Caio Prado Júnior

Caio Prado Júnior: biografia, livros e ideias

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

Você já conhece o trabalho de Caio Prado Júnior? Pois, se não conhece, saiba que se trata de um importantíssimo  historiador, geógrafo, escritor, filósofo, político e editor brasileiro. Sua atuação enquanto profissional foi muito ampla e as contribuições para o Brasil, imensas. Tendo isso em mente, escrevemos este artigo para que você fique por dentro das ideias do autor e saiba por onde começar a ler seu trabalho. Confira!

Quem foi Caio Prado Júnior?

Como já dissemos, a atuação profissional de Caio Prado Júnior foi muito ampla. Contudo, antes de falarmos sobre ela, vamos explorar um pouco o início de sua vida. Para quem já conhece o autor, é fácil identificá-lo como alguém que era marxista, pois seu trabalho se voltou para uma discussão mais aproximada dessa filosofia no que diz respeito à sociedade colonial brasileira.

Nascimento

Contudo, o que talvez você não saiba é que Caio Prado Júnior, na verdade, era um membro da elite. Ele nasceu em uma família de políticos e da sociedade nobre paulista. Ademais, vários de seus parentes exerceram algum papel de destaque na vida político-econômica de São Paulo. Nesse contexto, já é de se imaginar que Caio teve a oportunidade de estudar em escolas de prestígio. Assim, seu conhecimento não veio à toa. Ele teve a oportunidade de aprender.

Formação

O que acabamos de dizer se comprova na medida em que o protagonista deste post teve a oportunidade de se formar em Direito pela Faculdade do Largo de São Francisco em 1928. Para quem não sabe, essa é a faculdade que viria a fazer parte da Universidade de São Paulo.

Lá, Caio Prado Júnior se tornaria livre-docente de Economia Política também. Ou seja, sua atuação em instituições de prestígio foi fato desde sua formação até sua vida profissional.

Orientação política

Depois de se formar, Caio investiu muito na área da militância política. Neste processo, acabou se aproximando bastante do marxismo e, consequentemente, filiou-se ao Partido Comunista Brasileiro.Durante este período, ele se caso, teve filhos e também escreveu muitos livros. Além disso, ajudou a implantar o que hoje conhecemos como a Universidade de São Paulo.

Além disso, o acadêmico se dedicou a criar várias outras fundações importantes para a academia brasileira. Um exemplo é a Associação dos Geógrafos Brasileiros.

Trabalho como político

Como já deve ter ficado claro, a orientação política de Caio Prado Júnior foi muito decisiva para o que ele viria fazer enquanto profissional. Além disso, não podemos desconsiderar o fato de que sua família tinha mais do que um pé na política brasileira. Sabemos que não é preciso mais do que isso para fazer parte do cenário político brasileiro até hoje.

Contudo, muito diferentemente do que vemos com frequência nos jornais, a atuação política de Caio foi muito positiva. Quem é pesquisador deve saber que ele foi um dos responsáveis por incluir na Constituição o artigo 132. Lá está escrito que  “O amparo à pesquisa científica será propiciado pelo Estado por intermédio de uma fundação organizada em moldes a serem estabelecidos por lei.”

Assim, se hoje pesquisadores são financiados pelo Estado, Caio Prado Júnior tem um dedo nisso. Ademais, ele também foi responsável indiretamente pelo nascimento da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). Se o Estado deve ser responsável pela pesquisa, nada mais óbvio do que ter um órgão público que regulamente e distribua a verba.

Leia Também:  Isso também passa: diga nos piores e melhores momentos

Prisão e perseguição

Apesar da importância de seu trabalho, Caio Prado Júnior foi perseguido pelo Regime Militar. Assim como muitos professores de instituições públicas, foi acusado de ter um discurso subversivo e foi preso. De acordo com sua condenação, o acadêmico deveria passar 6 anos na prisão. Contudo, foi liberado após 525 dias de reclusão. Ele saiu da cadeia já com 64 anos e muita história de vida para contar.

Morte

Apesar de todo esse transtorno no começo de sua velhice, Caio Prado Júnior viveu até os 83 anos. Seu legado é muito poderoso e até hoje muita gente se beneficia de suas conquistas. Se a pesquisa brasileira ainda recebe algum incentivo do governo, é porque alguém insistiu para garantir o direito dos pesquisadores na Constituição. 

Se você não conhece o trabalho de Caio Prado Júnior, deve mudar isso já

Agora que você já sabe mais sobre a atuação de Caio Prado Júnior no Brasil, chegou a hora de apresentar trabalhos que se destacaram. Mais abaixo, indicamos 3 obras para que você leia se quiser ter um panorama geral sobre o pensamento do autor. A partir da conexão que estabelecer com a sinopse de cada livro, escolha por onde vai começar a ler sua obra. 

Comece pelas seguintes obras

Formação do Brasil Contemporâneo

Para ler este livro, é importante ter em mente que o nosso protagonista é conhecido por ser um grande historiador. Como já dissemos, sua orientação política se concentra nos princípios marxistas. De modo geral, o livro fala sobre os três séculos do Brasil colônia. Assim, discute-se a formação do Brasil a partir de uma perspectiva marxista.

Evolução Política do Brasil

Na esteira da reflexão proposta no livro acima, Caio escreve Evolução Política do Brasil. Em linhas gerais, nas palavras do próprio autor, trata-se de “um ensaio sobre a história do Brasil que em nenhum momento se propõe a total”. Mais uma vez, considerando sua orientação marxista, essa reflexão pensa a história brasileira através:

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

  • da ótica da dialética,
  • das lutas de classe,
  • e do materialismo histórico.

A revolução brasileira

Com esta obra, muitos dizem que Caio Prado Júnior coroou seu trabalho. Assim tudo o que ele já vinha escrevendo a fim de analisar a história do Brasil a partir da ótica marxista culmina na elaboração da tese que nasce nesse livro. De acordo com o autor, mesmo no Brasil colonial, a nação foi capitalista desde o princípio da conquista portuguesa do território. Nosso funcionamento dentro deste sistema explica muito sobre como somos até hoje.

Como usar os pensamentos de Caio Prado Júnior para entender o Brasil

Ainda que você não siga ou seja averso ao pensamento marxista, não deixe de dar uma chance de ouvir aquele que pensa diferente de você.

Veja que Caio Prado Júnior foi criticado tanto por pessoas de direita quando da própria esquerda que fazia parte. Contudo, as críticas que recebeu não minimizam seu trabalho ou a importância de sua atuação enquanto historiador e político. Nessa conjuntura, é melhor ler para discordar do que permanecer na ignorância.

Caio Prado Júnior e a Psicanálise: como associar?

Tendo em vista a orientação política de Prado Júnior, é interessante analisar como ele definia termos como opressão e luta de classes. Ainda que não possamos afirmar que a Psicanálise enquanto pensada por Freud era marxista, é possível estabelecer vínculos profundos entre as duas áreas. Para Eduardo Grüner, sociólogo argentino, as duas teorias “são estritamente complementares, portanto, em sua profunda crítica da ideologia burguesa”.

Leia Também:  Desamparo aprendido: significado e dicas

Considerações finais sobre o trabalho de Caio Prado Júnior

Tendo em vista tudo o que você aprendeu sobre Caio Prado Júnior, esperamos ter despertado no mínimo o interesse de ler o que o autor escreveu ao longo da vida. Apesar de qualquer divergência, a obra de Caio é importante para o psicanalista e para qualquer leigo interessado em Psicanálise, política e história. É importante conhecer antes de criticar. Assim, também não deixe de fazer nosso curso de Psicanálise Clínica 100% online para aprender mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 2 =