guia para meditação e como meditar

Meditação Diária: meditar em qualquer momento e lugar

Posted on Posted in Comportamento, Terapias

Você ainda está realizando boa parte ou maioria das suas atribuições diárias em casa? Para muitas pessoas, a rotina de trabalho, estudo e vida doméstica não é moleza. Assim sendo, incluir mais uma tarefa no topo da lista de coisas a fazer todos os dias parece impossível. Contudo, trazer para o dia a dia medidas de bem-estar e autocuidado é muito importante para ter uma boa saúde mental. Por isso, aprenda já como praticar a meditação diária em qualquer momento e lugar!

5 dicas práticas para realizar a meditação diária em qualquer momento ou lugar!

Não se prender a idealismos

Antes de qualquer coisa, é importante que o iniciante na meditação diária não idealize demais a prática. Muita gente aprende sobre a meditação a partir das redes sociais de influenciadores ou profissionais. Assim, idealizar como deve ser a meditação perfeita é inevitável.

No entanto, não é bacana começar a sua prática a partir de uma idealização. Você não precisa ter as mesmas roupas, um tapete caro e cristais ao seu redor para meditar. Ainda que todos esses elementos tragam alguma contribuição para a hora de meditar, eles não são imprescindíveis. Para meditar, você não precisa de nada disso!

Assim sendo, não fique tão focado nas posturas que já viu por aí. Ademais, não estipule um tempo de duração longo demais para a sua prática. Nem todo mundo tem tempo para meditar por uma hora todos os dias e, vamos combinar, esse é um objetivo pouco realista.

Por fim, não se atenha tanto à hora do dia. Muitas pessoas preferem meditar pela manhã, mas não existe um momento ideal para a meditação. Assim, tenha em mente que a hora certa para você é aquela que é possível.

Começar com a meditação guiada

Uma outra dica interessante para quem está tentando manter uma rotina de meditação diária é começar pela meditação guiada. Ainda que o mais recomendado seja meditar em silêncio, focando no tempo presente e tentando esvaziar a mente, fazer isso não é fácil.

Assim sendo, enquanto não consegue chegar nesse nível tão avançado de serenidade, comece permitindo que um profissional guie a sua trajetória. Há alguns aplicativos para celular que podem ajudar com isso. Ademais, é fácil encontrar vídeos e playlists de meditação guiada no Spotify e no Youtube. Investigue um pouco, encontre alguém com quem se identifique e comece a meditar!

Lembre-se: não escolha meditações muito longas! Comece com áudios mais simples, com 5 a 10 minutos de duração.

Não limitar a prática a um único local

Como dissemos mais acima, há muitas pessoas com teorias sobre o local perfeito para meditar. Nas fotos em redes sociais, você verá desde os parques mais perfeitos a verdadeiros santuários que as pessoas mantém dentro de casa. É uma tendência cada vez mais popular aperfeiçoar coisas que não precisam ser perfeitas. Isso vale para roupas, decoração, dietas e muitas outras tendências.

Contudo, você não precisa de um ambiente perfeito ao ar livre ou de um templo para conseguir esvaziar a sua mente e focar no tempo presente.

Você pode meditar no seu quarto. Também pode meditar na cozinha. Há quem medite depois de colocar o bebê para dormir. O seu trabalho pode virar um local de meditação também! O que você precisa é encontrar um local razoavelmente silencioso, em que seja possível ficar sozinho por alguns minutos. Evite os lugares em que telefones ou pessoas possam te distrair.

Leia Também:  Seja a melhor versão de si mesmo em 14 passos

Às vezes o problema não é o local, mas o horário. É diferente meditar na sua cozinha quando as crianças chegam da escola e meditar na cozinha logo depois de elas saírem de casa. A questão é o momento! Assim sendo, considere quais os melhores horários do seu dia para favorecer a prática e, se possível, vá para um local bacana!

Garantir a meditação diária com hábitos atômicos

O termo “hábitos atômicos” foi cunhado pelo autor James Clear em um livro que leva o mesmo nome. Nessa obra, o autor discute como a mudança de hábito depende da manutenção de vários pequenos hábitos em nossa rotina. Por exemplo, para você conseguir praticar a meditação diária, é necessário ajustar a sua rotina para que meditar todos os dias seja fácil.

Bom, como fazer isso?

Refletir sobre o momento e o local mais tranquilos do seu dia é uma maneira de garantir que você vai meditar. Contudo, só isso não é suficiente. Há alguma maneira de você se lembrar que precisa meditar, isto é, despertar um gatilho para a prática? Você pode fazer isso ajustando um alarme ou convidando alguém para meditar com você todos os dias.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Todas essas dicas são hábitos atômicos que vão facilitar a sua rotina. No entanto, essas não são as únicas opções. Se você parar para refletir um pouco, encontrará maneiras mais interessantes de ser lembrado e incentivado a meditar. 

    Não parar

    Por fim, uma última dica para quem quer exercitar a meditação diária é não parar. O segredo da manutenção de um hábito está em sua repetição. No começo, será mais difícil mesmo continuar meditando todos os dias. Contudo, após um determinado período, você vai meditar sem ter que fazer esforço para isso.

    Será como escovar os dentes: você não pensa muito antes de se levantar e ir ao banheiro todas as manhãs. Simplesmente faz. Isso porque vem repetindo a mesma rotina por toda a sua vida. Portanto, medite sempre, mesmo sem querer e achando que não está fazendo da maneira correta. Dessa forma, em algum momento, que só você saberá dizer qual é, a prática se tornará natural, quase instintiva.

    Para motivá-lo a insistir nessa disciplina, confira abaixo alguns dos principais benefícios da meditação diária.

    Benefícios da meditação diária

    Redução do estresse

    A rotina de uma pessoa que precisa lidar com uma vida doméstica e uma vida profissional não é fácil. Cada uma dessas áreas da vida tem suas próprias demandas e seu peso emocional. Infelizmente, apesar de querermos muito, é praticamente impossível que uma não interfira na outra.

    Assim sendo, se o casamento não vai bem, o peso emocional desse problema acaba afetando o trabalho. Por outro lado, se é a vida profissional que está trazendo problemas, é difícil estar bem em casa, com a família. Portanto, é necessário encontrar maneiras de manter o equilíbrio na vida. Para isso, você precisa aprender a lidar com o estresse.

    Em linhas gerais, o estresse é uma reação natural do corpo. Quando ele sente que está sob algum tipo de ameaça, se prepara automaticamente para lutar ou para fugir. Isso acaba gerando algumas reações subsequentes no corpo como:

    • dor,
    • diarreia,
    • tremores,
    • sudorese,
    • choro,
    • manchas na pele,
    • entre muitos outros.

    Estresse, ansiedade e meditação

    Quando nos desequilibramos, é possível que comecemos a apresentar os sintomas acima tanto no trabalho quanto em casa. Obviamente, é desejável evitar que esses problemas se desenvolvam e que o seu estado de saúde piore. Nesse contexto, a meditação diária atua tanto como uma maneira de prevenir o estresse quanto como uma forma de tratar suas consequências.

    Leia Também:  Bulimia: sintomas e tratamentos em Psicanálise

    O exercício de estar presente no momento presente, esvaziando a mente, ensina o seu corpo a reagir de outras maneiras diante de uma ameaça. Quando você está sob estresse constante, acaba desenvolvendo ansiedade, que te faz antever situações estressantes mesmo quando elas não estão acontecendo. Assim, você submete o seu corpo a mais estímulos mesmo quando eles não são reais.

    Portanto, acostumar seu corpo a não a reagir aos múltiplos estímulos estressantes com foco no presente é absurdamente essencial. É como se, prestes a flutuar em um emaranhado de emoções negativas, você fincasse os pés no chão e dissesse: “Agora eu estou bem. Não estou sob ameaça.”.  O foco no presente ainda ajuda a não pensar muito sobre o que aconteceu ou o que acontecerá, o que ajuda muito também.

    Proficiência no ambiente de trabalho

    Continuando a discussão sobre estresse e ansiedade, quem pratica a meditação diária observa um impacto muito positivo no trabalho de modo geral. As empresas procuram pessoas que sabem lidar com demandas multi-tarefa e, na maior parte dos casos, trabalhar exige essa habilidade mesmo. Precisamos estar sempre atentos, ser diligentes e mostrar aptidão para tomar decisões importantes muito rápido.

    Essa proatividade combinada com bem-estar psicológico não é boa só para o seu ambiente de trabalho, mas para a sua própria vida. Se você lida com seu trabalho de um modo equilibrado, reconhecendo que aquilo é o que você desempenha e não toda a sua vida, vive com mais tranquilidade.

    Se você pratica meditação todos os dias, aprende a deixar o seu corpo e a sua mente em um estado mais tranquilo. Além disso, meditar faz muito bem para a sua memória de trabalho, o que só traz benefícios para qualquer tarefa que você desempenhe.

    Sua habilidade de reflexão melhora e, consequentemente, você toma decisões com muito mais sobriedade. Dessa forma, o seu índice de assertividade também aumenta.

    Prevenção de doenças

    Esse benefício vai de encontro a algo que todo mundo sabe, mas nem todo mundo faz alguma coisa para prevenir o problema: estresse e ansiedade fazem muito mal para a saúde. Isso não vale apenas para o momento em que os sintomas já indicam que há algo errado com o corpo, mas para prevenir doenças.

    Meditar diariamente não traz para a sua vida benefícios apenas no sentido de tratar problemas, mas de preveni-los também. Como já apontamos mais acima, há uma miríade de sintomas chatos que começam a fazer parte de quem vive estressado.

    Problemas físicos

    No entanto, o que não citamos ainda são as doenças que decorrem do avanço do estresse no corpo. Parece que conseguimos lidar com os sintomas por muito tempo, mas eles trazem uma série de consequências negativas para o nosso sistema! Entre eles estão:

    • câncer,
    • depressão,
    • estafa,
    • alopécia,
    • melasma,
    • entre muitos outros.

    Olhando para esses problemas, vemos que uma vida equilibrada faz bem para o coração, para a pele, para o cabelo e para o corpo de modo geral. Ademais, essa lista nos mostra quão graves são as doenças que podemos evitar hoje. Se a meditação diária ajuda a trazer equilíbrio e clareza, consequentemente todas essas áreas ficam protegidas também. 

    Para além dos transtornos que citamos mais acima, é importante lembrar que o estresse tem um papel importante no desenvolvimento de doenças autoimunes sérias. Um exemplo disso é o lúpus que, quando ativado, tem potencial para atacar o próprio corpo sem que haja nenhum tipo de ameaça iminente. Ainda que o estresse não “cause”o lúpus, ele é um dos responsáveis pelo despertar de crises que podem levar uma pessoa a óbito.

    Como há tantos problemas relacionados ao impacto do estresse na vida do ser humano, devemos ter em mente o fato de que se estressar constantemente não é saudável. Não é bom.

    Leia Também:  Pedido de desculpas para namorado ou namorada

    Portanto, é necessário tomar muito cuidado com o mau gerenciamento de emoções e pensamentos. Se você se esforçar para meditar diariamente, as chances de conseguir lidar melhor com essas áreas da sua vida, ela melhora por completo.

    Problemas psíquicos

    Por fim, ainda precisamos citar os transtornos psíquicos ou psicológicos que decorrem de uma vida estressante. Citamos a depressão e a ansiedade, que tem uma relação direta com a nossa mente. Contudo, há muitos outros problemas que podem se desenvolver por conta de uma rotina em que não há equilíbrio.

    Veja alguns exemplos:

    • Transtorno de estresse agudo,
    • Transtorno de estresse pós-traumático,
    • Compulsão alimenta.

    Como a meditação diária ajuda a lidar melhor com o estresse no dia a dia, a prevenção para todos esses problemas que citamos vem por tabela. Assim sendo, vale a pena investir nas dicas que demos mais acima para meditar todos os dias. Olha só quantos problemas você estará prevenindo!

    Melhor qualidade de sono

    Ainda resta um benefício da meditação diária que não comentamos aqui, mas que permeia todas as vantagens que nós já comentamos. Pense por um momento: quando você está estressado e ansioso, como fica a qualidade do seu sono?

    Provavelmente não é muito boa. Isso porque um dos principais sintomas problemáticos do estresse é a insônia.

    O ciclo do sono ruim

    Nesse caso, quando o sono chega e a pessoa consegue dormir, ela acaba acordando muitas vezes ao longo da noite, tem pesadelos e acorda se sentindo muito cansada. Logo, o rendimento na vida pessoal e profissional será afetado. 

    A reação em cadeia não acaba por aí. Se você vai para o trabalho cansado, as suas chances de prestar atenção no que está fazendo são poucas.

    Dessa forma, você acaba desempenhando um trabalho ruim, o que não é bom para o seu relacionamento interpessoal com seus superiores e colegas de trabalho.

    Como mencionamos anteriormente, problemas no ambiente de trabalho raramente ficam por lá. Em algum momento, você vai levar esses problemas para casa no modo como trata a sua família. Tudo começa com um isolamento, uma resposta mais rípida…

    Se você se acostumar a tratar as pessoas mal, seus relacionamentos começarão a trazer problemas e isso só te deixará mais infeliz.

    Como a reação é cíclica e não para, você não vai conseguir dormir e descansar. Assim, todos os dias vai levar o peso de estar com muitos problemas acumulados. É nesse ponto que todas as doenças e problemas que citamos acima começam a aparecer.

    Meditação e sono

    Mais uma vez, destacamos o quanto a meditação diária ajuda você a lidar melhor com o estresse. Ademais, há estudos que comprovam o quanto ela pode trazer mais qualidade para o seu sono.

    Se os malefícios de noites mal dormidas têm um impacto cíclico sobre diversas outras áreas da sua vida, imagina a quantidade de benefícios subsequentes de uma prática que te ajuda a dormir bem melhor. É como dita a lei da semeadura: aquilo que você planta é aquilo que colherá. Portanto, se plantar na sua rotina hábitos saudáveis, colherá saúde como consequência.

    O raciocínio é simples. Se, sem dormir, você perde a qualidade do seu gerenciamento de tempo, de tomada de decisões e o prazer de passar tempo com quem você ama, imagine o que você conseguirá ao simplesmente parar para deixar a sua mente descansar. As consequências são muito positivas!

    Comentários finais

    Neste post, você leu sobre os benefícios de investir na meditação diária como hábito. Ademais, aprendeu maneiras simples de manter o hábito em qualquer momento e qualquer lugar. Para entender a mente humana mais a fundo, se matricule em nosso curso 100% online de psicanálise clínica. Você pode aproveitá-lo para a sua vida pessoal ou para a sua profissão. Ademais, poderá clinicar como psicanalista! Assim sendo, não deixe a oportunidade passar!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *