Empatia: conceito e 7 atitudes para desenvolver

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Precisamos ter em mente que a vida é feita de altos e baixos — e não só para nós. É assim para todo mundo. Quando vivemos momentos de sofrimento na nossa vida, em geral, nós gostamos de ouvir palavras de consolo e dificilmente nós gostamos de ser criticados e julgados. Se é assim conosco, porque seria diferente com as outras pessoas? Nesse artigo, nós iremos falar sobre a necessidade de termos empatia.

O que é a empatia

Empatia é exatamente a nossa capacidade de nos colocarmos no lugar do outro. Isso ocorre para entendermos o que sentiríamos se estivéssemos na mesma situação. Muitas vezes nós temos muita dificuldade de fazer isso. Nós criticamos a vida alheia com muita rapidez e poucas vezes nós refletimos se as nossas palavras irão machucar outras pessoas ou se nós estamos fazendo julgamentos corretos.

Vamos pensar em alguns exemplos. Se nós vemos um colega chegar atrasado em uma prova importante, tendemos a pensar que essa pessoa foi desprevenida e não colocou o despertador para tocar mais cedo. Porém podemos estar ignorando o fato de que ela acordou cedo, mas mesmo assim enfrentou diversas situações no seu dia que a impediram de chegar no horário determinado para o começo da prova.

Vamos pensar também nas redes sociais. Vemos muito pouco da vida de uma pessoa pela tela do celular. Por mais que ela mostre muito do seu dia, não podemos esquecer que essas imagens, relatos e vídeos são apenas fragmentos do seu cotidiano.

Por isso, é muito injusto julgá-la pelas poucas informações a que nós temos acesso. Será que gostaríamos de receber as mesmas críticas? É bem possível que não. É por essa razão que é importante que sejamos mais empáticos.

Como desenvolver a empatia?

Agora que nós já sabemos que a empatia é necessária, nós precisamos exercitar essa nossa habilidade de nos colocarmos no lugar do outro.

Fazer isso não será muito fácil já que nós tendemos a dizer muitas coisas sem nem mesmo pensar. Na verdade, nem é preciso falar nada para nós revelarmos as nossas opiniões sobre uma pessoa. Em um só olhar nós já mostramos para ela a nossa reprovação e a nossa crítica.

Ainda assim, vale a pena insistir em ter uma postura mais compreensiva com relação às outras pessoas. Isso porque a empatia te ajuda a melhorar a qualidade dos seus relacionamentos. Você perceberá que os seus contatos se sentirão mais livres para conversar com você. Isso porque saberão que você estará mais preocupado em ouvi-las do que em criticá-las.

Isso também fará com que elas estejam mais dispostas a escutar o que você tem a falar sobre os mais diversos assuntos.

Além disso, quando você cria o hábito de se colocar no lugar do outro, as pessoas começam a fazer o mesmo. Quando elas percebem que você se tornou menos crítico, isso as incentiva a também te julgarem menos. Dessa forma, os seus relacionamentos passam a ser mais leves e baseados na compreensão.

Pensando em te ajudar a alcançar todos esses benefícios, nós te daremos sete dicas de como desenvolver a empatia. Elas são conselhos simples, mas que, quando são postos em prática, trazem grandes resultados para sua vida. Estão prontos para viverem uma grande transformação em seus relacionamentos? Então pegue o papel e a caneta e anote cada dica da lista!

Se atenha aos fatos

Para que você tenha mais empatia, nós recomendamos que você pare de ouvir boatos e de supor coisas. Se você não tem acesso a informações realmente confiáveis, dificilmente você terá condições de fazer um julgamento correto sobre alguma situação.

Pense mais de uma vez

Antes de você falar algo ou de você digitar algum comentário, será que não é melhor pensar se realmente vale a pena expressar essa opinião? Será que ela ajudará a outra pessoa em algum sentido ou só a fará se sentir mal? Vale a pena pensar nisso!

Reconheça as suas falhas

Para desenvolvermos a empatia, é importante ser humilde. Quando nós sabemos que todas as pessoas erram, inclusive nós mesmos, nós tendemos a ser menos críticos. Dessa forma, fica mais fácil nos colocarmos mais no lugar do outro.

Reconheça as qualidades do outro

É importante termos em mente que as pessoas têm defeitos, mas também têm qualidades. Será que não existem certas pessoas na sua vida que já se tornaram alvo constante de suas críticas, sem receberem um só elogio? Faz bem ponderar se elas de fato merecem esse tratamento e se você gostaria que as pessoas fizessem o mesmo com você.

Leia Também:  Conceito de Reciprocidade e 7 formas de desenvolver

Reflita sobre as suas motivações

Porque não pensar com mais frequência na razão de você querer criticar outra pessoa? Será que esse sentimento de insatisfação e revolta não revela a existência de algum conflito interno? É importante refletir sobre isso! Ponderar sobre essas questões revela maturidade!

Pense em ajudar as outras pessoas

Criar o hábito de pensar na necessidade de outras pessoas nos obriga a tirar o foco da nossa atenção de nós mesmos. É exatamente isso que nós precisamos fazer quando nós queremos ser mais empáticos. Porque não tentar ajudar pelo menos uma pessoa por dia?

Esteja disposto a mudar de opinião

Entenda que, para se colocar no lugar do outro, muitas vezes será necessário abrir mão de suas convicções. Se abra para enxergar a vida sob novos ângulos e para crescer! Não estamos dizendo que você precisa concordar com tudo o que as outras pessoas falam. No entanto, de vez em quando, é necessário refletir se aquilo que nós acreditamos realmente faz sentido.

Considerações finais: desenvolver empatia

Buscamos te mostrar com esse artigo que é importante levarmos em consideração os sentimentos das outras pessoas antes de dirigirmos a elas as nossas críticas. É importante se colocar no lugar do outro porque nós sempre nós iremos desejar que as outras pessoas façam o mesmo por nós.



Antes de terminarmos esse artigo, gostaríamos de te convidar a realizar o nosso curso de Psicanálise Clínica online. Isso porque, realizando os nossos 12 módulos, você estará preparado para ajudar as pessoas a serem mais empáticas e a lidarem melhor com os seus sentimentos. Te garantimos que investir na sua formação será muito benéfico para a sua vida profissional!

Se você gostou do nosso texto sobre como ter mais empatia, compartilhe este artigo com outras pessoas! Também não deixe de ler os nossos outros artigos.

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + doze =