melhores filmes de Hitchcock

Alfred Hitchcock: resumo de seus 7 melhores filmes

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

Quem é cinéfilo, certamente conhece Alfred Hitchcock, um dos melhores diretores da história do cinema. No entanto, o grande público não conhece seu excêntrico estilo e nem a maioria dos seus filmes. Por isso, hoje vamos falar sobre esse aclamado diretor, com um resumo de seus filmes mais emblemáticos.

Quem foi Alfred Hitchcock?

Alfred Hitchcock nasceu em 13 de agosto de 1899 em Londres. Seus pais lhe deram uma educação rígida, com base no catolicismo. Dessa forma, ele sofria diversos castigos, entre eles, ficar em pé ao lado da cama por várias horas. Sendo assim, tais episódios foram marcantes que foram incluídos no seu modo de dirigir os filmes.

Hitchcock se graduou no curso de artes da Universidade de Londres e trabalhou como publicitário em uma companhia de cabos chamada Henley’s. Nessa empresa, ele passou a escrever artigos para o jornal da empresa. Por esse motivo, ele começou a desenvolver a sua veia para o suspense.

Ademais, em 1920, Hitchcock consegue entrar na indústria do cinema na empresa Players-Lasky, da Paramount Pictures na função de desenhista de créditos. Além disso, o jovem Hitchcock trabalhou como assistente de direção.

Início de Alfred Hitchcock como diretor

A primeira experiência do “mestre do suspense” na direção, na verdade, foi improvisada. Hitchcock era co-diretor no curta-metragem Always Tell Your Wife, de 1923, que era dirigido por Hugh Croise. Na ocasião, Croise adoeceu, restando a Hitchcock finalizar as filmagens. Dessa forma, a sua criatividade chamou a atenção dos donos do estúdio, que o promoveram a esse cargo.

Seu primeiro longa foi O Jardim dos Prazeres, de 1925. É uma história comum, que não ainda não traz nenhum elemento que viria a consagrar o diretor. Então, isso só viria a acontecer com o lançamento de O Pensionista, de 1927, onde o filme conta a história de Jack, o estripador. Além disso, vale destacar que o próprio Hitchcock aparece na história.

Aliás, essa é uma característica que o diretor fazia questão de colocar: o fato de aparecer em todas as suas histórias. Isso viria a acontecer até o seu último filme.

E, também, outros filmes como Os 39 degraus e A Dama Oculta, ainda nos anos 30 marcaram a sua fase inicial. Vale lembrar que todos os filmes dessa época ainda eram mudos. Mesmo assim, tais características como ambientes escuros, suspense marcante e takes voyeuristas fizeram sucesso, o que chamou a atenção de Hollywood.

Melhores filmes de Hitchcock

Toda lista é subjetiva e isso é uma verdade universal. Sempre alguém será a favor ou não dos critérios utilizados e isso vai desde lembranças afetivas a critérios mais racionais. Por isso, você, leitor, fique à vontade para concordar ou discordar diante dessa singela lista. Dessa forma, se puder, coloque nos comentários os seus motivos.

1 – Rebecca, a mulher inesquecível (1940)

Este foi o primeiro filme de Alfred Hitchcock rodado em Hollywood e sua estréia não poderia ter sido mais emblemática. A película recebeu 11 indicações ao Oscar, ganhando os prêmios de melhor filme e melhor fotografia em preto e branco.

Leia Também:  O fabuloso destino de amélie poulain: Entenda o filme

A trama é bem simples vista a olho nu: uma moça de origem humilde se casa com um viúvo nobre e rico que é atormentado pelas lembranças de sua falecida esposa. No entanto, ao longo do tempo, ela vai descobrindo cada vez mais sobre o seu passado

2 – Um Barco e Nove Destinos (1944)

Em mais um dos filmes de Alfred Hitchcock, a trama se passa na Segunda Guerra Mundial. Nesse cenário, um barco e um navio alemão se envolvem em um embate e ambos naufragam. Como resultado, os sobreviventes vão para um bote.

Porém, os personagens têm objetivos diferentes e a tensão se agrava quando um deles revela que é um nazista. Vale acompanhar essa boa história.

3 – Os 39 degraus (1935)

Voltando um pouco na cronologia hitchcockiana, nossa terceira indicação vai para esse filme ainda na sua fase britânica. Nessa história, temos Richard Donnay como um canadense passando suas férias na Inglaterra.

Porém, aparece uma mulher misteriosa que alega ser uma espiã e pede sua ajuda, pois sua vida corre perigo. Mesmo com os avisos, ela é assassinada. No entanto, em seus últimos momentos, ela entrega ao protagonista um mapa e murmura algo sobre os 39 degraus.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Após escapar de um atentado contra sua vida, Richard descobre que agora, ele está sendo acusado de assassinato. Por isso, a trama mostra a sua luta para provar sua inocência.

    4 – Interlúdio (1946)

    Em mais um dos melhores filmes de Hitchcock, temos Ingrid Bergman e Cary Grant nos papéis principais. Na trama, Alicia (Bergman) se refugia na boemia e em homens após seu pai de origem alemã ser condenado por espionagem.

    Ademais, ela se aproxima de um oficial do governo que oferece uma missão arriscada: ele quer que a jovem se torne uma espiã para atuar no Rio de Janeiro onde alguns amigos do seu pai, que são nazistas, também estão em uma missão.

    Dessa forma, Alicia fica entre um casamento de fachada com um oficial nazista e a paixão nutrida pelo americano.

    5 – Um Corpo que Cai (1958)

    Em uma de muitas parcerias com James Stewart, Alfred Hitchcock o escala como um detetive que se aposenta após descobrir, em uma perseguição, que tem fobia de altura. Após um tempo, Scottie Ferguson (Stewart) recebe a visita de um amigo, que pede para que ele siga a sua esposa, pois está desconfiado de suas saídas.

    Por isso, Scottie aceita a missão e a segue por todos os lugares. Ele desconfia que a mulher é louca e descobre que ela tem tendências suicidas, pois ela se joga no mar. A partir daí, o envolvimento é fatal e as consequências são inevitáveis.

    6 – Os Pássaros (1963)

    O filme conta a história de Melanie Daniels que é uma mulher livre e descompromissada. Certo dia, ela conhece o advogado Mitch Brenner em um pet shop e se interessa por ele. Por isso, ela o segue até a cidade litorânea de Bodega Bay, na Califórnia, onde Brenner mora.

    Entretanto, ela presencia algo assustador, centenas de pássaros começam a aterrorizar os moradores da cidade, aparentemente sem motivo algum. O roteiro é baseado no conto “The Birds” de 1952.

    7 – Psicose (1960)

    Nessa lista não poderia faltar não só um dos melhores filmes de Alfred Hitchcock, como da história do cinema. No filme, Marion Crane é uma secretária que resolve roubar 40 mil dólares da imobiliária onde trabalha no intuito de se casar e ter uma nova vida.

    Leia Também:  Quem foi Maria Montessori?

    Durante a fuga, uma tempestade irrompe com força. Marion se perde e é obrigada a parar em um hotel. No local, ela conhece Norman Bates, o proprietário, que sempre fala sobre sua mãe, sempre com respeito e temor.

    Marion decide passar a noite no local. Dessa forma, ela acaba se tornando uma vítima fácil para algo inesperado. O roteiro é baseado no livro homônimo de Robert Bloch.

    Considerações finais sobre os melhores filmes de Alfred Hitchcock

    Você conferiu aqui uma lista que contém alguns dos filmes mais aclamados pelo público. Não há dúvidas que Alfred Hitchcock, o mestre do suspense, foi pioneiro nas suas obras, colocando elas como referência para outros diretores e deleite para os fãs.

    Sendo assim, se você gostou das nossas indicações, que tal se inscrever no nosso curso online de Psicanálise Clínica? Esse curso contém um material completo, além de professores capacitados que irão lhe proporcionar a melhor experiência sobre Psicanálise Clínica já vista. Então, matricule-se já!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *