conceitos da Psicanálise

Conceitos da Psicanálise: Conheça os 8 principais

Posted on Posted in Psicanálise, Teoria Psicanalítica

Quando se fala em Psicanálise, existem trabalhos aos quais não podemos deixar de mencionar para dar valor. A psicoterapia carrega pilares únicos, que a distingue de outros métodos que caminham na mesma plataforma. Vamos conhecer oito conceitos da Psicanálise e entender as mecânicas básicas dela.

Transferência

Durante a análise em consultório, a proposta é que o analisado faça livres associações. A ideia é que, ao dizer tudo o que venha à cabeça, este consiga derrubar qualquer barreira, como timidez. Assim, o desenvolvimento dos seus traumas ficará mais aberto e compreensível ao analista e a ele mesmo.

Na transferência, o analisado acaba enviando suas relações anteriores ao psicoterapeuta. Nesse caminho, este último pode ser visto como pai ou mãe, bem como qualquer um importante na vida do paciente.

Inconsciente

Antes mesmo de Freud trabalhar com essa ideia, o conceito de inconsciente já havia sido formado anteriormente. Um dos principais conceitos da Psicanálise trabalha tudo aquilo ao qual não temos acesso consciente. Segundo Freud, se trata de um lugar onde colocamos tudo aquilo ao qual não temos mais acesso.

Assim, alocamos nele as memórias esquecidas, o que não sabemos sobre nossa natureza e o que ficou para trás. Contudo, mesmo não tendo acesso, isso não fica descartado. O inconsciente dá sinais constantes de que continua a trabalhar e a existir em nós. Por exemplo, sonhamos todas as noites imagens que não criamos de modo consciente.

Sem contar que está ligado diretamente ao conceito de:

Ego

O Ego advém do momento em que o ser humano passa a interagir com o ambiente, moldando o Id. Com isso, ajuda a nossa psique a ficar equilibrada, regulando nossos impulsos enquanto também tenta realizá-los sem imediatismo. É por meio dele que continuamos sãos e com a personalidade íntegra.

Superego

Surgindo a partir do Ego, o Superego funciona como a nossa idealização da moral. É por meio dele que ponderamos se determinada escolha é aceita socialmente, atribuindo valores a ela. Ele surge a partir do momento em que começamos a interagir socialmente com mais frequência.

Id

O Id é a parte onde nossas vontades, desejos e impulsos primitivos estão guardados. O mesmo é construído com base em nossos desejos orgânicos voltados ao prazer e instintos natos. Basicamente, nasce conosco, sendo peça inerente à composição de cada um. É a partir dele que surgem o Ego e Superego.

Compromisso

A formação de compromisso significa que há uma dualidade em nossa mente em querer algo e querer outro simultaneamente. O mesmo é formado por tudo aquilo que reúne nossas formações, como sintomas, sonhos e atos falhos. Assim, até um simples pesadelo se mostra como uma realização inconsciente de um desejo.

O compromisso defende que, mesmo que não queiramos alguma coisa, acabamos nos realizando nela. Por exemplo, o ato falho de esquecer um compromisso é uma forma de erro à consciência. Contudo, pode ser visto como um ato de sucesso pelo inconsciente. Basicamente, o indivíduo não queria ir e por isso se esqueceu do compromisso.

Desejo

Um dos conceitos da psicanálise remonta a dualidade de nossos impulsos, os fazendo claro ou não. É o desejo, sendo este criado de forma inconsciente em se fazer uma pretensão. Isso porque quando desejamos, nós queremos, almejamos algum objeto ou determinado bem a fim de satisfazer nossa vontade.

Entretanto, também existem aqueles desejos obscuros, pertencentes a nossa outra parte. Não se trata de maldade ou de qualquer tipo de negatividade. O termo “obscuro” se aplica porque não entendemos eles por completo ou simplesmente não queremos saber. Ainda assim, se manifestam nos sonhos, falhas, chistes ou nos sintomas.

Leia Também:  O que é ontologia? Significado e exemplos

Complexo de Édipo

Um dos conceitos da Psicanálise trata a respeito da identificação dos filhos com um dos pais, nesse caso, a mãe. A construção social nos motiva a criar pilares internos como forma de se desenvolver. No complexo de Édipo:

O menino se liga com a mãe

Segundo Freud, o menino passa a nutrir desejos sexuais em relação à figura de sua mãe. Com isso, o mesmo passa a se aproximar dela, a fim de desfrutar do desejo que alimenta. Gradualmente, este se desenvolve em direção a ela.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Rivalidade com o pai

Ao mesmo tempo em que se liga com a mãe, inicia uma certa batalha com o pai. Como este tem a atenção da mulher que a criança almeja, o menino passa a enxergá-lo como rival. Entretanto, isso passa à medida em que a criança cresce.

Estruturas da psique

De acordo com as relações construídas do Édipo, a criança tem a estrutura de sua personalidade formada. Nisso, podem surgir a neurose, perversão ou psicose, indicando que teremos uma das três. Basicamente, a normalidade se mostra em não apresentar sintomas graves de um desses pilares.

Pulsão por morte

Freud indicava aqui que a psique humana buscava incessantemente o prazer ao mesmo tempo em que buscava o desprazer. Por exemplo, imagine a criança que pensa na figura de sua mãe que não está presente. Ele busca reviver tudo de bom que viveu com ela. Contudo, a saudade o machuca e causa sofrimento, configurando como desprazer.

Sexualidade infantil

Um dos conceitos da Psicanálise mais discutidos entre as pessoas é a sexualidade infantil justamente por ser chocante. Freud defendia que a sexualidade começava bem antes do período da puberdade, logo na primeira infância do indivíduo. Mas a proposta é que se enxergue ela de forma mais ampla e não apenas resumida ao ato sexual.

A Psicanálise defende que o prazer no próprio corpo começa por meio de vivências logo na infância. Desde pequenos deduzimos que as zonas erógenas podem nos proporcionar prazer se tocadas. Gradualmente, desenvolvemos fixação nessas partes, como a boca ou o ânus. O vício poderia indicar que existe alguma psicopatia, como neurose ou perversão.

Comentários finais sobre os conceitos da Psicanálise

Alguns dos principais conceitos da Psicanálise estruturam um vasto campo de estudo da mente humana. Por meio deles, conseguimos estabelecer a relação entre reação e comportamento, entendendo melhor a natureza humana. Isso é um passo importante para identificarmos patologias ou qualquer comportamento que nos prejudique.

Desse modo, cabe um olhar mais aprofundado a fim de captar cada ideia de forma mais plena. Mesmo que algumas propostas pareçam complicadas, deixe passar um tempo após a leitura. Certamente encontrará a diretriz de cada uma delas.

Para te ajudar nessa caminhada rumo ao conhecimento de mais conceitos da Psicanálise, se inscreva em nosso curso de Psicanálise Clínica online. As nossas aulas online proporcionarão a abertura adequada para que entenda a mente humana de forma mais completa. Sem contar também que alimentará o seu autoconhecimento, ajudando em seu crescimento. Matricule-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dezesseis =