Você já assistiu ao filme Babe O Porquinho Atrapalhado? Esse filme tão divertido tem muito mais história. Então, saiba mais nesse post!

Babe O Porquinho Atrapalhado (1995): análise psicológica

Posted on Posted in Filmes

Quem assistia Sessão da Tarde na Globo, já deve ter visto Babe O Porquinho Atrapalhado. Esse filme tão divertido tem muito mais história. Então, confira o nosso post para compreender mais sobre o tema.

O filme Babe O Porquinho Atrapalhado

Um porquinho chamado Babe tem um grande sonho: ser um cão guia de ovelhas. Por conta disso, ele decide começar a ser treinado pelo dono da fazenda para poder desempenhar a função. Com toda a determinação, ele tenta realizar esse sonho, mesmo que não tenha nascido para fazer isso.

Ficha técnica do filme

Ano de produção e lançamento: 1995
Diretor: Chris Noonan
Produção: Bill Miller; George Miller e Doug Mitchell
Roteiro: George Miller e Chris Noonan
Baseado no livro “The Sheep-Pig”, de Dick King-Smith
Elenco:Danny Mann (Ferdinand); James Cromwell (Arthur Hoggett); Magda Szubanski (Mrs. Esme Hoggett); Mary Linda Phillips (Linda Phillips); Miriam Flynn (Maa); Courtland Mead (Puppy); Daamen J. Krall (Daamen Krall) e Christine Cavanaugh (Babe).
Gênero: aventura, fantasia e comédia dramática.

Enredo do filme Babe O Porquinho Atrapalhado

Então, o filme começa quando o leitãozinho órfão que se chama Babe vai parar na fazenda do Arthur Hoggett, após o fazendeiro ganhá-lo numa competição numa feira rural. No sítio, ele é levado para um celeiro, onde faz várias amizades com outros animais.

Aliás, ele é acolhido como filho por Fly, uma atenciosa cachorrinha da raça border collie. Contudo, o parceiro dela, chamado Rex, possui uma visão bastante rígida sobre o papel de cada animal naquele lugar.

No desenrolar da história, Babe é convencido pelo Ferdinand, um pato que canta parecido como galo para ser poupado de virar refeição, a fazer algo. Então, ele pede para o leitãozinho ajudá-lo a roubar um despertador que é da esposa do fazendeiro, Esme Hoggett.

Contudo, durante a missão, eles acordam uma gata e destroem toda a sala de estar. Sendo assim, Rex pede para Babe que se afaste tanto da casa, quanto do pato.

Saiba mais…

Nas festas natalinas, Arthur impede que o leitãozinho atrapalhado seja morto para ser a refeição do Natal. Após Babe conseguir alertar o fazendeiro de que havia ladrões de ovelha, o dono da fazenda percebe que ele é capaz de fazer algo maior.

Sendo assim, a missão de Babe é pastorear as ovelhas. Ele é ajudado por uma ovelha idosa e doente, a Maa, que reúne as demais para auxiliar o Babe. Contudo, Rex fica indignado, pois acha que isso é um grande insulto aos cães pastores e, por conta disso, confronta a Fly.

Nessa luta, ele acaba mordendo o Hoggett de forma acidental e é acorrentado e sedado por um veterinário. Ao longo do filme, Maa morre após ser mutilada por cães ferozes, isso tudo ocorre na frente do Babe Por isso, o fazendeiro acha que o porco fez essa barbaridade e toma a decisão de abatê-lo.

Após saber o que realmente aconteceu pelas outras ovelhas, Fly distrai o Arthur para que haja tempo de Esme dizer que há cães matando as ovelhas nas fazendas vizinhas.

Final do Babe O Porquinho Atrapalhado (Atenção! Há spoiler do filme neste tópico)

Depois que Esme sai para fazer uma viagem, Hogget inscreve o pequeno atrapalhado Babe num concurso de cães pastores numa feira rural. Durante uma noite muita chuvosa, o fazendeiro deixa que o Babe e Fly fiquem dentro de casa até a chuva passar.

Nesse momento, a gata revela ao leitãozinho que as pessoas comem os porcos. Babe fica extremamente angustiado e decide fugir. Então, ele vai parar em um cemitério e Hoggett canta uma canção para ele. Assim é restaurada a confiança entre os dois.

Saiba mais…

Durante a competição que o Arthur inscreveu o Babe, o leitãozinho é a principal atração e arranca muitas risadas da arquibancada. Afinal, as ovelhas ali presentes ignoram completamente o porquinho.

A fim de se redimir, Rex volta correndo para a fazenda para saber qual é o segredo das ovelhas. Após prometer que irá tratar elas bem, elas revelam a dica e o cão vai à competição para passar a senha a Babe. Com isso, ele consegue fazer os pedidos às ovelhas que o atende prontamente.

Leia Também:  Filme O Diabo Veste Prada (2006): resumo, ideias, personagens

Ao final, a multidão aplaude e os juízes dão a nota máxima. Aliás, a Esme consegue acompanhar toda a competição pela televisão. Por fim, Arthur olha para o atrapalhado Babe e diz com um grande sorriso: “Você arrasou, porco! Arrasou”.

Interpretação do filme Babe o porquinho atrapalhado

Agora que sabemos o que ocorre na história, vamos fazer uma análise do filme Babe, babe porquinho. Embora pareça ser um filme bem bobinho e infantil, ele traz uma grande lição para todas as faixas etárias.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Isso porque, quando Arthur ganha aquele porquinho órfão, ele acha que ele é só mais leitãozinho que pode virar uma refeição. Conforme a história vai passando, descobre-se que o porquinho tem grandes talentos especiais.

    Na nossa vida, quantas vezes deixamos passar alguma coisa que parece ser algo sem importância? Contudo, se dermos mais atenção a essa coisa, podemos perceber que é algo muito maior do que imaginamos.

    Saiba mais…

    Sendo assim, esse é “ouro” escondido, que muitas das vezes pode ser uma amizade, por exemplo. Pois, essa amizade pode trazer tantas coisas boas para as nossas vidas. Assim como foi no filme, o porquinho Babe trouxe tanto companheirismo e alegria para quem vivia na fazenda, além de uma grande aventura para todos.

    O outro lado da história é que o porquinho acreditou no seu sonho e apostou nas amizades daqueles que acreditavam nele. Então, a lição que tiramos da obra é que precisamos acreditar em nós mesmos, embora tenhamos tantos obstáculos para conquistar esse sonho.

    Babe é um tipo de caráter que devemos ter

    O leitãozinho tem características que deveríamos ter em nossas atitudes, como:

    • sensibilidade;
    • companheirismo;
    • lealdade;
    • bondade.

    Por fim, o filme como um todo apresenta conceitos bastante importantes. Por exemplo, a persistência, que para a psicologia, é capacidade de agir de forma constante para ter um objetivo.

    Muitas pessoas acreditam que para ter sucesso é uma questão de talento. Por mais que isso seja importante, a persistência tem um papel fundamental. Então, para ter isso é necessário fazer um exercício diário. E essa mensagem é passada de forma criativa no filme, o que o torna interessante para todas as pessoas.

    Considerações finais sobre Babe O Porquinho Atrapalhado

    Para saber mais como fazer uma análise psicológica de filmes, é necessário apostar em uma ferramenta que tenha uma boa base sólida. Afinal, esse estudo exige um amplo conhecimento.

    Por isso, conheça o nosso curso de nosso curso de Psicanálise Clínica 100% online. Você terá acesso a um ótimo material e com os melhores professores do mercado para te ajudar nessa jornada. Então, se você curtiu o nosso post sobre Babe O Porquinho Atrapalhado, continue antenado(a) no nosso blog para mais conteúdos como esse.

    2 thoughts on “Babe O Porquinho Atrapalhado (1995): análise psicológica

    1. Muito bom post! É interessante que apesar de ser “atrapalhado” tinha atitudes honradas: uma pessoa que é sensível, leal, companheira e bondosa. E uma pessoa que todos querem ter por perto. Parabéns!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.