melhor sobre o que é
serenidade.

Saiba que serenidade é um estado ou condição. Assim, entenda que podemos ter momentos de
serenidade. Ou seja, ser sereno pode não ser algo permanente e imutável. Afinal, passamos por
situações cotidianas. E elas dificilmente podem causar sempre o mesmo efeito em nós.

O que é serenidade?

Compreenda que a serenidade está atrelada à qualidade de ser sereno. Pois, segundo o dicionário, a
primeira definição de sereno corresponde ao que é tranquilo. E não só isso, mas algo manso e sem agitação. Já a segunda definição diz respeito ao que expressa ou denota tranquilidade.

Existe outra definição que podemos encontrar. Ele é o conceito de sereno como algo relacionado às
condições climáticas. Por isso, o sereno pode ser tanto um céu sem nuvens, quanto ao vapor da
atmosfera à noite.

Apesar das ideias serem diferentes, as duas podem se complementar. Uma vez que o sereno
também é entendido como chuvisco, orvalho ou àquele chuva bem fraca. Assim sendo, ambos os
conceitos possuem como sinônimo de serenidade a mansidão.

Entenda melhor o significado

Perceba que ser sereno é algo que podemos notar. Uma vez que ele representa ou expressa essa
ideia. Dessa maneira, a nossa personalidade pode estar mais condicionada ao um espírito sereno
ou não. Podemos afirmar também que esse estado não é algo inato.

Ou seja, queremos dizer que não nascemos serenos ou não. São as nossas vivências humanas,
nossas crenças e princípios que colaboram para esse estado de espírito. Por isso, a forma como
reagimos a determinados acontecimentos pode revelar se somos serenos ou não.

Saiba inclusive que uma pessoa que costuma ser serena, pode ter momentos de agitação. De
modo semelhante, alguém mais agitado e explosivo também pode tornar-se sereno. Assim,
procure avaliar as ações do seu cotidiano para identificar como tem sido o seu estado.

Sobre os problemas e os desgastes do cotidiano

Quando propomos o exercício anterior, gostaríamos de enfatizar um ponto importante. Entenda
que a análise do seu estado de espírito precisa levar em consideração principalmente os
problemas do seu dia-a-dia.

Ter serenidade quando tudo está caminhando bem não exige tanto de nós. Entretanto, é a partir
das adversidades que podemos mensurar melhor essa escala de bem-estar. Por exemplo, problemas com seu parceiro ou parceira e os pepinos no trabalho. E não só isso, mas a correria com os filhos são apenas alguns exemplos.

Podemos mencionar também o estresse durante a pandemia. E também, por exemplo, o aumento dos preços dos alimentos e até mesmo alguma intriga com parentes ou vizinhos. Nesse sentido, todos esses problemas colaboram para o nosso desgaste psicológico, emocional e físico, inclusive.

Leia Também:  O que pode significar sonhar com abraço?

Reações explosivas, agitações e hábitos diários

Como mencionamos anteriormente, o contrário de serenidade é agitação. Entenda que muitas
ações a gente não consegue controlar. Problemas relacionados aos outros dizem respeito ao
comportamento deles e não seu. Assim, fogem do seu controle.

Queremos dizer que não adianta sempre ter uma reação explosiva quando alguma situação que
não depende de você acontece. Ou seja, isso não significa ter apatia ou tentar buscar uma imunidade total inexistente.

Tente se concentrar naquilo que depende de suas ações. Nesse sentido, algumas ações suas
podem melhorar drasticamente o seu cotidiano. Ou seja, a partir do momento em que você se organiza e se planeja, você diminui o surgimento de problemas e imprevistos.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Como manter serenidade

    Compreenda que organização e planejamento estão atreladas uma à outra. Por isso, tente
    estabelecer prazos para os seus compromissos profissionais e da faculdade, por exemplo. Anote
    as datas e se organize para cumprir antes do prazo.

    Deixar para fazer as coisas de última hora aumenta as chances de algo dar errado. O computador
    pode quebrar, a internet pode não funcionar, a luz pode acabar e muitas outras coisas. Além
    disso, virar a noite trabalhando ou estudando podem ser ruins. Isso porque esses hábitos interferem na sua qualidade de sono e alimentação.

    Já em relação às tarefas cotidianas de casa, temos uma sugestão. Por exemplo, estabeleça um dia para pagar as contas e fazer aquela faxina. Você também pode ir ao supermercado uma vez por semana ou a cada quinze dias. Mas evite sair por vários dias para comprar algo que esqueceu.

    Dicas para ajudar a desenvolver serenidade

    Há outras diversas ações que ajudam a desenvolver serenidade. Elas vão além da organização e planejamento. Por isso, veja as nossas sugestões a seguir:

    • alimentação equilibrada evitando o consumo em excesso de café e outros alimentos à
      base de cafeína e açúcar;
    • técnicas de meditação como yoga e Mindfulness;
    • rotina de exercícios físicos para canalizar a agitação mental e física de forma positiva;
    • qualidade no sono;
    • terapias que ajudam a controlar o estresse e a ansiedade.

    Oração da serenidade

    Existe outra ferramenta que pode te auxiliar na busca por uma vida mais tranquila. Ela é a oração da serenidade. Foi criada pelo teólogo e escritor norte-americano Reinhold Niebuhr. Nesse sentido, confira a seguir a oração:

    “Concedei-me Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar.
    Coragem para modificar aquelas que posso e sabedoria para conhecer a diferença entre elas.
    Vivendo um dia de cada vez, desfrutando um momento de cada vez, aceitando que as
    dificuldades constituem o caminho à paz. Aceitando, como Ele aceitou este mundo tal como é, e
    não como eu queria que fosse. Confiando que Ele acertará tudo, contanto que eu me entregue à
    Sua vontade. Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida e supremamente feliz com Ele
    eternamente na próxima. Amém.”

    Considerações finais

    Às vezes sofremos sem entender muito bem o motivo. E assim influenciamos negativamente diversas áreas da sua vida. Nem toda a agitação da sua vida se deve a algum problema de organização. Pois, uma vez que não temos o controle de tudo à nossa volta. Você já parou para pensar nisso?

    Por isso, compreenda que a raíz da sua agitação pode ser mais profunda. Muitas vezes o seu estresse pode estar condicionado a algum trauma do passado. Portanto, busque ajuda de um profissional da Psicologia. Ele irá te ajudar a entender o que tem te causado esse e outros problemas.

    Leia Também:  Manipulação: 7 lições da Psicanálise

    Assim sendo, o autoconhecimento pode te auxiliar na busca pela serenidade. Para compreender
    melhor sobre esse assunto e outros relacionados ao bem-estar mental, faça nosso curso online
    de Psicanálise. Dessa forma, você encontrará respostas e ferramentas para lidar com as suas
    angústias. Então, não perca tempo e se inscreva já.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *