como não ter preguiça de estudar

Como não ter preguiça: 10 dicas da psicologia

Posted on Posted in Comportamento

Para psicologia, a preguiça possui causas e significados diferentes, desde a falta de disposição crônica para realização das tarefas, um sintoma de um transtorno mental, aversão a disciplina e rotina, insatisfação com a vida, dentre outros. Nesse sentido, traremos 15 dias da psicologia de como não ter preguiça.

Todos já tivemos dificuldades de lidar com a preguiça, saiba que até a pessoa mais ativa do mundo tem seus momentos de preguiça, ou seja, este é um sentimento inato à condição humana. Mas o problema começa quando a preguiça é frequente e acaba atrapalhando nossas vidas, impedimento a realização de planos. Se você está nessa situação, leia este artigo até o final, pois com certeza lhe ajudará como não ter preguiça.

Causas da preguiça

O primeiro passo para saber como não ter preguiça é reconhecer quais são as suas próprias amarras. Geralmente as pessoas sabem as causas de sua indisposição, porém estão com dificuldades de encará-las e se esforçarem para mudar.

Geralmente a preguiça não está relacionada a má vontade da pessoa, pode acontecer de alguns não conseguirem lidar com planejamento, disciplina e organização. E isso em razão de suas experiências, personalidade ou, até mesmo, por traumas sofridos na infância.

Além disso, a preguiça também pode ser um dos sintomas de algum transtorno psicológico, que a tornou crônica. Como, por exemplo, a depressão, que tem como principais sintomas a fadiga e o desinteresse, que levam a pessoa a não cumprir com seus compromissos. Fato este que, para quem não tem conhecimento, pode ser encarado como preguiça.

Nesse sentido, reflita sobre sua realidade de vida e o que está o levando fazer da preguiça parte de seu cotidiano. Entenda também quais as consequências para sua vida profissional, pessoal, relacionamentos interpessoais, bem-estar, dentre outros. O processo de autoconhecimento é fundamental, principalmente quando sentimos a necessidade de precisamos colocar nossas vidas nos eixos.

10 dicas da psicologia de como não ter preguiça

1. Tenha objetivos claros e definidos

Com objetivos confusos, como se você não tivesse um alvo a atingir, possivelmente lhe trará frustrações, pela dificuldade de realização. Ainda, ter somente objetivos longos pode nos assustar e, assim, nos paralisar, como se as coisas não estivessem saindo do lugar.

Desse modo, importante que tenha uma lista de objetivos que você possam gerenciar. Ou seja, tenha objetivos específicos e realistas, estipulando prazos para concretização, com pequenas metas a serem atingidas até se chegar ao objetivo final.

2. Faça a atividade tediosa ser divertida

Muitas tarefas rotineiras são maçantes, que acabam nos causando uma imensa preguiça em executá-las, como, por exemplo, as tarefas domésticas. Então, uma das formas de como não ter preguiça, é tornar suas atividades, aparentemente chatas, em divertidas.

Saiba que todas as pessoas fazem tarefas tediosas, mas a conclusão satisfatória vai depender da maneira como você as realiza. Desse modo, busque como contornar os hábitos procrastinadores e faça da atividade algo prazeroso. Como, por exemplo, você pode ouvir músicas enquanto as executa, ou também pode incluir intervalos em sua execução, para fazer algo aleatório, como assistir pequenos vídeos.

Como não ter preguiça esquema

3. Lembre-se de suas conquistas

Pode ser que no meio de suas ações para atingir um objetivo sua mente o faz pensar que não teve nenhum resultado, que nada de bom foi alcançado. Pensamentos estes que podem ser desmotivadores para conquistar seus planos.

Ficar preso às situações passadas é prejudicial à saúde, mas podemos, sim, nos lembrar de bons momentos e de todas as conquistas que já realizamos. Relembrar vitórias e até mesmo elogios, é um ótimo exercício motivacional para como não ter preguiça para seguir com seus planos.

4. Crie uma agenda

Geralmente as pessoas fazem uma listinha das atividades que precisam fazer durante o dia ou semana, porém, não estipula um prazo a ser cumprido. Para sermos mais eficazes e não deixar que a procrastinaçãoentre em ação, você deve ter uma agenda de suas atividades, com dia e horário para serem cumpridas.

Leia Também:  Sonhar com onda gigante: 8 significados

Isso lhe trará poucas chances de desistência dos compromissos, uma técnica bastante eficaz quando falamos de como não ter preguiça para realização de nossas atividades.

5. Planejamento do dia

Tenha em mente tudo o que terá que fazer naquele dia, organize todas as tarefas, de modo que todos caibam exatamente nas horas úteis do seu dia. Saber que está no controle daquele dia, ainda que seja uma sensação, diminuirá seus níveis de estresses e fará com que cumpra eficazmente as atividades que se propôs a fazer naquele dia.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    6. Saiba dizer “Não”

    E estamos falando de dizer não a si mesmo, se você é uma pessoa que absorve todas as atividades, de uma forma que, no fundo, sabe que não terá tempo suficiente para cumprir, é hora de repensar e começar a dizer não.

    É necessário que aprenda a aceitar menos compromissos, diminuir a sua lista de tarefas, de tal forma que consiga as cumprir no prazo e, melhor ainda, com qualidade. Lembre-se que você não deve somente trabalhar e esquecer da importância dos momentos de lazer. Para lhe ajudar com isso, pergunte a si mesmo:

    • “Quais dessas atividades são realmente importantes e necessárias?”;
    • “Qual dessas tarefas farão a minha vida melhor?”;
    • “Essa atividade está contribuindo para atingir meus objetivos?”.

    7. Comece o dia corretamente

    Não comece o dia apertando o soneca do alarme, levanta-se da cama exatamente no momento que programou para seu dia iniciar. Isso lhe dará mais energia e lhe ajudará a como não ter preguiça.

    Além disso, importante também que você tenha descansado, pois se não dormir o suficiente, as chances de sentir preguiça e ficar desmotivado serão imensamente maiores.

    8. Não espere que tudo seja perfeito

    O perfeccionismo é um dos maiores vilões para produtividade. Pois se sempre esperarmos que nossas atividades saiam perfeitas, antes mesmo de começarem, a pressão para ser cometida sem “erros” se torna maior. Afetando significativamente no resultado, pois um cenário sem erros ou imprevistos é irreal.

    Então, esteja aberta aos imprevistos e dificuldades da vida, em qualquer tipo de atividade, e se permita errar, reinventar, modificar, e isso quantas vezes forem necessárias para atingir seu objetivo.

    9. Elimine as distrações

    Ter um ambiente de trabalho livre de distrações aprimorará sua concentração naquilo que precisa ser executado. Por exemplo, uma mesa de trabalho não pode conter objetivos que possamos tirar seu foco.

    E isso incluir evitar ficar olhando o tempo todo para o celular, sem qualquer necessidade, quando deveria, de fato, estar com sua dedicação exclusiva à atividade que está executando.

    10. Procrastine menos

    Assuma que o que você está fazendo é, na verdade, procrastinação. Isso pode acontecer não somente quando você está com preguiça e não faz nada, mas também quando preenche o seu dia com atividades aleatórias, sem importância, de modo que não seja possível realizar o que realmente importa.

    Então, lembre-se sempre de ter um planejamento de suas tarefas e, de fato, cumpri-lo, ao tempo que determinou. Isso lhe manterá mais focado.

    Como não ter preguiça Freud

    Contudo, a chave de como não ter preguiça é pensar na satisfação de ter seus objetivos concretizados, a sensação de dever cumprido é extremamente satisfatória. Então, para lhe ajudar nesta missão, siga estas dicas, para que seus dias se tornem mais agradáveis e menos exaustivos.

    Por fim, se você quer aprender mais sobre autoconhecimento, convidamos você a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica. Dentre os benefícios do estudo está Aprimorar o Autoconhecimento, pois a experiência da psicanálise é capaz de proporcionar ao aluno e ao paciente/cliente visões sobre si mesmo que seria praticamente impossível obter sozinho. 

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.