o lúdico na educação infantil

Como usar o lúdico na educação infantil

Posted on Posted in Profissões e Psicanálise, Psicanálise

O lúdico na educação infantil tem representado uma importante ferramenta para se alcançar um aprendizado infantil de qualidade. Desenvolvendo as suas habilidades, é possível colocá-la diante do seu potencial ao crescimento. Vamos entender melhor como esse processo acontece e o que esperar em resultados.

Sobre o lúdico na educação infantil

O lúdico na educação infantil é comprovadamente uma estratégia para aperfeiçoar o desenvolvimento cognitivo dos pequenos. Com isso, a aprendizagem da criança se torna mais dinâmica e ancorada em diversas abordagens totalmente produtivas. As recompensas se ligam a todas as habilidades necessárias ao crescimento.

Para isso acontecer, o educador e a escola juntos refazem as atividades recreativas e trazem elas ao campo pedagógico. Em primeira instância, isso ajuda a estimular a interação das crianças entre si e com o mundo. Em seguida, elas desenvolvem as suas habilidades intelectuais que servirão de estrada no seu caminhar escolar.

Para desenvolver o lúdico na escola o próprio educador precisa de uma fundamentação teórica bem organizada. Isso porque o mesmo precisa manejar e dar a devida atenção para compreender a subjetividade individual de cada aluno. Não apenas isso, mas o educador também irá entender que o repertório das atividades utilizadas precisam se adequar ao momento.

A delicadeza do saber na diversão

A importância do lúdico na educação infantil necessita ser protegida em sua mínima estrutura. Por conta disso que precisa de um planejamento devidamente sistematizado a fim de mediar os progressos nas aulas. Sem contar em fornecer as condições necessárias para que eles aprendam a brincar no coletivo e interagir enquanto se desenvolvem.

Nesse caminho, a Psicologia se coloca à disposição para ajudar no entendimento do desenvolvimento pleno da criança. Para isso, ela vai fornecer os subsídios à educação infantil para que se melhorem as técnicas de manejo. O acompanhamento vai sendo feito com a incrementação de novas atividades e também com a necessidade dos pequenos.

Já que cada fase da criança é única e sensível, os educadores, junto com auxiliares, precisam se atentar a isso. Perceber a frequência exata das necessidades infantis é um exercício complexo, mas que traz excelentes frutos ao projeto educacional. Não apenas as crianças ganham com isso, mas também os próprios profissionais.

A ancestralidade do brincar

O ato de brincar tinha uma conotação ruim a depender de onde era visto, já que se parecia com fuga do trabalho. Entretanto, essa ação é um item enraizado no próprio genoma humano, de modo que desde o útero o fazemos. Inconscientemente, sabemos que experimentar a vida de uma forma mais doce contribui ativamente na nossa formação.

Por causa disso que a importância do lúdico na educação infantil é algo tão relevante na formação educacional infantil. As crianças se movimentam de uma forma livre porque são capazes de enxergar o mundo de uma forma mais leve e descompromissada. Todavia, isso não significa que elas não estejam se preparando para ele enquanto crescem.

Através da ludicidade, as crianças podem ter uma vivência mais enriquecida quanto a compreender a convivência humana. Além disso, a consciência será ampliada conforme a criança cresce, a colocando em contato com sua parte inconsciente.

O brincar é viver

Através do lúdico na educação infantil conseguimos defender diversas razões para o brincar. Por conta desse prazer infantil que o aparelho motor, cognitivo, social e afetivo da criança fica bem estruturado. É por meio deles que ela expressará os seus desejos.

Leia Também:  Psicanálise de Winnicott: fundamentos da teoria

Dentro da educação, a criança se sentirá mais criativa, com capacidade de fantasiar e desenvolver bem suas emoções. Isso permitirá que expresse as conexões entre linguagem, pensamento e ação, lidando com o novo e inesperado. Assim, com mais independência, vai compreender o mundo distante da sua rotina.

O valor de uma infância produtiva na escola

A importância do lúdico na educação infantil está interligada diretamente com o crescimento universal da criança. Nota-se que a mesma possui um instinto natural ao brincar e tirar um proveito positivo da situação ajuda a favorecer o seu aprendizado. Contudo, isso não é um parâmetro para todas as crianças.

Em algumas situações, a criança é privada direta e indiretamente dessa ação. Por exemplo, muitos pais negligenciam a sua participação na educação e não ajudam a perpetuar o que foi aprendido de bom na escola. Não apenas isso, mas também a cultura do lugar onde a criança vive, como zonas sem estrutura social ou mesmo áreas de guerra.

Por isso que se deve valorizar a inserção de brincadeiras, atividades interativas e jogos nos primeiros anos escolares. Além de facilitar o aproveitamento de sua infância, colabora diretamente no seu crescimento como ser humano. Embora esqueçamos disso às vezes, o lúdico na educação infantil ajuda a construir um cenário social melhor.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Desbloqueios

É interessante perceber como o lúdico na educação infantil ajuda a refinar peças brutas em sua mente e comportamento. Como dito linhas acima, as brincadeiras são guiadas pelos educadores para que se possa trabalhar e atingir um ideal de desenvolvimento. Quando bem executada, ajuda na alimentação da:

Imaginação

A criança pode aprender a usar sua imaginação para tornar as brincadeiras mais prazerosas. Não é apenas o ato de pensar, mas saber expandir uma ideia inicial e encontrar novas possibilidades com ela. Mesmo quando nova, isso dará bagagem a ela para que possa lidar com problemas e aplicar soluções a eles.

Saber direcionar ações ao mundo real e fantasioso

Imaginar é algo maravilhoso, porém tem o seu lugar e papel e deve ser visto com mais independência do mundo real. Na ludicidade a criança aprende logo cedo que cada realidade tem o seu lugar, bem como o esforço a tal. Nisso, pode ser mais racional quando precisar e se soltar com vontade nas brincadeiras.

Abstrair

Saber separar objetos de atividades específicas também é um aprendizado conquistado logo cedo. Isso evita, por exemplo, que o pequeno não se distraia com facilidade e foque sua força em algo específico.

Avanços

Os avanços do lúdico na educação infantil são percebidos assim que o processo se desenvolve. Claro, as aplicações são vastas e bem numerosas, porém é possível ter um olhar mais simplista a essa questão. A título de exemplo, veja que nas crianças ficam aperfeiçoados os elementos abaixo:

Atenção

Mesmo tão pequenas, as crianças já compreendem o valor de manter a atenção em objetos e momentos específicos. Além de focar, fazem um estudo do foco de atenção, de modo que possam prever determinadas necessidades. Aqui, é exemplo a decisão se atentar ao movimento na rua e entender as regras para atravessá-la e se manter a salvo.

Consequentemente, isso acaba por trabalhar a sua memória visual, auditiva e olfativa, construindo os primeiros aspectos da referência em memória.

Percepção

Sentir o mundo ao seu redor possibilita que ela o compreenda mais rápido e se insira nele saudavelmente. Em relação ao corpo, a criança deverá compreender suas limitações e conseguir reparar seus progressos. Quanto ao mundo, deverá entender as leis naturais e perceber como isso impacta em seu crescimento.

Leia Também:  Libido para Freud e para a Psicanálise: 7 ideias

Independência

A autonomia vai sendo um item conquistado gradualmente à medida que a criança entende que é capaz. O estímulo que ela recebe ajuda a clarear a sua consciência com o próprio potencial. Aqui se manifesta a vontade de descobrir, fazer e se desafiar, embora ainda necessite de uma guia para filtrar o que será melhor ao momento.

Considerações finais sobre o lúdico na educação infantil

O trabalho realizado com o lúdico na educação infantil visa a quebra de barreiras sobre o potencial da criança. Aprendendo a ser ela mesma, é possível fazer com que não perca os melhores anos de sua infância enquanto aprende e amadurece. Por isso que levantar uma iniciativa bem construída ao seu potencial é vital no seu crescimento.

Para isso, a escola e os pais precisam se unir para validar e proteger a parte lúdica do crescimento. Essa não é uma questão de apenas deixar uma criança alegre. É contribuir ativamente com seu crescimento.

E se você quiser ajudar no desenvolvimento infantil, se inscreva em nosso curso de Psicanálise 100% online. Fazendo isso, não apenas você, mas as crianças em geral entrarão em contato com o próprio potencial e ressignificarão a própria vida. O lúdico na educação infantil pode ser aprimorado com a Psicanálise, uma das melhores ferramentas de crescimento interno que existe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 1 =