Convencido: 3 desvantagens de pessoas convencidas

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Naturalmente, procuramos nos orgulhar de cada característica positiva que possuímos. Entretanto, muitas pessoas acabam se excedendo nos comentários e mostram uma postura arrogante em relação a si. Veja o real sentido da palavra convencido, bem como as desvantagens que este possui.

O que é o convencido?

Um indivíduo convencido é aquele cujo a segurança pessoal é extremamente alta se comparado aos demais. Dessa forma, ele se mostra estável em relação a tudo o que faz ou pensa, pouco hesitando na hora de agir. Ademais, isso fica evidente nas suas atitudes, já que este toma um postura mais proeminente quando comparamos com os outros.

Entretanto, o convencido não é tão bem recebido quanto a sua própria estima o induz a pensar. Isso porque, caso se descontrole, passa a ser visto como uma pessoa arrogante. Isso aos poucos pode impossibilitar o seu relacionamento com outras pessoas. Dessa forma, é preciso se atentar a não cometer qualquer tipo de excesso.

Contudo, a confiança bem trabalhada permite o impulso para a realização de vários projetos. De tão bem e à vontade que está, pode encontrar o conforto para ousar e ir além sempre que possível. Quando olhamos ao grupo que conseguiu realizar mais feitos em suas vidas, percebemos, não raro, que há convencidos ali.

Por que age assim?

O convencido age dessa forma porque tem uma autoestima exacerbada em relação a si. Ele tem plena consciência de suas capacidades, mas escolhe vê-las de forma potencializada. Claro que o mesmo possui atributos bem evidentes, assim como qualquer outro. Entretanto, a forma que os percebe se mostra impositiva e quase que autoritária.

Comumente, costuma se autopromover em situações de demanda coletiva, a fim de que os outros saibam que ele consegue fazer. A ideia aqui é massagear o próprio ego e se mostrar uma autoridade quando se fala em solução. Ele quer ser visto porque quer o respeito dos demais ao diminuí-los de forma direta ou não.

Ainda assim, cabe ressaltar que isso não é um sinal claro de inteligência ou algo parecido. Claro, muitos de fato tem um intelecto avantajado, mas isso não é regra. Ademais, cabe frisar que o contato social acaba se tornando um ponto fraco com o passar do tempo. Enquanto se vangloria de algo, acaba diminuindo os demais em favor de si.

Características

O convencido possui pegadas muito visíveis em sua personalidade e mentalidade quando observado. Funciona quase que uma impressão digital comportamental onde este deixa sempre os mesmos rastros quando fala ou age. Ainda que a lista abaixo seja comum à primeira vista, é possível olhar a esse indivíduo por meio dela. Começamos com:

Autoestima elevada

Mais que as outras pessoas, os convencidos têm uma autoestima quase que viva em suas vidas. Raramente estão tristes ou depressivos porque o seu ego é fortalecido sempre e trabalha constantemente. Para aqueles que precisam se envolver em projetos difíceis, acaba tendo um apoio contínuo em si mesmo.

Segurança no que faz

Continuando, mesmo que esteja diante de uma tarefa trabalhosa, o mesmo estará mais seguro que os outros. Este se vale de sua consciência quanto à sua capacidade e conclui que pode dar conta de algo sem problemas. Alguns chegam ao ponto de frisar isso quando tal problema é mencionado.

Ele quer que alguém saiba do que ele fez

Podemos notar um vício comportamental nesse indivíduo quando se coloca em jogo algumas questões. De forma desinibida, não tem problema algum em deixar claro que ele é capaz. Isso vem através de frases como “Graças a mim”, “Agradeça-me” ou “Se não fosse por minha causa…”. Independente de quem seja, ele precisa ser reconhecido.

3 Desvantagens

O conceito de convencido é visto de maneira negativa mais do que positiva em relação a qualquer coisa. Claro que algumas pessoas simulam esse comportamento, levando a situação em um tom jocoso sem ferir ninguém. Entretanto, nem todos possuem essa consciência e acabam afetando a forma como são vistos. Em geral, são localizados pela:

1. Arrogância

Mesmo quem conhece, com o tempo, acaba construindo uma ótica onde a arrogância predomina nos convencidos. Eles passam a ser vistos como pessoas de baixa estima social em favor de suas próprias conquistas. Com isso, acaba se gerando um estigma muito grande sobre essas pessoas.

Leia Também:  Psicanálise ou Psicologia: comparação entre cursos

2. Relacionamentos

Gradativamente, a sua relação com os demais acaba ficando estremecida socialmente. É muito difícil para alguns entrar em contato com alguém que tende a ser narcisista de maneira muito fácil. Em alguns casos, se torna uma competição para ver quem fez o quê, já que pode sufocar seus parceiros de trabalho.

3. Isolamento

Consequentemente, esse indivíduo passa a ser isolado pelos demais. Isso porque é difícil lidar com alguém que não consegue controlar a própria arrogância e causa mal-estar coletivo sem problemas. A fim de evitar isso, gradativamente ele é posto de lado, independente de onde esteja envolvido. Isso pode estremecer relações pessoais e profissionais.

A necessidade de mudança

Pode parecer complicado para alguns mudar a própria natureza, mas tal movimento é necessário quando afeta suas vidas. O convencido acredita que está se saindo bem imprimindo sua presença de forma contínua e inquisitiva. Contudo, como mencionado acima, tal ação não passa despercebida e é imediatamente reprovada pelos demais.

A solução se encontra numa reprogramação comportamental. Você continua a enxergar seus atributos, mas consegue conter os impulsos em exibi-los. Ao invés de se enaltecer em determinada situação, por exemplo, você passa a dividir as recompensas e reconhece esforços alheios. Isso permitirá um olhar mais atento a si próprio e aos outros.

Considerações finais sobre “ser convencido”

Para algumas pessoas, o mundo é um palco sem limites de apresentações. De forma infantilizada até, definimos o convencido: alguém que quer ser visto e apreciado. O mesmo tem em mente que cada local onde está só funciona por conta de sua intervenção. Porém, é preciso que este saiba que não é bem assim que funciona.

O conceito de trabalho em grupo deve ser melhor assimilado a fim de garantir a satisfação de todos. Mesmo que o maior crédito tenha sido seu, todos contribuíram e devem ser reconhecidos de forma igualitária. Acredite: um relacionamento saudável com os amigos vale mais do que mil troféus de bom comportamento ou excelência.



Curso de Psicanálise

A fim de mudar essa perspectiva em você, ingresse em nosso curso online de Psicanálise. Por meio dele, seus impulsos em se colocar à frente dos outros ficam melhores trabalhados Dessa forma, você pode entender as suas motivações pessoais para agir de forma sufocante e narcisista com quem ama.

Como o nosso curso é online, você tem um conforto maior para estudar quando e onde quiser. Seus horários de estudo se moldam em sua rotina, fazendo com que a mesma não se altere. Da mesma forma funciona a interação com nossos professores. Independente da hora, sempre poderá contar com o auxílio deles para te ajudar a explorar seu potencial.

Assim que tiver a sua lapidação educacional concluída, receberá em casa o nosso certificado. É através dele que mostrará a sua excelência acadêmica e como pode contribuir com os demais.

Evite guardar para si o que todos podem usufruir, inclusive você. Faça nosso curso de Psicanálise e descubra o prazer em encontrar soluções junto com os demais. Isso ajudará não só na sua habilidade para tratar um indivíduo convencido, mas te dará condições de avaliar seu comportamento caso você mesmo esteja apresentando este comportamento.

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 2 =