Curso de Psicanálise: 5 melhores no Brasil e mundo

Posted on Posted in Curso de Psicanálise, Psicanálise

Inicialmente exercida apenas por médicos, a Psicanálise enfrentou um duro caminho até chegar a um patamar de acessibilidade. Contudo, ao longo do tempo, o curso de Psicanálise deixou que pertencer apenas a uma casta específica e passou a ser mais acessível à população. Nesse contexto, entenda mais sobre o assunto e confira alguns dos melhores cursos disponíveis do mercado.

Conceito

A Psicanálise é um método de terapia que visa buscar o significado oculto de nossas ações, palavras, sonhos e até delírios de um indivíduo. Assim, essa terapia tem o intuito de estudar impressões mentais que são subjetivas ao olho nu. Nesse contexto, ela faz uma abordagem mais profunda sobre o que está por trás do comportamento de alguém.

Basicamente, a Psicanálise é capaz de destrinchar a psique humana, entendendo seu funcionamento. Esse tipo de terapia é capaz de avaliar o subconsciente de alguém e entender as causas de distúrbios neuróticos. Assim, os desejos reprimidos e sonhos, por exemplo, são parte da rotina de terapia desenvolvida pelo psicanalista.

Berço

Fundada pelo médico Sigmund Freud, o termo “Psicanálise” passou por diversas mudanças na nomenclatura. Freud utilizou dos termos análise, análise psíquica, análise hipnótica e até análise psicológica no seu primeiro artigo de 1894, “As psiconeuroses de defesa”. Contudo, o objetivo do método era o mesmo. Assim, independente da identidade, a investigação, histórico e tratamento dos males que se originam no inconsciente permanece.

A psicanálise, na melhor das hipóteses, não se trata de ciência, mas, sim, de um ramo específico da medicina, criada e patenteada por Freud. Nesse contexto, enquanto trabalhava em um hospital, Freud teve contato com pacientes que portavam distúrbios mentais. O mesmo notou, através de conversas, que esses distúrbios se originavam por conta de desejos reprimidos empurrados para o inconsciente.

A Psicanálise trabalha para diminuir essa resistência e transferir esses desejos ao campo consciente. Nesse contexto, usando o método de associação livre, o paciente expõe seus desejos, sonhos e angústias. Assim, o psicanalista deve gerar um campo empático, a fim de não julgá-lo e deixá-lo mais à vontade com o tratamento.

Conceitos psicanalíticos

Para reforçar o peso de suas pesquisas no campo da Psicanálise, Freud destrinchou o assunto e o dividiu em conceitos. Embora seja um trabalho complexo, destaco aqui os que se mostram indispensáveis quando planejamos ingressar em um curso de Psicanálise:

Inconsciente

Na contramão de outros estudiosos, Freud classificou o Inconsciente como um lugar, e não apenas como adjetivo ou estado. Assim, paralelo à consciência, esse lugar se mantém funcionando independente da nossa vontade. De maneira simples, pense nos sonhos que temos. Sonhamos todas as noites e, embora os controlemos raramente, não somos nós em estado consciente que criamos os sonhos.

Ego

O Ego surge das trocas que uma pessoa tem com a realidade em que está inserida. Assim, ele é responsável pelo equilíbrio da psique, mantendo a sanidade da nossa personalidade. Basicamente, é a representação da nossa racionalidade.

Superego

Formado a partir do Ego, o Superego funciona como uma balança para as nossas atitudes. É uma espécie de “peneira moral”, alertando sobre o que é ou não aceito, baseando-se em nossas experiências de vida. Assim sendo, é nele onde assimilamos a ideia de ordem e proibição.

Id

O Id é um componente inerente a todos nós. É o berço de onde nossos desejos e vontades brotam, objetivando o prazer. Devido à sua natureza, sempre entra em conflito com o Ego e Superego, já que estes dois são responsáveis pelo senso de realidade e moralidade, ocasionalmente permitindo um impulso ou inibindo-o totalmente.

Quais os melhores cursos?

Agora familiarizado com alguns aspectos básicos da Psicanálise, é hora de encontrar um lugar para absorver ainda mais. Embora sejam a escolha óbvia, recomendo que desconfiem de cursos com baixa duração ou mensalidades atrativas. Nesse contexto, um curso de Psicanálise trata de um estudo complexo e leva, em média, até cinco anos para a sua conclusão.

Além disso, os cursos devem possuir o selo da IPA, Associação Internacional de Psicanálise, em tradução. Assim sendo, confira cinco cursos de alta qualidade disponíveis no mercado:

Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro

Embora possua um rigoroso critério para ingressar, a SBPRJ é reconhecida como uma das melhores instituições para o estudo e formação na Psicanálise. Este curso, voltado para médicos e psicólogos em específico, trabalha de forma dinâmica para formar um novo profissional nessa área da saúde.

Sociedade brasileira de Psicanálise de São Paulo

Sendo a primeira sociedade psicanalítica da América Latina, a SBPSP é bastante reconhecida pelo avanço da psicanálise na América Latina. A mesma serve de apoio para outras sociedades e passou a ser um berço de novas ideias, projetando vários de seus membros no cenário internacional desse ramo.

Leia Também:  História da Psicanálise: como surgiu a Teoria

Associação Brasileira de Filosofia e Psicanálise

A ABRAFP é uma renomada escola de Psicanálise. Sediada no estado de São Paulo, a associação promoves cursos e palestras, acolhendo graduados em Ciências Sociais e Humanas que buscam por um curso de Psicanálise para entender melhor o papel dela em nossa cultura.

Universidade de Essex

Localizada no Reino Unido, a universidade pública é um renomado centro de pesquisa universitário. Contendo 11 cursos voltados especificamente à Psicanálise, a Universidade é reconhecida internacionalmente pelos seus esforços. Todos os cursos são divididos nos campos das Ciências Humanas, Ciências e Saúde e da Ciência Social, onde a Psicanálise está inserida.

Universidade de Boston

Localizada no nordeste dos Estados Unidos, a universidade é um dos mais renomados centros universitários do mundo. O curso de Psicanálise da instituição segue criteriosamente os regulamentos da IPA. Os membros formados na universidade se tornam referência no meio acadêmico, dando a bagagem necessária para suprir as discussões em eventos e palestras sobre o tema.

Regulamentação

A Psicanálise não é reconhecida como profissão, mas sim como ocupação. O psicanalista formado pode atuar em clínicas, escolas e consultórios, regido por leis específicas, distintas às das profissões. Embora não se encaixe no padrão comum de trabalho, é necessário um alto rigor na formação dos psicanalistas.

Com o longo caminho que percorreu, a Psicanálise se mostra um excelente recurso no tratamento de doenças mentais. Não à toa, cada vez mais adeptos procuram se aprofundar através de cursos na área. Ainda assim, é necessário escolher bem onde estudar. No entanto, avalie as condições para o estudo, desde o valor com mensalidades, até uma boa instituição, devidamente registrada nos critérios da IPA.

Apenas para fixar, mesmo a Psicanálise não tendo uma regulamentação como trabalho, isso não vai abrandar os padrões éticos e acadêmicos necessário à formação. Nesse contexto, um psicanalista deve ter conhecimento teórico, técnico e prático do método. Além disso, como indivíduo, deve possuir uma conduta íntegra e ética. Assim, uma boa educação e moralidade diante dos pacientes, visando o conforto deles.

Agora que está mais direcionado à sua busca, conta para gente o porquê da escolha de um curso de Psicanálise. Deixe o seu relato nos comentários, mostrando a sua intenção quanto à carreira. Isso pode motivar outras pessoas a seguirem o mesmo caminho.

Um curso de Psicanálise confiável?

Nesse contexto, você pode questionar a qualidade de nosso curso EAD. Se recomendamos uma certa confiança com relação aos cursos, como divulgamos um nosso? Acontece que nosso currículo cobre de maneira satisfatória temas que são abordados nos cursos presenciais que recomendamos mais acima. Tudo isso de maneira remota, e com certificado que permite trabalhar como psicanalista. Para mais informações, clique aqui!

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *