neuropsicopedagogia

Neuropsicopedagogia clínica institucional e hospitalar

Posted on Posted in Teoria Psicanalítica

A Neuropsicopedagogia clínica institucional e hospitalar, aos poucos vem conquistando espaço no Brasil. Nasceu como uma nova área de conhecimento e pesquisa no desempenho interdisciplinar. Além disso, seu foco é nos processos de ensino e aprendizagem.

Dessa forma, essa área está organizada em etapas. Que avaliam e intervém nos recursos de aprendizado procurando ter informações de todas as ciências que possam ajudar. Isso tudo para formar o entendimento mais detalhado da aprendizagem de cada pessoa.

Assim sendo, essa área tem conhecimentos da neurociência, psicologia e pedagogia. E faz trabalhos de prevenção, pois avalia e ajuda no ensino. E, além disso, ajuda na dinâmica institucional para alcançar os objetivos no processo de aprendizagem. Então, que saber mais? Continue lendo o nosso post!

Avanço da Neuropsicopedagogia no Brasil

O progresso dessa área no Brasil é graças ao Centro Sul Brasileiro de Pesquisa e Extensão – CENSUPEG. E nesse ambiente de educação, os capacitados dessa área são instruídos em várias funções. Como por exemplo:

  • saber o papel do cérebro do ser humano em relação aos processos neurocognitivos na aplicação de estratégias de ensino na escola;
  • ajudar no trabalho da linguagem, do psicológico e do cognitivo da pessoa.

Deste modo, podemos afirmar que essa área se apresenta como um novo campo de educação. E, por fim, por meio dessa educação, este campo vem ajudando as pessoas nos processos de ensino. Em especial, daquelas que têm mais dificuldades para aprender.

Por que avaliações neuropsicológicas são solicitadas?

Antes de mais nada, elas são feitas, em especial, para ajudar a saber como as diferentes áreas do cérebro estão funcionando. O teste neurológico é bom para pessoas que têm perda de memória, por exemplo. Além disso, a avaliação pode ser solicitada, se tiver mudanças na:

  • concentração;
  • organização;
  • memória;
  • linguagem;
  • percepção;
  • personalidade.

Agora já sabemos os motivos de fazer esse tipo de avaliação. Mas como será que funciona o atendimento dessa área? Continue lendo para saber mais!

Os atendimentos

A Neuropsicologia Clínica é para pessoas de qualquer idade. Além disso, ajuda quem tiver dúvidas sobre o funcionamento do cérebro.

O atendimento pode ter algumas dúvidas como: desenvolvimento de bebês, desafios acadêmicos na infância, adolescência e início da idade adulta. E não só isso, mas também desafios profissionais e sociais na vida adulta. Algumas das condições com as quais os profissionais da área lidam no dia a dia incluem, por exemplo:

  • autismo;
  • distúrbios de aprendizagem e atenção;
  • câncer cerebral
  • derrame;
  • demência.

Habilidades usadas

A avaliação neuropsicológica consiste na coleta de informações históricas relevantes e um exame neuropsicológico. Além disso, de análise e integração de dados e feedback para a fonte de encaminhamento.

A história é tida por meio dos registros médicos e de entrevistas com a pessoa. Vale lembrar que tudo isso é feito com a permissão dos pacientes. No entanto, familiares podem ser entrevistados e falar o que sabem sobre as pessoas. E também as suas perspectivas sobre a história e dos sintomas da pessoa.

Está gostando do nosso post? Por isso, te convidamos para comentar abaixo o que estão achando! E ao final do nosso texto, temos um convite especial para você!

Leia Também:  Freud, o pai da Psicanálise

Como é feito o exame?

De forma geral, o exame consiste na aplicação de testes parecidos, usando perguntas orais. Mas, também, usa outras ferramentas como, por exemplo, papel, lápis e computadores. E, por fim, uso de blocos ou de quebra-cabeças. O teste tem uma ampla gama de funções cognitivas. Só para ilustrar, tem as funções abaixo:

  • atenção;
  • memória;
  • linguagem;
  • habilidades acadêmicas;
  • raciocínio e resolução de problemas.

E, por fim, o profissional também pode dar testes e questionários sobre a pessoa. Como humor, estilo emocional, comportamento e personalidade.

Sobre o mestrado

O mestrado dessa área dá aos participantes conhecimentos necessários para saber e atender as demandas desse campo. E também fala sobre os desafios que, hoje em dia, estão na área da saúde.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Além disso, o mestrado dá uma boa formação com as propostas de ensino. E não só isso, mas também em intervenções baseadas em evidências.

    Ficou curioso para saber mais? Continue lendo o nosso post! E não deixe de comentar o que está achando.

    Saiba mais…

    Os alunos que escolherem a especialidade clínica serão capazes de lidar com diversos casos clínicos. Além disso, saberão tratar problemas de diferentes níveis de complexidade. O aluno que queira seguir o campo da saúde conseguirá muitas posições em que se pode conseguir numa intervenção psicológica. Que acontece de forma paralela ao tratamento médico.

    Dessa forma, tendo essas habilidades para o seu conhecimento e aplicação. Os alunos que quiserem seguir pelas duas especialidades, poderão ter todos os benefícios ditos antes.

    Agora já sabemos sobre esse mestrado. Então, continue lendo para saber mais sobre esse assunto tão importante!

    Contribuições

    O Mestrado pretende ajudar na formação de pessoas que têm interesses de especialização em áreas específicas do trabalho clínico, por exemplo. Além disso, é bom para os alunos que acabam de terminar uma faculdade e que querem entrar nessas áreas.

    Tem muitas oportunidades profissionais nessa área tão grande, desde crianças até idosos. E tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas. Bem como saber diagnosticar e ajudar nos problemas e distúrbios que surgem.

    Agora que já sabemos quais são as contribuições dessa área e sobre as suas capacitações. Então, por isso continue lendo. E já comentou abaixo o que está achando do post? Não? Não perca tempo, queremos saber sua opinião.

    Sobre as capacitações

    O Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde faz com que o aluno esteja em uma área muito relevante. Pois, ele trabalhará com pessoas com transtornos mentais. E, por fim, também com os que necessitem de apoio psicológico.

    Também se qualifica para o trabalho em saúde e em várias instituições nas quais o trabalho psicológico é necessário. Além disso, o Mestrado dá uma formação para o desenvolvimento da avaliação e aconselhamento, por exemplo.

    Considerações finais

    Como você viu nesse post, essa área é uma área rica e importante. O entusiasmo profissional é bem alto, isso pelo fato de que o psicopedagogo é modelo essencial  para lidar com diversas questões na escola. Por isso, os ensinamentos e a prática são fundamentais nessa caminhada. Então, é importante investir em uma faculdade boa.

    Além disso, nesse post você ficou sabendo mais sobre essa área e como ela é importante na aprendizagem. E, também, quais são os caminhos para se especializar nessa área. Então, foi muito proveitoso esse texto.

    Leia Também:  Entrevista na Psicanálise

    E, por fim, a Neuropsicopedagogia clínica institucional e hospitalar é uma área incrível que ajuda a lidar com a mente humana. Por isso, convidamos você a saber mais sobre o nosso curso de Psicanálise Clinica. Com ele, você saberá mais sobre esse mundo da Psicologia! Então, não perca tempo! Inscreva-se já e comece ainda hoje!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *