15 filmes de Mitologia Grega

Posted on Posted in Psicanálise, Psicanálise e Cultura

A mitologia é um tema fascinante, e é justamente esse fascínio que justifica os muitos filmes de mitologia grega existentes. Alguns são feitos de maneira muito fiel, outros apenas são inspirados nos mitos. Porém, não há como negar que desde a nossa infância nós vemos desenhos e filmes sobre o assunto.

Se você chegou até aqui, é porque quer aumentar sua lista de filmes e nós queremos te ajudar. Por isso, listamos os 12 melhores filmes de mitologia grega. Prepare a pipoca e aproveite seu tempo curtindo a 7ª arte.

Hércules (1997)

Como dissemos, desde a infância a gente vê nas telinhas sobre mitologia grega, mesmo sem saber que o que é. Afinal, os desenhos muitas vezes contam essas histórias, mas a gente só vem a estuda-las com mais idade.

E a animação de 1997 de Hércules é um exemplo dessas histórias que fizeram parte da nossa infância. Quer dizer, se você foi criança na década de 90. Se não, vale muito a pena assistir. Por isso decidimos começar com essa indicação.

Hércules é um semideus filhos de Zeus e foi capturado ainda bebê por Hades. Esse captura ocorreu, pois Hades queria ocupar o lugar de Zeus. Depois disso, Hércules foi forçado a viver entre os mortais como metade homem e metade deus.

Quando adolescente, Hércules precisa realizar um rito de passagem na Terra para provar-se digno de viver com os deuses do Monte Olimpo. Ele tem a ajuda de seu ajudante Filoctetes por toda a sua jornada. Para isso, Hércules deve aprender a usar sua força para derrotar uma série de criaturas malignas.

Uma característica marcante dessa animação são as músicas e as musas, sempre presentes nos mitos e contemplados em filmes de mitologia grega como este.

Hércules (2014)

No entanto, a história de Hércules não inspirou só animações, mas há muito outros filmes de mitologia grega sobre ele. Destacaremos aqui o de 2014 em que o semideus é interpretado por Dwayne Johnson.

Nesse filme, Hércules (Dwayne Johnson) sofre há 400 anos, por ter perdido toda a sua família. Ademais, após ele realizar os doze trabalhos conhecidos em seu mito, conhece seis homens sanguinários e impiedosos, unindo-se a eles. Ele faz isso para buscar novas tarefas.

Além disso, ele quer qualquer trabalho que puder encontrar, desde que seja remunerado. Esses homens assassinam diversas pessoas em seu caminho despertando fama na região. E, por isso, o rei da Trácia chama Hércules para treinar o seu exército para transformá-los em verdadeiros mercenários.

Esse Hércules se afasta do que vemos na animação, mas trás a importância da fama de Hércules.

Percy Jackson e o Ladrão de Raios (2010)

Agora vamos falar de um filme que foi inspirado em um livro que se inspirou na mitologia grega.

Nesse filme, Percy Jackson (Logan Lerman) é um jovem que enfrenta problemas na escola. Esses problemas são devido ao que acredita ser dislexia e déficit de atenção. Ele foi criado por sua mãe, Sally (Catherine Keener), e vive com seu odiado padrasto Gabe Ugliano (Joe Pantoliano).

Após ele ser atacado em plena excursão escolar, é revelado a Percy que ele é um semideus. Ele descobre que é filho do deus Poseidon (Kevin McKidd) com uma humana, e que possui poderes.

Assim sendo, ele é levado ao acampamento dos meio sangue, onde estará em segurança. Lá seu tutor é Chiron (Pierce Brosnan) e passa a treinar para se tornar um grande guerreiro. Porém, Percy é acusado de ter roubado o raio de Zeus (Sean Bean), e isso pode estourar em uma guerra.

Nesse momento, Hades (Steve Coogan) visita o acampamento e oferece a Percy uma troca: que ele entregue o raio (que não está com ele) em troca da de sua mãe falecida. Ele então parte para chegar ao Mundo Inferior onde vivem Hades e Perséfone (Rosario Dawson). Quem o acompanha é Grover e Annabeth Chase (Alexandra Daddario), uma poderosa guerreira que conheceu no acampamento.

Imortais (2011)

Nesse filme, O rei Hiperion (Mickey Rourke) está em busca do arco de Épiro. Esse arco é uma poderosa arma que pode matar até mesmo deuses. Para encontrá-lo ele conduz seu exército a todos os vilarejos, deixando um rastro de destruição por onde passa.

Nisso, Theseus (Henry Cavill) vive tranquilamente em uma pequena vila encravada na montanha. Ele mora ao lado da mãe e de um senhor (John Hurt) que é seu tutor desde quando era criança. Porém, ele não sabia era que o velho na verdade era Zeus (Luke Evans), o rei dos deuses. Zeus vinha à Terra sob a forma humana por acreditar em seu potencial.

Leia Também:  Alimentação Aliada a Mente: Definição Psicanalítica para o Termo

E quando as tropas de Hiperion chegam à vila elas matam a mãe de Theseus e o capturam. No cativeiro, ele está entregue à morte. No entanto, ele recebe apoio de Phaedra (Freida Pinto), uma vidente que também está presa e teve uma visão em que Theseus empunha o cobiçado arco de Épiro.



Tróia (2004)

Este é um dos filmes de mitologia grega que se inspira na Ilíada de Homero.

Em 1193 A.C., Paris (Orlando Bloom) é um príncipe que provoca uma guerra da Messência contra Tróia. Ele consegue isso ao afastar Helena (Diane Kruger) de seu marido, Menelaus (Brendan Gleeson). Após isso tem início uma sangrenta batalha, que dura por mais de uma década.

A esperança do Priam (Peter O’Toole), rei de Tróia, está em vencer a guerra está nas mãos de Aquiles (Brad Pitt). Mas não apenas, pois a esperança também recai sob o filho de Aquiles, o Hector (Eric Bana).

Helena de Tróia – Paixão e Guerra (2003)

Ainda comrelação a filmes de mitologia grega que relembram Tróia, indicamos o filme Helena de Tróia – Paixão e Guerra de 2003.

Nele, Hecuba (Maryam d’Abo), a rainha de Tróia, teve um filho que se chamaria Alexandre. Porém Príamo (John Rhys-Davies), o rei, dava atenção às visões premonitórias de sua jovem filha, Cassandra (Emilia Fox). Em uma dessas visões ela diz que se o bebê não fosse morto, Tróia seria destruída pelo fogo. Por isso, Príamo ordena para um serviçal atirar a criança do alto de uma montanha.

Contudo, ele não tem coragem e o abandona o bebê.

Um pastor acolhe o bebê, o chama de Páris (Matthew Marsden) e o cria como se fosse seu. Os anos se passam e Páris se torna um belo jovem, que cuida de um rebanho de cabras. Um dia ele tenta recuperar um cabrito, que foi na verdade manipulado por três deusas: Hera (Andreea Radutoiu), Atena (Gina Nalamlieng) e Afrodite (Emily Kosloski). Elas disputavam entre si qual delas seria a mais bela e escolheram Páris como juiz.

Para ganhar, Hera promete riquezas inimagináveis a ele. Já Atena disse que lhe daria vitórias para sempre. Por fim, Afrodite lhe promete a mulher mais bela do mundo: Helena (Sienna Guillory). Ademais, para o persuadir, Afrodite faz com que Páris tenha uma visão dela. Isso resultará não só em uma história de amor, mas em uma guerra sangrenta.

Ulisses (1954)

Em Ítaca, uma antiga cidade grega, muitos esperam impacientemente o retorno de rei Ulisses (Kirk Douglas), e seus guerreiros, da Guerra de Tróia. Dentre esses está sua esposa dedicada, Penelope (Silvana Mangano), e seu filho Telêmaco (Franco Interlenghi).

Porém, seu inimigos não estão ansiosos por essa volta. Eles pediram a Penelope que desse o seu marido por morto e a ofereceram um novo casamento. Para isso, ela deveria escolher um dos pretendentes que se instalaram em sua casa desde a partida do marido.

No entanto, que Penelope acredita que Ulysses vai voltar em breve. Por isso, para acalmar os pretendentes agressivos, Penelope promete que ela vai se casar assim que terminar a tecelagem numa grande tapeçaria. Essa tapeçaria retrataria os atos de bravura de Ulysses. No entanto, ela está fazendo e desfazendo a tecelagem e assim retardando a conclusão desta. Mas ela sabe que seu truque não vai funcionar para sempre.

A Odisseia (1997)

Esse é um outro filme que trata da história de Ulisses/Odysseus. Aqui, após dez anos, a Guerra de Tróia chega ao fim e o herói Odysseus (Armand Assante) faz uma viagem de volta para casa.

Nessa viagem, ele enfrenta criaturas mitológicas, como deuses e outros inimigos poderosos. Essa também é uma adaptação de uma história de Homero. Nela, busca-se revelar a força e bravura do herói durante sua luta para voltar ao lar. E nesse lar ele é aguardado pela amada Penélope (Greta Scacchi).

Fúria de Titãs (2010)

Nesse filme, Perseu (Sam Worthington) descobre que é o filho mortal de Zeus (Liam Neeson). Porém, Perseu recusa-se a aceitar tal condição.

Contudo, sua cidade, Argos, está sob a fúria dos deuses do olimpo e da vingança de seu tio Hades (Ralph Fiennes). Sendo assim, para salvar a cidade ele vai ter que enfrentar uma perigosa jornada. Nela ele lutará contra terríveis criaturas como a Medusa. Tudo isso para salvar os simples mortais e a bela Andrômeda (Alexa Davalos) do sacrifício para o monstro Kraken.

Jasão e os Argonautas (1963)

Esse é um dos poucos filmes de mitologia grega que é baseado no mito grego de Jasão. Aqui, ele após retornar para sua casa de uma viagem de 20 anos, deve encontrar um mágico velo de ouro. Só assim ele irá reconquistar seu trono. Para isso, ele lidera uma equipe, que inclui Hércules, para ir atrás do artefato. Eles irão enfrentar perigos enormes como um gigante feito de bronze para isso.

Leia Também:  5 filmes sobre amnésia (para nunca mais esquecer)

Além disso, há uma icônica cena dos esqueletos lutando com espadas. Essa cena ficou eternizada na história do cinema e é mencionada até hoje em escolas de efeitos visuais.

Alexandre (2004)

Esse filme mostra a história do imperador da Grécia: Alexandre. Ele é conhecido por ter conquistado 90% do mundo até os 25 anos de idade. Este Alexandre, o Grande, liderou seu exército por 35.000 km em ataques e conquistas em apenas oito anos. Eles saíram da minúscula Macedônia, lutaram contra poderoso Império Persa. Depois rumaram para o Egito e finalmente chegaram à Índia.

Mulher-Maravilha (2017)

Esse é o filme perfeito para quem gosta de filmes de mitologia grega e quadrinhos. Nele, a Diana Prince (Gal Gadot) é uma imbatível guerreira treinada desde cedo para isso. E ela nunca saiu da ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas.

Porém, o piloto Steve Trevor (Chris Pine) se acidenta e cai numa praia do local. Nisso, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar. Ela faz isso, pois está certa de que pode parar o conflito.

Através de sua jornada para acabar com todas as guerras, Diana percebe o alcance de seus poderes. Além disso, descobre que sua verdadeira missão na Terra.

Considerações finais: filmes de mitologia grega

Esperamos que nossa lista filmes de mitologia grega te ajude a ampliar seu conhecimento. Que você se divirta e depois vem contar pra gente o que achou deles! Para saber sobre como aplicar conhecimentos como este na vida cotidiana de uma pessoa, conheça o nosso curso de Psicanálise Clínica. É online e riquíssimo com conhecimentos para você aplicar pessoalmente e profissionalmente também. Confira!

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 10 =