Mentes ansiosas é um dos grandes livros da atualidade. Então, para saber mais sobre as ideias de Ana Beatriz nesse livro, confira nosso post!

Mentes Ansiosas: resumo do livro de Ana Beatriz

Posted on Posted in Transtornos e Doenças

Mentes ansiosas é um dos grandes livros da atualidade. Pois, a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa trata de assuntos tão recorrentes nos dias de hoje. Ou seja, a ansiedade e o medo. Então, para saber mais sobre esse livro, confira nosso artigo!

Livro Mentes ansiosas

Publicado em 2017, o livro “Mentes ansiosas: o medo e a ansiedade nossos de cada dia” ajuda as pessoas que passam por esse transtorno. Isso porque, a sociedade deve aprender a cuidar da saúde mental. Ademais, a obra trata dos principais aspectos sobre o assunto.

Assim, Ana Beatriz é uma das psiquiatras mais conhecidas no Brasil. Desse modo, seu trabalho visa tratar de diferentes transtornos. Logo, com os seus livros ela nos ensina a identificar comportamentos. Assim como a busca por tratamentos mais adequados.

Por isso, “Mente ansiosas” é uma leitura para todos nós. Sendo assim, conhecemos nosso eu interior. E ainda, as pessoas a nossa volta. Desse modo, transformamos nossas relações com os outros. Logo, visamos o bem-estar e a qualidade de vida.

Resumo de Mentes ansiosas

Dividido em 18 capítulos, este livro é um guia para ajudar as pessoas com ansiedade. Isso porque, a autora trata tanto das principais causas do transtorno, quanto dá dicas para lidar com os sintomas. Então, para começar, Ana Beatriz fala sobre a ansiedade do ser.

A relação entre o medo e a ansiedade

Dessa forma, a psquistra explica que o medo e ansiedade estão associados. Ademais, são sentimentos naturais dos seres humanos, pois são necessários para a nossa sobrevivência. Ou seja, eles são parte dos nossos instintos.

Contudo, há um tipo de ansiedade que vem dos valores culturais. Portanto, nossos pensamentos estão voltados a tais valores. E ainda, nossas ações são influenciadas para uma determinada ideia de sucesso. Logo, a nossa existência visa o que determinados grupos esperam de nós.

Ansiedade e consumo

Sendo assim, não é à toa que muitas mulheres esperam casar e ter filhos. Ou ainda que realizem o sonho da casa própria. Além da necessidade desenfreada de comprar e ter. Além de tantos outros aspectos relacionados à felicidade e sucesso.

Mas, o fato é que tudo que está voltado ao consumismo. Então, segundo Ana Beatriz

Portanto, é fácil entender que crianças nascidas e criadas em sociedades materialistas desenvolvam níveis mais elevados de ansiedade. E boa parte dessa ansiedade é nutrida pelas expectativas culturais que os adultos lhes transmitem.

Dessa forma, entendemos que há um ciclo vicioso, já que a economia gera em nós o desejo do consumo. Então, nos tornamos pessoas mais consumistas. Logo, passamos os mesmos valores para nossos filhos. Como resultado, não desenvolvemos o nosso eu. Porque, na verdade, nem somos estimulados para isso.

A influência das redes sociais

Para piorar, com o uso cada vez mais desenfreado das redes sociais, vivemos em competição. Isso porque, tais ambientes são uma vitrine para mostrar nossas aquisições. Assim, somos estimulados e estimulamos a inveja e a cobiça.

Leia Também:  Mentes ansiosas: 10 dicas da Psicologia

Sendo assim, ser uma celebridade na internet não é mostrar quem somos de fato. Mas nos expor como produtos, mostrando um estilo de vida. Então, muitas pessoas vivem à base de curtidas para se sentirem bem consigo mesmas.

Além disso, isso reflete o quanto estamos sempre em busca de aprovação dos outros. Por isso, a psquiatra chama a atenção para o uso mais saudável das redes sociais. Logo, vale a pena conferir outras lições que Ana Beatriz nos ensina.

5 lições do livro Mentes ansiosas

1. Tenha cuidado com a utopia do amor romântico

Segundo Ana Beatriz, há uma utopia do amor romântico. Assim, ela nos faz acreditar em casamentos de contos de fadas. Desse modo, colocamos muitas expectativas nos relacionamentos e nos nossos parceiros. Ainda, ficamos ansiosos para encontrar a “alma gêmea”.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Contudo, a realidade é diferente dos filmes. Pois, a paixão e a atração não duram para sempre. Afinal, todos passam por conflitos e esquecemos que cada pessoa tem as suas particularidades. Logo, uma relação a dois exige muito esforço das duas partes.

    2. Aprenda a lidar com a insônia

    Muitas pessoas com ansiedade sofrem com a insônia. Por isso, além da ansiedade, elas também precisam lidar com o estresse provocado pela falta de sono. Ademais, o corpo também acaba sobrecarregado pelas noites mal dormidas.

    Nesse sentido, a psiquiatra fala sobre a “Higiene do Sono”. Ou seja, ações estratégicas para estimular a hora de dormir e a hora de despertar. Dessa forma, ela fala sobre a importância da rotina com horários determinados. Assim como os horários para a alimentação e prática de exercícios.

    Ainda, Ana Beatriz fala sobre a importância do ambiente. Pois, é preciso ter um lugar confortável com luzes mais amareladas. E também evitar levar os problemas para a cama, já que esta é feita para dormir.

    3. Compreenda que você é um ser humano e não um super-herói

    Diante da correria do dia a dia, fazemos diversas coisas ao mesmo tempo. Afinal, precisamos dar conta de tudo, não é mesmo? Mas na verdade não precisamos! Pois, ao nos enchermos de tarefas, ficamos sobrecarregados. E isso acontece, em especial, com as mulheres.

    Isso porque são elas que assumem mais responsabilidades, como cuidar da casa e dos filhos. Além, de trabalhar fora. Contudo, é preciso entender que o corpo e a mente precisam de descanso. Porque, uma rotina cheia gera ansiedade e assim doenças, como:

    • hipertensão arterial;
    • fome excessiva;
    • úlceras estomacais;
    • fibromialgia;
    • doenças cardíacas;
    • cefaleias.

    4. Saiba que violência, medo e ansiedade caminham juntas

    Diante do cenário cada vez mais violento em nosso país, vivemos com medo. Assim, não é à toa que muitas pessoas ficam ansiosas ao sair de casa. Pois, acreditam que coisas ruins irão acontecer. Isso acontece por conta das informações que o nosso cérebro recebe a todo momento.

    Nesse sentido, a psiquiatra nos aconselha a usar um filtro sobre as informações. Contudo, a ideia não é que sejamos alienados, mas que evitemos o consumo excessivo de notícias. Então, evite assistir aos jornais que “jorram sangue” na televisão.

    5. Seja generoso com você e cuide-se!

    A ansiedade pode se tornar em Transtorno de Ansiedade Generalizada. Assim, está é uma preocupação excessiva que nunca nos abandona. Sendo assim, pessoas com esse transtorno sofrem diversos incômodos físicos e mentais ao longo da vida.

    Leia Também:  Transtorno desintegrativo da infância

    Por isso, é essencial cuidar de si e procurar meios de tratar da ansiedade desde os primeiros momentos. Assim, não espere que os sintomas aumentem. Portanto, busque ajuda psicológica para lidar com as suas aflições. Pois, o profissional indicará o melhor tratamento para você.

    Considerações finais sobre Mentes ansiosas de Ana Beatriz

    Nesse artigo, nós trouxemos os principais pontos do livro Mentes ansiosas. Então, para saber como lidar com a ansiedade, faça nosso curso online de Psicanálise. Desse modo, você desenvolverá seu autoconhecimento e saberá lidar com esses e outros transtornos. Ademais, aproveite também para se especializar e ajudar outras pessoas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *