a importância da leitura

A importância da leitura para crianças e adolescentes

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

No texto de hoje, falaremos sobre a importância da leitura. Ler é um hábito excelente para se cultivar e nós temos muitas evidências para fazer essa afirmação. Se quiser descobrir por que incentivar seu filho a ler mais, confira nossa discussão sobre os benefícios de ler! No entanto, leia o texto até o final, pois temos uma dica valiosa para estimular a leitura em uma criança ou adolescente que não estão acostumados com os livros. Confira!

Antes de falarmos sobre a importância da leitura, entenda o que é cultura

Ainda que o nosso texto tenha como tema principal a importância da leitura, não podemos deixar de mostrar como os livros se inserem na cultura. Nós sabemos que muita gente não entende muito bem qual é a definição da palavra cultura. Assim, tomamos por bem definir esse conceito antes de mostrar como a literatura se insere em várias culturas diferentes.

Se você já visitou um museu, provavelmente teve acesso a obras que foram produzidas por alguém que não é seu contemporâneo. Ou seja, o autor daqueles elementos não viveu na mesma época que você. Nesse contexto, na manifestação artística dessa pessoa, é possível identificar traços que remetem ao tempo ao qual o artista pertence. Quando vemos uma pintura de Van Gogh, temos acesso a um pedaço da França dos anos 1800.

Tendo isso em vista, as mais diferentes manifestações artísticas têm o potencial de nos ajudar a reconstruir um momento da história humana. A música, a pintura, a escultura, entre muitas outras coisas, nos dão uma espécie de acesso limitado ao universo do artista. Ainda que não possamos vê-lo ou tocá-lo, somos ligados por um pedaço de sua essência.

A literatura enquanto manifestação da cultura

Nesse contexto, a literatura é uma forma muito rica de manifestação artística. Ela nos permite ter uma visão muito singular e detalhada do universo de cada autor. Isso porque não só o conteúdo dos livros, mas sua forma e estética dizem muito sobre o seu tempo. Não vamos nos aprofundar muito nisso, mas muitos outros aspectos contribuem para uma análise literária bem feita. São eles:

  • personagem,
  • espaço,
  • tempo,
  • narrativa,
  • pessoa,
  • narrador.

Todos esses fatores apontam para a riqueza de descrição que um livro pode trazer para nós. Assim, ao falarmos sobre a importância da literatura, eis o primeiro motivo. Ela nos dá acesso a diferentes épocas e pessoas sem que nós precisemos sair de casa. Além disso, nem é preciso gastar muito dinheiro! Com tantos livros em domínio público, podemos viajar para outras épocas de graça.

A importância da leitura para a escrita

Um outro ponto a discutir no que tange a importância da literatura é o fato de que ela nos ajuda a escrever. Apesar de muitos textos explorarem possibilidades estéticas que não são usadas formalmente, a maioria dos livros está escrito de acordo com as regras da gramática padrão de cada língua. Assim, quem lê muito inevitavelmente acaba se apercebendo dessas regras. Consequentemente, quem lê muito escreve muito bem também.

Empatia, conhecimento de mundo e tolerância: benefícios de ler com frequência

Além de nos fazer viajar e escrever melhor, a importância da literatura também traz outros benefícios importantes. Falamos sobre cada um mais abaixo:

Empatia

A empatia é a capacidade de uma pessoa de se colocar no lugar da outra. Quando fazemos isso, conseguimos nos esforçar para entender suas emoções, frustrações e motivações. Assim, nos tornamos mais sensíveis no que tange o bem-estar e o comportamento do próximo.

Leia Também:  Maturidade espiritual e emocional: 7 sinais

Nessa conjuntura, a literatura nos oferece uma gama de personagens com os mais variados dilemas. Em Lolita, de Vladimir Nakobov, temos acesso à mente de um homem que se apaixona por uma criança. A pedofilia é crime portanto é muito mais difícil que consigamos entender e perdoar uma pessoa que comete essa atrocidade. Contudo, isso não nos impede de tentar entender o funcionamento da mente do pedófilo.

Para conseguir empatizar, não é necessário ir tão longe se você não quiser. Que tal explorar o relacionamento proibido entre um padre e uma fiel? Com O crime do Padre Amaro você conseguirá fazer isso. Se quer entender uma mente vingativa, poderá se aventurar pela mente de Aurélia Camargo em Senhora. Ah, leitor! Há muito para ler e com o que se identificar!

Conhecimento de mundo

Além de desenvolver a empatia, uma criança ou adolescente vai adquirir muito mais conhecimento de mundo lendo. Contudo, não veja isso como algo negativo. Muitos pais ficam receosos ao saber que seus filhos lerão sobre sexo e outros temas considerados muito adultos. Contudo, lerão também sobre:

  • história,
  • política,
  • geografia,
  • identidade,
  • amor,
  • religião,
  • relacionamento,
  • tolerância.

Além de tudo isso, com os conhecimentos adquiridos na literatura, será possível associar temas com outras manifestações artísticas. Ao ler constantemente, seus filhos terão estofo cultural para relacionar:

  • literatura e escultura,
  • política e literatura,
  • literatura e pintura.

Tolerância

Por fim, falando ainda sobre a importância da literatura, lembre-se que quando o seu filho lê, ele se torna mais tolerante. Esse comportamento, por sua vez, é consequência do desenvolvimento da empatia, conforme mencionamos mais acima. Uma pessoa mais tolerante é:

  • caridosa,
  • inteligente,
  • cidadã,
  • sensata,
  • coerente.

Livros do cânone e literatura de massa: a importância da leitura e do trânsito entre diferentes livros

Para terminar o texto, falaremos agora sobre literatura de massa e cânone literário. Como dissemos no começo do texto, daremos uma dica sobre livros para crianças e adolescentes que não gostam muito de ler. Pai, mãe, não tente empurrar um Inferno de Dante para uma pessoa que não está acostumada a ler.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Sabemos que existem livros mais admirados cultualmente falando, ou seja, que fazem parte do cânone. Contudo, a entrada do seu filho na literatura não precisa começar por aí. Assim sendo, não seja tão cético no que diz respeito à literatura de massa. Fazem parte desse “gênero” os livros populares que são lançados por novos escritores todo dia. Eles não tem nem metade do reconhecimento das obras canônicas, porém são mais atraentes e palatáveis.

Deixe seus filhos começarem a ler por onde se sentirem mais confortáveis. O importante na leitura sempre será o hábito. Uma vez que este esteja estabelecido, um livro acaba chamando o outro.

Considerações finais sobre a importância da leitura

No texto de hoje, você aprendeu sobre a importância da literatura. Além disso, viu que a cultura possui diferentes manifestações artísticas. Todas são dignas de nosso apreço e reconhecimento. Esperamos que nossas dicas te ajudem a incentivar mais seus filhos no que tange à leitura. Como você viu, os benefícios são muitos! Por fim, caso queira aprender mais sobre a relação entre Psicanálise e cultura, confira nosso curso de Psicanálise 100% EAD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − oito =