Medusa significado

Significado da Medusa na mitologia grega

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

Antes de tudo, se sabe que a mitologia grega é repleta de figuras curiosas, cheias de tramas, magias e truques. Dentre elas, possivelmente você já ouviu falar sobre a mitologia da Medusa. Então, para entender melhor sobre o significado da Medusa, traremos as versões históricas sobre dois aspectos.

São dois lados da mitologia, onde no mais antigo se retrata Medusa como um monstro, temido e malvado. Quando, posteriormente, foi revelada a verdade sobre Medusa, vítima de violência, abuso e maldição.

Significado da Medusa

Medusa está entre os personagens da mitologia grega mais significativos, com uma história que vai além do que é popularmente contado. O significado da Medusa, basicamente, é o retrato de uma mulher, com dentes afiados, língua grande e as marcantes serpentes em seus cabelos.

Além disso, uma característica significativa era sua capacidade de transformar as pessoas em pedra, apenas com um olhar. Ou seja, bastava ela olhar para alguém que esta pessoa se transformava, rapidamente, em uma rocha.

Primeira versão de Medusa na mitologia grega

Na versão mais antiga de Medusa, considerada, posteriormente, a errada, a Medusa era vilã. Nesse ínterim, uma das três irmãs górgonas, porém, diferente das irmãs Esteno e Euríale, Medusa era mortal. Filha das divindades marinhas, Fórcis e sua irmã Ceto, era um monstro da mitologia grega, conforme características acima descritas.

Nesta história, Medusa e suas irmãs, na verdade, não eram mulheres, mas sim nasceram como monstro, sem qualquer relação com uma maldição. Segundo este mito, Medusa residia no extremo ocidente da Grécia, sendo motivo de terror para todas as pessoas de sua região.

O seu poder era tão intenso, que além de ser temida por pessoas normais, também causava terror em deuses e semi-deuses. Dentre estes, um deus teve coragem de se aproximar dela, Poseidon, com o qual manteve um relacionamento amoroso.

Além de Poseidon, outro deus também se aproximou, Perseu, porém com a intenção de matá-la. Missão dada pelo rei Polidecto, e, como recompensa, este estaria livre para se casar com a mãe de Perseu, Dânae. Primeiramente impossível, tornou-se fácil, pois contou com ajuda de outros deuses gregos.

Perseu e a morte de Medusa

Então, Perseu contou com o auxílio de outros deuses para, enfim, derrotar a temida medusa. Assim, estas ajudam foram:

  • Hermes, filho de Zeus, lhe deu sandálias que permitiam que ele voasse, facilitando seu deslocamento;
  • Zeus, deus supremo do Olimpo, garantiu uma espada afiada, para cortar a cabeça de Medusa;
  • Hades, filhos de Cronos e Reia, forneceu um elmo que o tornava invisível;
  • Atena deu um escudo reflexivo de bronze, o qual ele poderia enxergar no reflexo e, assim, não ser petrificado pelo olhar de Medusa.

Em resultado, Perseu se aproximou de Medusa enquanto ela dormia, usando seu escudo reflexivo para guiá-lo e evitar o olhar da górgona. Logo, com a espada, cortou sua cabeça. Morte sob a qual tornou Perseu com grande fama mitológica.

Entretanto, Medusa nunca descansou em paz após sua morte. Ainda, alguns historiadores contam que do pescoço da górgona nasceu Pégaso, cavalo alado que foi companheiro de Hércules, e o gigante Crisaor.

Ainda mais, dizem que Perseu se utilizou da cabeça de Medusa como sua arma, transformando o rei Polidecto em pedra. Em seguida, deu a cabeça para Atena, que a utilizou como escudo para petrificar seus inimigos.

Segunda versão: Significado da Medusa antes da maldição

A história anterior possivelmente foi a que você sempre escutou, porém, ela não é o mito real sobre o significado da Medusa. De antemão, saiba que ela foi a vítima, não a vilã. O poeta Hesíodo escreveu em suas obras, entre os anos de 650 e 750 a.C., que Medusa foi vítima de abuso sexual cometido pelo deus Poseidon.

Nesta versão, Medusa também era a filha mortal, entre as três górgonas, que viviam no Templo de Atena, deusa da sabedoria, da guerra e que detinha o poder sobre a região grega. Medusa era uma linda donzela com cabelos compridos de uma beleza exuberante.

A linda Medusa venerava Atena, seguindo fielmente seus ensinamentos. Inclusive, o juramento de se manter virgem, para ser uma sacerdotisa, assim como a deusa. Entretanto, diante de sua beleza sem igual, Medusa atraia muitos homens ao Templo, que a cortejavam frequentemente, fato este, claro, que ela não tinha culpa.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Dentre estes, estava o deus Poseidon, tio de Atenas, que havia, anteriormente, disputado o poder com a deusa. Conflito este que Medusa não tinha nenhuma relação, porém, acabou sendo vítima. Ao chamar a atenção de Poseidon, esta causou uma obsessão no deus. Ao cansar de ser rejeitado por ela, a violentou dentro do Templo.

    Leia Também:  Misoginia, machismo e sexismo: diferenças

    Entretanto, Atena não acreditou na jovem, imaginando que esta havia seduzido Poseidon. Em resultado, Medusa foi castigada pela deusa, com uma maldição. Tendo em vista que Atena acreditou que Poseidon apenas seguiu seus instintos como homem ao violar o Templo e se envolver com a bela jovem.

    Significado de Medusa Frase

    A maldição de Atena no mito de Medusa

    Com a maldição de Atena, Medusa se transformou em um terrível monstro, cuja imagem conhecemos, com as seguintes características:

    • cabelos com serpentes;
    • corpo coberto por escamas;
    • dentes de porcos selvagens;
    • qualquer homem que a olhasse se transformaria em pedra.

    Desse modo, Medusa passou a viver isolada em uma caverna ao extremo da Grécia, em solidão. Assim, da mesma forma que a versão anterior da história, Poseidon foi enviado para matar Medusa, e assim o fez. Entretanto, por razões diferentes; dessa vez ele foi obrigado pelo rei Polidecto, sob a ameaça de abusar de sua mãe.

    Em suma, Medusa foi uma linda mulher, que acabou abusada, amaldiçoada e decapitada, sem ter feito absolutamente nada de errado. Ainda, conta a história logo após a morte, passou a sair do pescoço de Medusa. Então, surgiu o cavalo alada Pégaso e o gigante Crisaor, frutos do abuso sexual de Poseidon.

    Mitologia da Medusa: significado da medusa e simbolismo atual

    Em razão da última versão da história mitológica de Medusa, ela acabou se tornando um símbolo de luta às mulheres vítimas de perseguição silenciosa. Após a revelação desta versão, dita como verdadeira, ao longo dos tempos, Medusa foi personagem de muitas representações no mundo da arte.

    Assim, passou a ser vítima ao invés de uma vilã, corrigindo os erros do passado sobre a exuberante jovem ser um monstro cruel.

    Portanto, estudar mitologia grega faz com que tenhamos, com a história de seus personagens, inúmeras reflexões sobre a vida, sobremaneira sobre o comportamento da humanidade. O significado da Medusa é um clássico exemplo, que nos faz repensar sobre as injustiças sociais sofridas por mulheres vítimas de violência sexual, não por menos que Medusa se tornou um símbolo de luta para as mulheres.

    Então, se você chegou até o final deste artigo sobre o significado da Medusa, possivelmente gosta de saber sobre história e como foi o desenvolvimento da sociedade. Que, em mitologia, se dá por metáforas, muito se conta sobre sentimentos, emoções e comportamentos das pessoas. Então, convidamos você a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica, onde aprenderá sobre comportamento humano, sob a visão psicanalítica. Saiba que entender como funciona a mente humana lhe beneficiará de diversas maneiras, como, por exemplo, no aprimoramento do autoconhecimento e melhora nas relações sociais.

    Por fim, se você gostou deste artigo, curta e compartilhe em suas redes sociais. Desse modo, nos incentivará a continuar produzindo conteúdos de qualidade.

    One thought on “Significado da Medusa na mitologia grega

    1. Sobre gostei de mitologia grega, mas nunca imaginei que a medusa fosse uma vítima ao invés de um mostro. Interessante história .

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.