quarto montessoriano

Quarto, cama e berço montessorianos: como funcionam?

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

Em um dos nossos artigos mais recentes, você leu a respeito da criadora do método Montessori de educação. Trata-se da italiana Maria Montessori que, com seus conhecimentos em pedagogia e medicina, ajudou muitas crianças a aprenderem mais rápido. No entanto, algo que não comentamos no artigo é que o método Montessori pode também ser aplicado na casa da criança. Assim sendo, hoje falamos sobre o quarto montessoriano, a cama e o berço.

O Método Montessori resumido

Para ler um compilado de informações mais completo sobre o Método Montessori, sugerimos a leitura do artigo mencionado mais acima. Contudo, fazemos um resumo aqui para que você tenha condições de dar continuidade à leitura sem ficar pulando de um artigo para o outro.

Em linhas gerais, o método de Maria Montessori se fundamenta nas experiências sensoriais da criança. Assim, aquelas que são apresentadas a materiais sensoriais desde muito cedo, passam mais rapidamente por diversos tipos de aprendizado.

Um que, particularmente, chamou a atenção dos pais de crianças que conviviam com Maria Montessori, foi a escrita. Em um fenômeno conhecido como Explosão da Escrita, crianças italianas começaram a escrever sozinhas!

Trazendo os conhecimentos de Maria Montessori para o lar: o quarto montessoriano

Um dos aspectos mais interessantes do Método Montessori é o fato de que ele não precisa se restringir aos limites da escola. Lembre-se que muitas crianças não passam nem um terço do tempo diário na escola. Ademais, há pais que preferem permitir que as crianças estudem mais tarde. Apesar de tudo isso, é muito pouco provável que os pais sejam contrários aos avanços educacionais dos próprios filhos.

Nesse contexto, adaptar o quarto do seu bebê ou filho pequeno ao quarto montessoriano é uma ótima iniciativa. Isso se dá porque, ao estruturar o quarto com uma cama montessoriana ou um berço montessoriano, entre outras coisas, você ajuda o seu filho a adquirir autonomia.

No ambiente do lar, o quarto do bebê deve priorizar o processo em que ele educa a si mesmo por meio do contato que vai estabelecendo com os elementos à sua volta. Mais abaixo, apresentamos as principais características do quarto montessoriano para que você consiga dimensionar como a criança pode aprender mais nesse modelo. Confira!

Características do quarto montessoriano

A premissa básica para montar um quarto montessoriano é que ele seja feito priorizando o que o bebê precisa, não o adulto. Veja que, em um quarto de bebê normal, a maioria dos móveis é projetada tendo em vista o que o adulto precisa para se locomover e agir mais facilmente. É melhor para a coluna do adulto que os móveis, sejam mais altos por exemplo.

No entanto, no que tange o quarto montessoriano, é a altura do bebê que importa. Por esse motivo, dois elementos são fundamentais para garantir que a criança tenha o máximo de autonomia. São eles:

O berço montessoriano

Para muitos pais, pode parecer estranho colocar um bebê recém-nascido muito perto do chão. Se mesmo com o berço de tamanho normal já há a preocupação com várias coisas, que dirá perto de germes e bactérias. Entretanto, lembre-se que é possível barrar o acesso do neném à poeira com protetores no berço, entre outras medidas. Nesse contexto, obviamente é necessário manter um cuidado maior com a limpeza do quartinho também.

No começo da vida, o bebê não tem uma estrutura física que lhe dê muita autonomia de todo modo. Ele precisará de você para se locomover e, por algum tempo, não conseguirá nem se virar sozinho. A ideia é que, na medida em que ele cresce, ele tenha a estrutura para se locomover pelo quarto.  O colchão utilizado para fazer o berço montessoriano pode ser bem grosso, para a distância com o chão não ser tão próxima.

Leia Também:  O que é sentimento de culpa?

Apenas lembre-se que o colchão não deve ser alto a ponto de a criança cair e se machucar quando for tentar se aventurar. O quarto inteiro deve ser um convite à descoberta. Assim, tenha em mente que, em algum momento, a criança sairá de onde está para descobrir seu mundinho.

A cama montessoriana

Nessa conjuntura, já tenha em mente que com a escolha do colchão para o berço montessoriano, a cama montessoriana para quando a criança crescer já estará pronta. Assim, você não terá de ficar gastando dinheiro com uma nova decoração para o quarto. À medida em que a criança cresce, ela ganha mais autonomia e consegue explorar mais pedaços do quartinho.

Por esse motivo, quando você observar que seu filho está perto de engatinhar, ou já estiver se arrastando pelo chão, vale a pena checar se os itens abaixo não irão machucá-lo. Esse é um cuidado que deve existir antes de o bebê chegar e durante todo o seu crescimento.

O que evitar no quarto montessoriano

Móveis com quinas

Dado que o bebê estará passeando pelo quarto livremente, ele pode se bater com alguns móveis. Por essa razão, escolha móveis que não tem quina para evitar machucados graves.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Quadros com vidro

Além disso, preocupe-se com o tipo de quadro que pendurará nas paredes. Evite que eles sejam revestidos com vidro para, ocasionalmente, não machucarem a criança.

Tomadas à vista

Ademais, todo cuidado com tomadas é pouco. Além de deixá-las sempre com proteção, evite que elas fiquem visíveis para o bebê. Cobri-las com móveis pesados ou colocá-las mais no alto são boas medidas que podem evitar acidentes graves.

Pregos e materiais pontiagudos

Por fim, não pregue nada no quarto com pregos e parafusos. Dê preferência a boas fitas adesivas. Tenha em mente que a ideia de fazer um quarto montessoriano é deixar a criança explorá-lo livremente. Assim, antecipe o que ela pode encontrar que, inevitavelmente, poderá fazer-lhe mal.

Demais acessórios que podem ser incorporados ao quarto montessoriano

Antes de encerrarmos o texto, não queremos deixar você com a ideia de que um quarto montessoriano é um cômodo da casa que tem um colchão e só. O fato de que a criança estará mais livre para explorar o ambiente não significa que ele deva estar sempre vazio.

Confira uma lista com itens que você pode usar para deixar o quarto bonitão e apropriado para as investigações do seu bebê!

Espelho

Parece uma ideia improvável por conta do vidro. Contudo, no quarto montessoriano a ideia é pregá-lo na parede, emoldurado com uma estrutura de madeira. Além disso, é legal ter uma barra em que a criança possa se apoiar que a separe do vidro. Esse é um elemento que, inclusive, poderá ajudá-la a se apoiar para aprender a andar.

Tapete

Um tapete com uma estrutura legal pode ajudar a criança a ter experiências sensoriais riquíssimas. Invista nisso!

Armário

Nesse contexto, é bacana que o armário seja da altura da criança, com roupas que ela possa vestir facilmente. Você verá que, sem muita instrução, seu bebê acabará aprendendo a se vestir ou se calçar sozinho. A instrução não está de fora do pacote, mas você não terá que fazer uma boa parte do serviço.

Considerações finais sobre o quarto montessoriano

Esperamos ter esclarecido como funcionam o quarto montessoriano, a cama montessoriana e o berço montessoriano. Em sites como o Pinterest, você encontra inspirações belíssimas para copiar. Se estiver esperando o seu bebê agora, a espera ficará muito mais doce e colorida. Caso queira aprender mais sobre o desenvolvimento das crianças, matricule-se também em nosso curso 100% EAD de Psicanálise Clínica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 5 =