Machismo na interpretação da Psicanálise

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Culturalmente falando, a mulher sempre teve uma inclinação a ser empurrada a um lugar condicionado. Seja em casa, na rua, trabalho e até em propagandas, as mesmas eram alocadas a um lugar de obediência controlada. A partir disso, veja o significado de machismo de acordo com a Psicanálise e como o mesmo impacta a sociedade atualmente.

O que é machismo?

Machismo se configura como o excesso de valorização de atributos masculinos em detrimento da mulher. Com isso, o homem toma uma postura vital na organização da sociedade enquanto a mulher deve obedecê-lo. O homem assume maior relevância pois assume significado de força e centralidade na família.

O exemplo desse conceito fica mais evidente na cultura de séculos passados. Enquanto os homens trabalhavam fora, as mulheres deveriam permanecer em casa e atender as suas necessidades. Dessa forma, precisariam estar prontas a cozinhar, lavar, cuidar dos filhos e serem boas esposas. Não o bastante, jamais deveriam fazer questionamentos sobre isso.

Embora isso exemplifique bem a situação, facilmente encontramos esse quadro no século XXI. Ainda que o levante feminista venha com a ideia de combater esse conceito limitante, a situação ainda perdura. Enquanto encontramos equidade em alguns lares, em outros a mulher ainda sofre abusos e é objeto do comportamento retrógrado.

A perpetuação de padrões

A figura do homem “macho” proposta pelo machismo sobreviveu tranquilamente à passagem do tempo. Isso porque a mesma era protegida por uma massa confortável a esse padrão, livre para agir e pensar como queria. Ainda que tivesse um comportamento tóxico, estava tudo bem pois o pai, o avô e o vizinho eram assim.

O problema era que isso acaba extrapolando os limites das paredes de casa e chegava ao mundo. Muitas profissões foram construídas em cima disso e impediam que a mulher tivesse um papel mais proeminente. Por exemplo, o exército e a Medicina não tinham tantas mulheres em cargos principais por causa da dominância masculina.

Observando o passado e sem muitas vozes para mostrar o contrário, os jovens selavam suas vidas nessa perspectiva. Em casa, por exemplo, eles eram ensinados a serem homens brutos e ignorantes. Qualquer característica que envolvesse a delicadeza era imediatamente repudiada e maculada, embrutecendo sua essência.

Impacto cultural

O machismo continua a ser um tema frequentemente discutido em qualquer roda atualmente. Entretanto, o observamos uma certa dualidade quando observamos os argumentos utilizados. Enquanto alguns não enxergam nada relevante no assunto, outros tentam mudar a perspectiva sobre. O impacto dele em nossa cultura fica evidente na:

Música

As mulheres continuam a ser tema recorrente nas músicas de forma pejorativa. Quando observamos o funk, hip hop e até o estilo gospel, as mesmas ou são objetos de conquista ou são reprimidas. Ademais, devem disputar entre si para conquistar a atenção do homem, visto e protegido como predador.

Profissões

Mulheres independentes e com cargos altos chamam a atenção, mas não por sua competência, e, sim, pelo sexo. Muitos acreditam que a prosperidade que estas conseguem só caberia a uma figura masculina. Basicamente, o seu gênero se mostraria como um atestado de incompetência.

Cotidiano

Infelizmente, muitos ainda observam as mulheres como criaturas subservientes às suas vontades. Fica evidente quando elas caminham na rua e ouvem comentários maliciosos a respeito do seu corpo. Ademais, o seu próprio trabalho vira um ambiente hostil e facilmente uma mulher pode sofrer assédio.

Características de um machista

É bastante fácil identificar o machismo nas pessoas, independente do sexo. Isso se manifesta na fala ou em suas ações, atacando de forma velada ou direta as figuras do sexo feminino. Em geral, se manifesta em:

Tarefas

A divisão doméstica ainda é um problema a ser trabalhado, visto que concerne quase que totalmente às mulheres. Embora precisem trabalhar fora assim como os homens, segundo parte deles, elas ainda precisam cuidar do lar. Com isso, devem se render a uma dupla jornada para cuidar de casa e saciar os seus maridos.

Vestimenta

Mulheres que usam roupas curtas são automaticamente promíscuas procurando pelo sexo. A ideia absurda parte de uma massa de homens e conservadoras que repudiam a liberdade de ir e vir da mulher. Porém, em momento algum associam essa escolha a um conforto diário. O famoso “Ela quer” ou “fiu-fiu”, ainda que curtos, também são golpes.

O homem é quem paga

A divisão das contas também é uma questão a ser observada. Muitos homens se sentem incomodados quando as mulheres pagam ou insinuam dividir a despesa. Por conta disso, demonstram sinais de uma masculinidade frágil e abalável por pouca coisa. Claro, o justo seria que dividissem os gastos em conjunto.

As mulheres machistas

Por incrível que pareça, as mulheres também conseguem aderir ao machismo. Na perspectiva delas, a mulher deveria se conformar com o status de obediência a um sistema social ultrapassado. Por isso, facilmente repudiam o uso de determinadas roupas, comportamentos e rotina.

O curioso é que a questão moralista se dá, em partes, pela criação religiosa que essas tiveram. Parte da sua limitação social em relação às outras mulheres advém de preceitos arcaicos e rigorosos aos quais passaram. Por outro lado, existem aquelas que enxergam a questão da independência feminina como balela.

Considerações finais a respeito do machismo

Ainda que residente no presente, a sociedade atual precisa rever seus comportamentos antiquados. O machismo é uma das pontes ao passado que nos prende a uma realidade misógina e arcaica. A separação entre os sexos mostra o quanto temos de evoluir a fim de alcançar uma sociedade mais igualitária e justa com seus membros.

Por isso, precisamos elaborar debates inclusivos para conversar a respeito de uma ferida que nunca cicatriza. A educação da nova geração depende dessas conversas abertas, levantando os pontos que precisam ser trabalhados. O futuro é construído pelo o que fazemos agora, então moldemos os novos cidadãos para melhor.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ


Para se municiar adequadamente, se inscreva em nosso curso 100% online de Psicanálise. A psicoterapia proporciona uma clareza a respeito do que motiva o comportamento humano em sociedade. Além de descobrir como essas relações se constroem, você alimenta seu autoconhecimento, entendo como pode agir para melhor.

Nosso curso é realizado via internet, dando maior comodidade para os estudantes. Isso porque os alunos podem estudar quando e onde for mais acessível a eles, sem comprometer seus afazeres comuns. Com isso, sua rotina permanece inalterada, visto que aprende de forma personalizada e única. O auxílio oferecido por nossos professores também se ajusta às suas necessidades.

Independente da hora que escolha para aprender, você terá o acompanhamento constante de nossa equipe de tutores. Através de exercícios e atividades de desenvolvimento, você alcançará seu potencial através das ricas apostilas. Ademais, eles assinarão o certificado impresso que enviaremos após a conclusão de suas aulas.

Conheça de perto a ferramenta que que mudará a sua perspectiva sobre si e a própria vida. Inscreva-se em nosso curso de Psicanálise e aprimore sua vida para melhor! Por fim, não esqueça de compartilhar esse texto sobre machismo com seus amigos e familiares!

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 1 =