distúrbios de personalidade

Distúrbios de Personalidade e a Dinâmica Através da Psicanálise

Posted on Posted in Teoria Psicanalítica

As pesquisas psicodiagnósticas para o entendimento da psique humana se transformaram, especialmente ao tempo de Sigmund Freud. Isso, pois um grande campo de estudos e trabalhos foi criado, no intuito de não só descobrir novos mecanismos e dispositivos relativos aos distúrbios de personalidade, como também e, principalmente, o de alcançar um maior entendimento das técnicas no contexto da dinâmica e solução para os diagnósticos da cura. Assim, esses conceitos formam o que atualmente conhecemos como a psicanálise! Quer saber mais sobre essa dinâmica através da psicanálise? Então continue a leitura!

As conquistas da Psicanálise

No contexto das inúmeras descobertas psicodiagnósticas, temos que parabenizar o grande esforço e profunda dedicação de Sigmund Freud. Iniciando seus estudos, tendo como principal interesse a descoberta dos temperamentos psicopatológicos da personalidade humana, ele descobriu, modelou e incentivou muitos outros colegas do ramo científico no sentido de minorar os sofrimentos das pessoas com crises neuróticas. E ntre elas, a histeria.

Nesse sentido, Freud consolidou uma série de descobertas, através de práticas clínicas, pesquisas e reflexões. Assim, criou diversos modelos teóricos e práticos de tratamentos, visando e alcançando uma expressiva dinâmica no tratamento das instâncias psíquicas como novas formas de compreensão dos modelos estruturais do aparelho psíquico. Isso, especialmente aos relativos a distúrbios de personalidade.

Seus estudos o levaram a pesquisas práticas e teóricas. Que permitiram avançar suas obras para a descoberta e consolidação de cura dos mais variados casos de doenças psicopatológicas. Por isso, propôs novas formas de compreensão dos modelos estruturais do aparelho psíquico humano. Incluindo as descobertas dos processos relativos às neuroses e psiconeuroses e dos processos que interagem no funcionamento desse aparelho. Ou seja, o ID, o Ego e o Superego, descobertos por volta do ano de 1923, como um modelo topográfico da psique humana, são resultado da consolidação dos seus anos de prática clínica e reflexões.

Os conceitos da Psicanálise

Além dessas descobertas, entre outras, temos também o conceito da Interpretação dos Sonhos, além da Associação Livre, tendo, inclusive, alcançado um grande avanço nessas descobertas. Ou seja, através de um período de isolamento, quando alcançou melhores percepções das questões relativas a suas descobertas através de seus próprios sonhos e de suas memórias.

Nesse longo caminho, Freud teve a colaboração de alguns personagens muito importantes nessas descobertas cronológicas, entre eles Charcot e Breuer. Sendo assim, suas obras são um acervo de grande importância para a dinâmica da compreensão e cura dos processos psíquicos referentes aos distúrbios de personalidade do ser humano. E que muito tem contribuído para seus seguidores. 

Os quais, inclusive, têm acrescentado outras descobertas e processos dentro da hermenêutica da psicanálise, visando a continuidade de novas de novas fórmulas capazes de aperfeiçoar os mecanismos e dispositivos relativos aos distúrbios de personalidade. Como foi o caso de Jung, entre outros, que vieram a criar e, às vezes, aperfeiçoar os padrões e teorias apresentadas por Freud.

Os Distúrbios de Personalidade para Freud

Freud, grande pesquisador, formado em medicina, percebeu as discrepâncias, em gênero e grau, dos diferentes tipos da personalidade humana. Por isso, dedicou-se proficuamente em seus estudos sobre a complexa dinâmica psicodiagnóstica no mundo das inclinações do gênero humano. 

Assim, alcançando uma extraordinária colaboração de alguns de seus colaboradores e amigos, debruçou-se no aprofundamento da psique, especialmente os relativos aos sintomas anatomopatológicos e anatomofisiológicos da alma humana.

Em seus longos estudos, verificou que a personalidade humana estava sujeita a fenômenos psíquicos diversos. Muitos dos quais poderiam levar a alguns tipos de neuroses, desde as mais brandas até as mais profundas. Em face de sua abnegada consciência humanitária, dedicou-se freneticamente aos mais profundos e complexos estudos para não só compreender. Mas, sobretudo, alcançar as soluções necessárias para o tratamento dos sintomas pertinentes. 

Ademais, focou especialmente na evolução e o histórico da histeria, tanto a feminina quanto a masculina. Neste sentido, recebeu grande influência de Charcot, além de estreita colaboração de Breuer durante algum tempo.

Os legados de Freud para os estudos dos distúrbios de personalidade

Portanto, Freud deixou um legado extraordinário quanto aos quesitos dos sintomas patológicos e dos distúrbios de personalidade. Assim, alcançando gradativamente um conhecimento e domínio do assunto, que serviu de base para seus muitos seguidores e para a humanidade em geral.

A cura pela fala e a interpretação dos sonhos foram, entre algumas de suas principais conquistas, as que trouxeram uma grande novidade e uma fundamental compreensão para o entendimento das construções dos fenômenos psicopatológicos que assolam a humanidade.

Portanto, a contribuição de Sigmund Freud é inquestionável para a ciência. Pois inclui a compreensão e tratamento dos mais diversos tipos de transtornos mentais. Sua capacidade e esforço pessoal e profissional foi tão extraordinário que alcançou uma propagação mundial de seus estudos e conceitos no mundo da psicanálise, por ele criada. Por isso, ele  protagonizou e estabeleceu uma grande e preciosa onda de seguidores e admiradores por todo o mundo, muitos dos quais aperfeiçoaram e criaram outros alinhamentos no mundo da psicanálise. Por fim, sua influência foi tamanha, que até a psicologia e a psiquiatria dobrou-se ante seu fenomenal e extraordinário legado histórico.

Ademais, nessa interação das abordagens da fenomenologia sobre os distúrbios psicopatológicos e em face de suas necessidades e construções psicológicas, psíquicas e biológicas, estabeleceram-se novas e contínuas experiências e esforços para o aperfeiçoamento de todas as questões que envolvem o ser humano. Isso, especialmente no século atual, em que tantas outras abordagens novas desafiam a capacidade dos estudiosos. Isso, para não só curar as doenças decorrentes dos sintomas acima referidos, mas, sobretudo, para alcançar uma fórmula definitiva para diminuir os fenômenos das neuroses em geral.

Conclusão sobre os distúrbios de personalidade

Enfim, como tudo evolui sistematicamente, incluindo a compreensão dos fatores da psique humana, através da integração homem-ciência, a bio-criação através da física quântica tem todos os meios para ampliar e estimular as pesquisas continuadas e aprofundar ainda mais as teorias e descobertas de Freud. Assim, trazendo maiores e grandes benefícios ao desenvolvimento e melhor solução das questões dos temperamentos psicopatológicos e de distúrbios de personalidade humana.

Gostou do artigo? Quer aprofundar seus conhecimentos sobre essa técnica terapêutica incrível? Então se inscreva agora no nosso curso, 100% online, de Psicanálise Clínica! Com ele, você estará apto a clinicar e a ser um psicanalista de sucesso!

Este texto foi produzido pelo autor Moacyr Tolentino de Sá, especialmente para o nosso blog Psicanálise Clínica.

 


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ


 

 

 

 

 

 

 

 

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =