Como é possível resgatar a criança interior?

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Para que nos tornemos adultos completos, precisamos preservar a nossa essência infantil. Por meio dela, temos a base necessária para lidar com nossos desejos e experiências da maioridade, mantendo vivo nosso cerne. Na reflexão abaixo, descubra como resgatar a sua criança interior.

A avalanche emocional

Crescer, embora seja óbvio, não é uma tarefa fácil a qualquer pessoa, visto que significa bem mais que acumular riquezas. Crescimento significa maturar junto com o tempo e manter as experiências boas de cada fase da vida. A vivência, seja boa ou ruim, tem participação em equidade, apesar de focarmos na primeira.

Entretanto, nem todos conseguem amadurecer felizes e harmonicamente. O peso da vida adulta chega de forma avassaladora para muitos, o que causa frustração e fomentem conflitos pouco resolvidos. Por conta disso, nos evidenciamos como criaturas tristes e sem energia à vida e às pessoas. Em suma, nossa criança interior está sufocada.

Ainda que a vida adulta tenha seu peso inerente, este jamais deve sobrepujar a nossa vontade de sonhar. Mesmo quem amadurece, deve se permitir um olhar mais livre e puro sobre algumas questões da vida. Isso pode ser obtido quando se olha para dentro e se resgata a própria essência. É possível e preciso resgatar a criança interior dessa avalanche existencial.

A criança interior

Comumente, muitas pessoas não entendem o significado de criança interior por completo. Para alguns, é a ponte até a infância, onde vivíamos tempos de inocência cega, sem entender os males do mundo. Não é uma afirmação errada, mas diríamos que está incompleta. A criança interna é o nosso passe para sermos espontâneos, loucos e felizes.

Ainda que representem uma parte “inconsequente” de nós, a criança interna é quem nos puxa verdadeiramente ao centro. Por meio dela, temos acesso a cada valor que já prezamos e perdemos. Como dito e repetido acima, é a nossa essência, preservando tudo aquilo que um dia valorizamos.

Com a visão mais unilateral e realista da vida, quase todos nós escondemos nossas crianças interiores. Mesmo encobertas, são elas que nos permitem equilibrar a nossa parte emocional e a outra mais lúdica. É preciso navegar nas águas turvas às quais vivemos e estender a mão para essa pequena figura de grande poder.

Benefícios

Quando paramos a vida que conduzimos e escutamos nossa criança interior, permitimos ressignificar alguns pilares em nossa vida. Pode parecer pouco, mas a simples mudança de perspectiva é suficiente para otimizar cada esforço que empregamos. Assim que começar a ouvir sua voz interna, poderá:

Ter mais liberdade

A figura da criança representa alguém que não tem freios verbais, físicos e emocionais. A todo momento, suas ideias a levam a descobrir novas experiências, bem como a fazer novos planos. Comece a ouvir sua voz interna e se pergunte o que você quer no momento. As opiniões ou avaliações externas sobre como agir pouco afetarão você e seus planos.

Cultivar uma visão mais pura

A ideia aqui é valorizar cada aspecto simplista da vida que antes era ignorado. Com isso, você passa a dar mais importância à convivência, passeios e momentos íntimos que antes não tinham relevância. Quando se permite olhar à criança interna, não só você, mas todos que amam saem ganhando.

Permitir-se sonhar

Entendendo e ouvindo as suas próprias diretrizes, você encontra maneiras de sobrepujar as dificuldades atuais. Sejam elas físicas, mentais e ou emocionais. Dessa forma, você se sente mais preparado e capacitado a pensar no futuro. Tire da gaveta aquele projeto que nunca teve coragem de fazer e comece a pensar em si de verdade.

Não há substituição, apenas predominância

Por incrível que pareça, a figura do adulto que somos hoje não substituiu a da criança interior. Essa criança ainda habita em nós, ainda que viva reprimida e oculta quase sempre. Já que nossa vida não permite tudo o que esta representa, não pode tomar um lugar de proeminência. Entretanto, a mesma deve ser colocada em cima e ter liberdade para falar.

Se assim o fizer, saberá que não deve dar importância demais para algumas coisas. Por vezes, acabamos dando a um problema um poder maior do que este tem. Além disso, a criança interna pedirá para ser amada e cuidada, bem como receber sua atenção plena. É nesse ponto que entra a autoestima, peça fundamental de quem quer ver bem.

Ademais, a mesma pedirá que não se cobre tanto ou exija mais que o necessário de si. A ideia aqui é viver relaxado, se atentando às coisas básicas, diretas e boas da vida. Ainda somando, mostra que você deve experimentar, a fim de se encontrar e viver de acordo com o que gosta. Em síntese, pedirá que abrace sua natureza e seja livre.


Leia Também:  Conceito de Psicanálise

Curso de Formação em Psicanálise Clínica EAD


Como resgatá-la?

Como restabelecer o contato com esse outro, ainda que ele seja a nossa própria imagem? É preciso mergulhar em si e mudar a sua perspectiva quanto ao mundo em que vive e como reage a ele. Nisso, cremos que seja importante começarmos por:

Conecte-se ao mundo de forma genuína

Podemos notar que carregamos um impulso natural de supressão a qualquer estímulo externo maior. Nossa consciência adulta controla os impulsos naturais que nossa criança interior carrega. Com base nisso, se deixe maravilhar por tudo o que encontrar na sua frente. Seja a risada do seu bebê, cores, um banho, sabores…

Dê um novo sentido às experiências ruins

Caso os seus pais tenham errado com você, tenha em mente que eles também não tinham contatado suas crianças internas. Provavelmente, as mesmas se encontravam feridas e não tinham como conduzi-los corretamente na sua criação. Perdoe esses eventos ruins e siga em frente e bem consigo.

Ouça-se de verdade

Evite que sua mente racional bloqueie a percepção verdadeira dos seus sentimentos. Com isso, se permita ser mais criativo, mais feliz e positivo em relação a você e à vida. Como resultado direto, você se tornará alguém mais sadio física, mental e emocionalmente.

Considerações finais: entrando em contato com a criança interior

Quando entramos em contato com nossa criança interior, encontramos a nossa verdadeira essência. Muitos de nós deixam de sonhar e abnegam da própria liberdade por conta do que os demais acham. As convenções sociais exigem uma postura mais rígida, inibidora e bastante pesada. Entretanto, isso vai em oposto ao que realmente somos.



Passe a escutar o que a sua composição existencial tem a dizer sobre você. Por meio dela, você encontrará as respostas que procura para si. A liberdade necessária se encontra em sua própria consciência construída ainda na infância. Dê a voz a essa pequena figura e construa uma vida mais sadia, prazerosa e sossegada.

Para ajudar nessa busca, que tal começar em nosso curso online de Psicanálise Clínica? A ferramenta se mostra vital para aqueles que pretendem iniciar uma jornada na própria vida. Com a ajuda do material, você passa a ter mais autoconhecimento e entender os motivos por trás de seus comportamentos.

Com nossas aulas online, você pode estudar quando e onde achar mais conveniente. Para quem nutre uma rotina agitada, ter uma ferramenta que se adequa aos seus horários se mostra algo perfeito. E mesmo longe de uma sala de aula, você tem o apoio contínuo de nossos professores qualificados. A exploração do seu potencial é certa.

Entre em contato com a nossa equipe e garanta a chance de se conhecer internamente e encontrar sua criança interior. Faça nosso curso de Psicanálise!

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 8 =