medo de mudar

Medo de mudanças: entenda a Metatesiofobia

Posted on Posted in Fobias

O medo de mudanças, se for patológico, é chamado de metatesiofobia, que se refere um medo intenso e desproporcionar das mudanças. Sobremodo, o medo de mudar surge da nossa mente, que tende a nos fazer recuar quando vê a necessidade de se adaptação, seja ela qual for. Como mudança de emprego, casa, término de relacionamento.

Embora comum, o medo de mudanças não é coerente, tendo em vista que nossa natureza nunca fica em um mesmo estado, sempre está em constante movimento e evolução. Assim também deveriam ser nossos comportamentos e pensamentos, onde a cada dia deveríamos aspirar a coisas diferentes. Neste aspecto, ter medo do novo seria o mesmo que ter medo de viver.

O que é metatesiofobia?

Metatesiofobia é o termo utilizado para esta fobia específica, o medo de mudanças, que, neste ponto, passa a ser intenso e irracional e, até mesmo, paralisante. Ainda, quem sofre desta fobia entende serem inaceitáveis as mudanças que ocorrem naturalmente em sua vida, e, assim, acabar por desencadear diversos transtornos, como, por exemplo, ataques de pânico.

Desde situações cotidianas, como a perda de um emprego até falecimento de um familiar, fazem com que a desenvolva a metatesiofobia. Tendo em vista que o seu medo de mudanças é tão grande, que ela não consegue lidar com situações que não estão sob seu controle. Quem sofre do medo de mudanças, faz tudo para não ocorrerem alterações em sua vida, sejam positivas ou negativas.

De todo modo, sabemos que a maioria das pessoas possui medo de mudanças, porque a sociedade, no geral, acaba se acostumando a ter padrões de conduta, conforme determinadas regras socialmente impostas, pois lhe trazem uma ilusão de segurança.

Porém, quem tem metatesiofobia não é capaz de lidar com nenhuma mudança, por menor que seja. Por exemplo, a pessoa tem medo de ir ao mercado novo da cidade, devido ao fechamento do antigo que costuma ir.

As mudanças são necessárias

Primeiramente, temos que ter em mente que as mudanças são necessárias, elas fazem parte do crescimento e evolução pessoal e social. Cabendo a nós enxergá-las como positivas, nem que seja sob o aspecto da experiência que adquirimos com cada mudança que passamos pelas nossas vidas. Ou seja, as mudanças sempre acontecerão, embora dê medo, mudar é preciso.

Os seres humanos tentam sempre manter o controle sobre suas vidas, até mesmo sobre acontecimentos futuros, embora conscientemente saiba que isso não é possível. Além disso, possui a tendência de entender as mudanças como algo negativo, enfatizando as probabilidades de dar errado, sem destacar as possibilidades de acerto.

Portanto, as mudanças são necessárias e o medo delas surge principalmente da falta da imaginação das pessoas sobre as boas oportunidades que o novo pode proporcionar em sua vida. Assim, devemos sempre entender que as mudanças podem ser estimulantes e motivadoras, basta mudarmos nosso enfoque.

Por que temos medo de mudanças?

Normalmente as pessoas têm medo de situações novas, tendem a ter medo de mudanças, pois o atual contexto de vida pode até não ser bom, mas é habitual e lhe traz, de certo modo, segurança. Ao simples fato da hipótese de mudança, nos pegamos muitas vezes pensando:

  • “Não vou trocar o certo pelo duvidoso.”;
  • “Será que isso vai dar certo?”;
  • “Melhor deixar como está.”

Antes de tudo, saiba que estas perguntas não podem ser respondidas, pois somente vivenciando o novo, sempre dando o melhor de si, é que poderá saber o que o futuro lhe espera. Nesse ínterim, para assumirmos a necessidade de mudar de vida, e eliminar de vez o medo de mudanças, é preciso se conscientizar sobre sua satisfação com a vida atual. Você faz o que gosta e é feliz?

Se a sua resposta for não, se você sabe que não terá uma vida satisfatória com sua situação atual de vida, chegou a hora de enfrentar o medo de mudanças. Pois você possivelmente está em uma zona de conforto que não está deixando você progredir e ser feliz.

Quando você quer algo em sua vida, que requer mudanças, mas não está conseguindo, pode estar com resistências e medo de mudanças, de forma inconsciente. As resistências são, em suma, ideias que nosso inconsciente traz que nos remetem a acreditar que aquilo que queremos nos causará algum mal.

Leia Também:  Fobia de furos: significado, sinais e tratamento

Daí a importância de trazermos nossas resistências a mente consciente, racionalizando o medo a situação concreta. Faça a si mesmo a seguinte pergunta: “O que de ruim irá acontecer se eu conseguir o que quero?”. Pode parecer simples, mas isso poderá ser um despertar para sua mente consciente e bloqueará as suas resistências inconscientes que estão lhe paralisando.

Medo de mudanças esquema

Sintomas de Metatesiofobia

Voltando ao medo de mudanças em um quadro patológico de fobia, a pessoa sente um medo incontrolável de qualquer mudança em sua vida, por mais sutil que seja. Assim, leva a vida tentando de todas as formas evitar eventos que possam lhe trazer mudanças inesperadas a sua rotina. O que acaba o levando a tentar sempre ter o controle sobre sua vida e até mesmo das pessoas que convive.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Essa fobia possivelmente impedirá que a pessoa se desenvolva na vida, perdendo oportunidades de experimentar situações pessoais e profissionais, pois sempre acredita que está em risco se algo novo acontecer. Quando a mudança foge do controle da pessoa e acontece de forma incontrolável, ela acaba por não aceitar a realidade. Como, por exemplo, perder seu emprego.

    Diante do fato de não aceitar que o estado de coisas e situações se alterem, quando essas mudanças acontecem, quem sofre de metatesiofobia apresenta comumente os seguintes sintomas:

    • ansiedade intensa;
    • tensão muscular;
    • sudorese;
    • ataque de pânico;
    • dificuldade de autocontrole;
    • comportamento controlador.

    Tratamento de metatesiofobia

    Muitas pessoas convivem com a doença, sem procurar ajuda profissional, talvez por desconhecimento ou, até mesmo, vergonha de sua condição, fazendo com que a doença se torne cada vez mais grave. Então, se você possui qualquer dos sintomas em relação aos homens, procure ajuda de um profissional da saúde mental.

    Assim como a maioria das fobias, não existe um tratamento específico para a metatesiofobia, ou medo de mudanças. Entretanto, dentre os principais tratamentos para as fobias estão as sessões de terapia. Onde o profissional da área atuará diretamente na diminuição da fobia, encontrando a sua causa para, então, utilizar-se de técnicas para diminuição ou até mesmo a cura. 

    Nos casos que a fobia atingiu níveis graves, possivelmente será necessária a prescrição de medicamentos, por um psiquiatra, como, por exemplo, antidepressivos e ansiolíticos.

    Saiba que as mudanças são parte da natureza humana

    Portanto, se você está sofrendo com medo de mudanças, antes de tudo, entenda que nossa natureza humana nos traz toda estrutura para enfrentar mudanças. Então, acredite no seu potencial, que lhe é inato, e experimente coisas novas, sendo elas difíceis ou fáceis, previsíveis ou imprevisíveis. Confie em sua natureza e viva o presente, sem tentar controlar as mudanças da vida.

    Medo de mudanças citação sócrates

    Quer entender mais sobre como funciona a mente?

    Contudo, se você está aqui no final deste artigo, possivelmente gosta de entender sobre como funciona a mente e o comportamento humano. Então, lhe convidamos a conhecer nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica, dentre os ensinamentos, você aprimorará seu Autoconhecimento: A experiência da psicanálise, é capaz de proporcionar ao aluno e ao paciente/cliente visões sobre si mesmo que seria praticamente impossível obter sozinho. 

    Por fim, se gosto deste conteúdo, curta e compartilhe em suas redes sociais. Assim, nos incentivará a continuar produzindo artigos de qualidade para nossos leitores.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.