Afinal, você conhece a medicina tradicional chinesa? Por isso, leia o nosso artigo para saber mais sobre este assunto. Não perca essa chance!

Medicina Tradicional Chinesa: história, princípios e usos

Posted on Posted in Terapias, tratamento

Afinal, você conhece a medicina tradicional chinesa? Todos já ouvimos falar nela. Pois, nos dias de hoje podemos dizer que é uma prática que reúne conhecimento milenar com ações mais atualizadas. Além disso, é usada para complementar tratamentos convencionais.

Assim, como todas as práticas antigas em tempos modernos, esta medicina tradicional tem aumentado o seu número de adeptos. Isso porque ela se apresenta como uma alternativa saudável com medicamentos naturais para cuidar da saúde.

Contudo, a medicina chinesa é bem diferente da medicina ocidental, que identifica um problema e logo trata com um medicamento. Porque, ela se utiliza de tratamentos naturais e trabalha com nossa energia. Então, conheça mais sobre ela a seguir!

O que é a medicina tradicional chinesa?

Nesse sentido, a medicina tradicional chinesa ou medicina chinesa, é a denominação que se dá ao conjunto de práticas médicas desenvolvidas durante a História da China. Sendo assim, seus métodos são utilizados até hoje. Porém, seu surgimento reúne anotações e práticas de 5.000 anos.

Também conhecida como MTC, a medicina tradicional chinesa é considerada uma medicina alternativa. Isso porque ela se baseia nas leis que regem o organismo humano e sua relação com a natureza.

Desse modo, é uma forma de terapia que não trata de forma direta a doença. Mas sim, a pessoa em um todo. Logo, a  medicina chinesa atua tratando a pessoa e o ambiente em que está inserida. E assim, é possível prevenir ou tratar doenças.

Características da medicina tradicional chinesa

O que chamamos de medicina tradicional chinesa é, na verdade, um conjunto de práticas da região do sul da Ásia. Ou seja, não é apenas um conjunto de práticas medicinais da China, mas de outras regiões como Mongólia, Tibet, Coreia, Taiwan e Japão, por exemplo.

A MTC considera o paciente fazendo uma observação de sua mente, espírito e do ambiente onde vive. Então, seus princípios se pautam em conhecimentos de budismo, taoismo e confucionismo. Dessa forma, são trabalhadas as mudanças que acontecem na energia do paciente.

Por isso, a principal característica da medicina chinesa é a utilização de exercícios. Além de medicamentos naturais e não agressivos. Portanto, sua eficácia é afirmada pelo governo chinês, que reconhece a prática milenar conectada ao desenvolvimento da nação.

Princípios da medicina tradicional chinesa

Nesse sentido, alguns de seus princípios falam sobre a dualidade do Yin e Yang, a Teoria dos 5 Elementos (como água, fogo, ar, terra e metal influenciam na nossa saúde) e como a qi ou chi (energia vital) circula pelo corpo.

Dessa forma, lidando com as doenças de maneira energética e filosófica, a MTC acredita na mudança interior. Pois, ela trata o individuo ao invés da doença, pois, é a nossa mudança interna que conduz à cura.

Ou seja, a medicina tradicional chinesa apresenta uma visão mais holística de tratamento. Sob esse ponto de vista, a doença acontece quando há um desequilíbrio entre Yin e Yang.

Benefícios

Sendo assim, a  aplicação desta medicina pode ser em diversas áreas da nossa vida. Por isso, alguns exemplos de utilização dessa terapia são:

  • Ansiedade, depressão e estresse;
  • emagrecimento;
  • infecção urinária;
  • problemas respiratórios;
  • regulamento do sono;
  • TPM, cólicas e menopausa.
Leia Também:  Análise Transacional: o que é?

Doenças externas

Para a medicina tradicional chinesa, doenças externas podem ter algumas causas. Assim, a temperatura do ambiente como frio, calor, vento, secura e umidade. Então, as doenças externas consistem, por exemplo, na formação de gripes, pneumonias e resfriados.

A medicina tradicional chinesa no tratamento de doenças internas

Por outro lado, na medicina chinesa, as doenças internas podem ter as seguintes causas:

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    • Sentimentos e emoções;
    • alimentação;
    • cansaço.

    Assim, as doenças internas podem afetar, em especial o funcionamento dos órgãos internos. Como resultado, causam um forte desequilíbrio fisiológico.

    Demais causas

    Além dos fatores externos e internos que a medicina chinesa indica como origem das doenças, outras causas podem ser apontadas, como:

    • Traumas;
    • microrganismos;
    • estilo de vida;
    • tratamentos errados.

    Sendo assim, essas causas adversas também influenciam a ocorrência de gripes e desequilíbrios internos.

    Como o diagnóstico é realizado?

    Existem algumas formas sobre como usar a medicina tradicional chinesa. Mas realizar um diagnóstico, é bem diferente de como é feito pela medicina ocidental. Pois, o diagnóstico consiste em algumas etapas, como:

    • Observar a face, os olhos e a língua;
    • examinar a voz do paciente;
    • cheirar para identificação de determinados odores;
    • perguntar o histórico do paciente;
    • sentir a pulsação, apalpar o tórax, o abdômen e outras partes do corpo;
    • verificar a temperatura de diversas partes do corpo do paciente.

    Com as informações obtidas, o terapeuta traça um diagnóstico. Dessa forma, pode se iniciar o tratamento que melhor se encaixa com o quadro do paciente. Sendo assim, cada paciente recebe um diagnóstico personalizado e um tratamento específico.

    Como usar medicina tradicional chinesa?

    Então, após o diagnóstico, algumas formas de tratamento da MTC são:

    • Acupuntura;
    • auriculoterapia (estimulação de pontos nas orelhas);
    • dietoterapia (cuidado nutricional);
    • eletroacupuntura;
    • uso de ervas;
    • fitoterapia (uso terapêutico de plantas);
    • massagem terapêutica;
    • meditação;
    • moxabustão (aquecimento dos pontos de acupuntura utilizando ervas ou outros materiais);
    • ventosas.

    Contudo, a escolha do tratamento depende do diagnóstico feito pelo terapeuta. Pois, ele vai conduzir a melhor forma de o nosso corpo combater a enfermidade. Contudo, reforçamos que a MTC é uma forma de medicina integrativa e complementar.

    Ou seja, ela não substitui os tratamentos convencionais. Por isso, não deixe de fazer exames e ir ao hospital. Pois, ela é uma alternativa extra às diversas formas de tratamentos existentes, em especial, na medicina ocidental.

    Assim, no Brasil, a medicina tradicional chinesa faz parte dos tratamentos de medicina oriental indicados pelo SUS. Sendo assim, ela é reconhecida pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde, como uma medicina alternativa.

    A medicina tradicional chinesa e transformação pessoal

    A medicina tradicional chinesa acredita que as doenças são apenas um caminho. Pois, o que conta é a transformação pessoal. Porque é por ela que conseguimos evitar doenças ou auxiliar na cura das enfermidades.

    Assim, a MTC pode se relacionar com a psicanálise no auxílio da mudança interior e do alcance do nosso equilíbrio pessoal. Ou seja, representa bem a famosa frase “mente sã corpo são”!

    Nesse sentido, quando o nosso interior está alinhado, conseguimos levar um estilo de vida mais saudável. Portanto, essa é uma das maneiras onde a psicanálise e a tradicional medicina chinesa podem trabalhar juntas.

    Considerações finais

    No mundo corrido de hoje, terapias alternativas e um maior contato com a natureza têm sido cada vez mais comuns e necessários. Assim, devemos sempre buscar um profissional especializado, mas também estar abertos a diferentes perspectivas.

    Leia Também:  O que é sentimento de culpa?

    Assim, a medicina tradicional chinesa é uma alternativa para quem não quer se tratar com remédios. Pois, além de tratar uma doença, ajuda na transformação do nosso interior. Afinal, somos seres em constante mudança e nem sempre o corpo consegue acompanhar o ritmo delas.

    Ademais, esta medicina milenar ajuda no processo de pausa da rotina. E assim, propicia um momento de encontro com nós mesmos. Então, com vidas tão tecnológicas e corridas como as que temos, é muito importante parar um pouco e dar atenção à nossa saúde!

    Saiba mais

    Se você gostou de descobrir um pouco mais sobre a medicina tradicional chinesa, conheça nosso curso online de Psicanálise! Assim, você descubrirá como aplicar, na sua vida, métodos milenares com o auxílio da Psicanálise!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *