Quando a fila anda… 7 ideias para recomeçar no amor

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Infelizmente, nem todo relacionamento consegue cumprir as juras de amor eterno que havia prometido antes. Para algumas pessoas, terminar uma relação e começar outra parece algo impossível e até impensável. Com isso, leia as sete dicas abaixo e perceba como a fila anda de forma positiva para começar um novo amor.

Use sua relação anterior como experiência

Quando terminamos um relacionamento, às vezes percebemos ter passado por uma fase difícil de nossas vidas. Dado o mundo em que vivemos, é raro encontrar casais que tenham terminado amigavelmente e nutram um apreço pelo outro. É mais comum vermos indivíduos que brigam, se ressentem e jogam a culpa no outro pelo fim da relação.

Entretanto, use desse relacionamento fracassado para tirar algum aprendizado. Claro que toda relação é unica e diferente, mas a partir dela podemos ver onde nós erramos. A ideia aqui é que percebamos o quanto nos equivocamos em algumas ações e como ir na direção contrária. Somente assim a fila anda adequadamente.

Aprenda a dizer “não”

Quando estamos demasiadamente apaixonados, esquecemos de impor limites ao parceiro. A fim de agradá-lo em qualquer coisa, dizemos “sim” e cedemos à sua vontade. Entretanto, muitos desses “sim” foram ditos quando devíamos ter feito o contrário. Permitindo algo para alguém, acabamos negando algo para nós mesmos.

Quando a fila anda, é necessário saber até que ponto estamos sendo permissivos demais ao parceiro. Recomeçar no amor envolve também amor a si mesmo. Caso o contrário, ao dar tantas permissões, pode acabar:

Cansado

Isso porque você se esforça demais para ir na contra-mão de si em favor do outro. Mesmo que sem querer, acaba movendo rios de energia física e mental para ver o outro bem. Antes de pensar em se unir novamente com alguém, procure seus limites. Ainda que esteja disposto a recomeçar, é preciso ter em mente que não é obrigado a fazer tudo o que querem.

Irritado

Mesmo que decida conscientemente ceder algo para o outro, isso pode acabar por irritá-lo. Dessa forma, as coisas tomam um rumo diferente caso você estivesse lidando com elas diretamente. É preciso se poupar, a fim de garantir uma boa convivência e preservar o que está sendo construído.

Não se apegue a relacionamentos passados

Por conta da história que tiveram ou do trauma que passaram, muitas pessoas se prendem na relação anterior. O aspecto emocional delas não é maduro o suficiente para fazer com que se livrem dessa ligação. Isso se reflete nas queixas constantes do ex-companheiro ou comparações com o novo. O amor de verdade fica sem espaço para florescer.

Se o relacionamento anterior acabou é porque não tinha como seguir em frente com ele. Dessa forma, é preciso deixar que essa ligação se vá para que você possa estar livre para recomeçar. A fila anda para aqueles que tem disposição a amar a si mesmo e as novas possibilidades. Quebre qualquer corrente que te prenda ao passado e abrace o futuro.

Não tente reviver relações passadas

Inconscientemente, buscamos reviver os aspectos positivos de relações que não deram certo. Muitos acreditam que dá para perpetuar isso através de um novo relacionamento sem acrescentar as falhas anteriores. Como dito linhas acima, cada pessoa possui uma personalidade e individualidade pessoal. Dessa forma, não dá para copiar algo em um e colar no outro.

A fila anda para aqueles que se abrem às novas relações e imaginam o que podem encontrar de novo ali. Mesmo que assuste, um novo encontro é a chance de trabalhar algo único e disposto em você: o amor. Certamente, você tem bastante a dar e alguém quer dividir isso com você. Por isso, viva o novo com o novo, transformando positivamente a si mesmo.

Autoestima

Em momento algum acredite que está abaixo de alguém por seu receio de começar. A ideia aqui não é focar unicamente em sua aparência, mas, sim, no que guarda dentro de você. Sua beleza interna pode facilmente conquistar alguém e fazer com que alguém se abra a você. A fila anda melhor quando:

Tem confiança em si

A segurança é um item valoroso quando a fila anda e você busca alguém novo. Tente ser autêntico, de modo a não criar personagens e se valer da presença dessas emulações. Acredite que o outro irá focar em sua real natureza e se encantará pelo o que vai encontrar em você. Com isso, confie em si mesmo, nas suas ações e nas suas intenções.

Leia Também:  Psicanalista pode sofrer processo do Conselho de Medicina?

Fica à vontade

Evite a sensação de julgamento das suas ações com base na relação anterior. Se a ideia aqui é se abrir a um novo relacionamento, é preciso ter em mente que precisam te conhecer. Claro, algumas coisas em nós necessitam de tempo para serem mostradas. Contudo, mostre como o outro te faz sentir bem e seguro.

Não crie expectativas

Em hipótese alguma espere que o outro corresponda ao que você imagina sobre ele. Muitas relações nem iniciam justamente por conta das projeções que muitos fazem do outro. Deixe que o seu pretendente mostre quem é e o que pode fazer por você dois.

Sem pressa

Antes de continuarmos, tenha em mente que não existe a pessoa certa a alguém. O que encontramos são indivíduos com vontades e desejos afins dos nossos, de modo que se unam. Com isso, não tenha pressa de encontrar uma pessoa que corresponda exatamente ao que você quer no momento.

Seu corpo e mente se unificam e sabem o momento exato de se abrir a alguém. Deixe que as coisas fluam naturalmente. Dessa forma, poderá sentir de um jeito mais verdadeiro o que o outro tem a te entregar e você a retribuir.

Disponha-se a conhecer

Não só a si, mas ao outro também, fazendo valer uma integração completa em sua vida. Sempre é trabalhoso descobrir os caminhos que compõem o outro. Ainda assim, é dessa forma que você saberá como trilhá-los e evitará tomar curvas. Mostre que está disposto a se abrir e entender mais sobre o novo parceiro.

Considerações finais: A fila anda

Ter em mente que a fila anda pode livrar as pessoas de uma cobrança indevida sobre relações fracassadas. Ninguém é obrigado a ficar preso em erros do passado e merece uma chance de recomeçar. O amor circula por aí e você precisa estar aberto às novas possibilidades. Sendo assim, não tenha medo de tentar de novo.



Além disso, procure focar nas coisas boas que tirará da nova conexão. Claro, sempre haverá dificuldades e ninguém vive eternamente num conto de fadas. Contudo, são esses pequenos momentos que ajudam os dois a verem a ligação positiva daquela união. Lembre-se: aproveite os bons momentos, mas trabalhem para superar os difíceis.

Caso queira entender mais como traçar esse caminho, procure por nosso curso de Psicanálise Clínica online. A ferramenta é bastante útil para aqueles que querem entender as próprias motivações e as dos demais. Com isso, você consegue percebe claramente o que pode fazer de bom aos dois e o que precisa ser trabalhado.

Nosso curso é realizado via internet, deixando o seu estudo e contato com os professores mais flexíveis. São eles que exploram o seu potencial nato ao estudarem as ricas apostilas. Assim que terminar sua grade curricular, terá em mãos um certificado válido para atuar como psicanalista em todo o Brasil.

Por fim, não esqueça de compartilhar este post sobre aquele momento em que a fila anda! É importante para quem está sofrendo com um término indesejado!

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =