catarse

Significado de catarse em Psicanálise

Posted on Posted in Psicanálise, Teoria Psicanalítica

Compreender o verdadeiro processo de libertação pode ser algo revolucionário para a percepção de qualquer pessoa. Essa é a verdade da catarse, significado máximo da libertação. Vamos entender melhor a sua essência e de que modo ela nos transforma.

O que é catarse?

Catarse, em pura essência, significa limpeza, libertação ou purificação da mente humana. A princípio, o termo parece bastante complexo de se alcançar um ponto em comum de entendimento. Todavia, o mesmo não se limita a apenas uma imagem, o que é bom, já que se alcança flexibilidade existencial.

Esse tipo de conquista surge quando nós conseguimos nos libertar de uma grande amarra em nossa vida. No momento em que superamos um trauma, nós vivenciamos uma libertação psíquica. Tudo aquilo que servia de bloqueio à sua vida foi dissolvido e deu lugar a algo novo.

Por meio de terapias como regressão ou mesmo hipnose é possível voltar no tempo e rever os traumas. As memórias que causaram o trauma podem ser vistas com todo cuidado e paciência. Uma boa consequência disso é que temos o alcance de diversas emoções que possibilitam o caminho para a cura.

Catarse dentro da Psicanálise

A catarse em Psicanálise era defendida por meio dos caminhos emocionais de uma pessoa no tratamento. Ela era vista como um caminho de cura emocional por meio da Psicanálise. Isso acabou por se integrar aos estudos relacionados com a hipnose, algo já trabalhado por Joseph Breuer.

Fica claro que a catarse significa a cura do paciente dos males psíquicos e comportamentais. Tudo isso é alcançado através da expressão verbal das experiências que causaram o trauma e foram recalcadas. Mais do que nunca, a palavra assume o papel de chave para a libertação interna.

A Catarse para Freud

Freud foi a pessoa que passou a unificar a ideia de catarse na Psicologia, sendo quem introduziu ela. Tudo isso aconteceu quando ele passou a observar os estados catárticos induzidos pelos processo de hipnose. Os pacientes que estavam buscando a cura dos traumas e medos colaboraram direta e massivamente nessa pesquisa.

Foi graças a isso que fundou a Psicanálise, ramo alternado da Psicologia. Mas o diferencial dela é que a exploração da mente humana se daria através do diálogo. A livre associação de ideias abre o campo da percepção oculta da mente humana na busca por respostas conscientes.

Voltando à hipnose, Freud deixou bem claro que ela não é recurso obrigatório para se atingir a catarse. Com isso, o evento poderia surgir dentro da conversa entre psicanalista e o paciente. Apenas isso poderia ajudar no alívio de perturbações mentais iniciadas por emoções e sensações que foram reprimidas.

Catarse na Psicologia

A catarse em Psicologia se trata do caminho pelo qual limpamos as emoções negativas que carregamos. Falando em linguagem mais simples, seria como abrir as janelas de um cômodo antigo. Por meio disso você consegue fazer a sua tristeza e raiva fluírem para ambientes mais saudáveis de processamento.

Antes de Freud, Aristóteles se conectava com a palavra para designar o propósito trágico nas artes performáticas. Em outras palavras, é a abertura que usamos para limpar nossas emoções, mente e espírito.

Com isso, acabamos por ganhar:

Identificação

As peças teatrais acima citadas servem para fazer um paralelo direto com a nossas vidas. Mesmo sendo, em parte, alegóricas, poderíamos fazer a identificação de tudo aquilo que precisamos reconsiderar. Assim refletimos, sentimos e revisitamos nossos conflitos até liberá-los.

Leia Também:  O cavalo marinho na mitologia grega

Desbloqueio

Tenha em mente que os conflitos que vivencia agora são frutos de um bloqueio emocional. É como se todas as experiências que tem abalaram se acumulassem e formassem um muro de contenção interior. Por meio do processo catártico é possível desfazer essa barreira e permitir que suas frustrações vão para um novo lugar.

A libertação na literatura

Dentro da literatura, o processo criativo é visto como a extrema libertação do seu autor. Uma história somente se constrói quando o seu construtor se permite ir além do que é visto por ele. Nisso, ele precisa lidar, inclusive, com tudo aquilo que não quer ver em si mesmo.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

A catarse na literatura se mostra como a arte de moldar e fazer o uso das palavras. Por meio disso que é possível retirar de si a sensação purgante da própria alma. Em consequência a purificação seria condensada, irrigando o indivíduo de dentro para fora.

Um dos maiores exemplos de quando isso acontece é quando lemos algum texto literário que nos emociona bastante. Aqui percebemos o quanto que o processo catártico é capaz de nos tocar internamente.

A catarse nas artes

A Psicanálise também observa com a catarse se manifesta em outro canal bastante popular, a arte. Por meio dela que se consegue a renovação do espírito e a purificação da existência junto à criação pessoal. Essa limpeza responderia por uma série de produções artísticas nos mais variados formatos.

Isso também pode acontecer passivamente quando nos conectamos com alguma obra artística. Por exemplo, tente olhar para uma pintura, presenciar o cinema, apreciar música, a dança, o teatro., entre outras manifestações artísticas Qualquer manifestação que atraia a criatividade de produção humana.

Ao fim, concluímos que a visão da Psicanálise aponta que a catarse faz a liberação da tensão emocional de alguém. Por causa disso que também proporciona emoções vigorosas indo além do simples alívio.

Resultados da catarse

Mesmo que pareça uma meta utópica a ser vista, a catarse é perfeitamente acessível a quem se dispõe a procurá-la. Cada um a descreve de modo pessoal, com base naquilo que precisavam encarar em si mesmos. Entretanto, de um modo geral, é possível alcançar:

Superação dos medos

Este é um dos maiores pilares a serem entregues pelo movimento catártico. Para que consiga a prosperidade que deseja você precisa se desprender de tudo aquilo que te limita. Especialmente os seus medos, sendo eles as peças que te impedem de ir mais longe.

Trabalho com os traumas

Assim como os medos, as feridas guardadas em seu inconsciente também são trazidas à tona. O propósito é que, com ajuda, você possa revê-las, compreendê-las, e só então trabalhar com elas. Inconscientemente, episódios do seu passado interferem no seu presente, mas isso pode ser arranjado.

Revitalização emotiva

Os seus sentimentos bem estruturados são outras das conquistas alcançadas através dessa libertação. Isso porque você saberá como reconhecê-los, alcançando suas origens e observando suas ramificações. Não é apenas o controle, mas também a harmonização e condução desses pilares fundamentais à sua vida.

Considerações finais sobre catarse

A catarse pode ser associada a uma explosão interna direcionada a tudo o que te impede de crescer. Por meio dela, você pode dar um passo á frente, enxergando tudo aquilo que era oculto para a sua vista comum. A cegueira existencial impede de que veja os elementos mais básicos, mas ainda fundamentais de sua vida.

Leia Também:  Gerenciamento de tempo ruim: 5 dicas

Não existe uma receita pronta de como você pode tocar na materialização dessa proposta. Tudo dependerá do que busca e de quais caminhos está disposto a atravessar.

Mas uma das rotas mais procuradas para alcançar a catarse é o nosso curso online de Psicanálise. As aulas propõem a abertura necessária para que lide com suas pendências internas e dificuldades por meio do autoconhecimento. Com isso, além de resolver o que lhe faltava, poderá tocar em seu potencial e nas possibilidades sobre ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − nove =