sexologia humana

Sexologia Humana: o que é, como se desenvolve?

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

A composição natural do ser humano é construída através de diversas camadas, sejam físicas, mentais ou emocionais. Sem contar que algumas delas são determinantes para se entender o comportamento e a linha de pensamento de cada indivíduo. A fim de entender melhor isso, entenda o que é sexologia humana e como ela ajuda a entender nosso desenvolvimento.

O que é sexologia humana?

Sexologia humana é um ramo da Psicologia que visa estudar a mente humana e suas manifestações sexuais. Para isso, ela vai olhar a diversos lados ligados diretamente a esse aspecto, como comportamento, apego emotivo, mecanismos eróticos, entre outros elementos. Porém, ela também olha adiante, estudando abortos, abusos, natalidade e reprodução.

Analisando arquivos históricos, há provas de que os pilares do estudo sobre o sexo chegam até o período grego ocidental. Bem além disso, no próprio oriente há referências do olhar ao campo sexual do ser humano. De acordo com pesquisas, a ampliação da abordagem tenha iniciado no século XIX com estudiosos alemães.

A saúde sexual e a reprodução humana contam como itens indispensáveis para pesquisa e aprendizado na sexologia. Nesse caminho, se estuda o papel do amor, as relações, emoções sexuais, prazer e satisfação ao estudo científico da sexualidade.

Como esta se desenvolve?

Na sexologia humana, o sexólogo carrega métodos de aconselhamento psicológico para trabalhar crenças e mitos envolvendo o sexo. Com isso, se vale de técnicas cognitivas comportamentais para que se possa trabalhar a disfunção ao redor da sexualidade. Por exemplo, o aconselhamento e educação sexual de casais no experimento da sexualidade.

É importante destacar que a composição científica da sexologia abraça diversos conceitos para que valide seus estudos. Nesse caminho, há referências da Psicologia, Biologia, Sociologia, educação, Medicina, antropologia, neurologia, entre outras áreas.

Os sexólogos trabalham e estudam no meio dessas áreas especializadas como forma de refinar sua postura. Isso permite a alguns um olhar mais refinado sobre os estágios da vida onde a sexualidade é vital ao desenvolvimento.

Criminologia

A sexologia humana foi utilizada nos estudos e trabalhos envolvendo o campo da criminologia. De acordo com estudos, esse uso pode ser visto como um modo de prevenir comportamentos sexuais que eram diferentes do “comum”.

Aqui surge a ideia de “loucura sexual” para determinar o comportamento sexual distinto ou mesmo que fosse criminoso. É possível pensar que isso abrangia também as questões de cunho feminino. Como bem sabemos, historicamente as mulheres sempre foram vítimas de abusos e eram alvos constantes unicamente por seu gênero.

Com o tempo, o foco do estudo sexológico se concentrou mais nos resultados do sexo do que a experiência da sexualidade.

A origem dos problemas na sexologia

Os trabalhos da sexologia humana indicam que ainda existe uma inquietação à maioria quando se fala em sexo. A exemplo, é bastante difícil em uma conversa cotidiana se falar em sexo de modo confortável e com segurança. Porém, embora seja algo necessário ao diálogo, o mesmo foi transformado em tabu.

Ao contrário disto, o sexo deveria ser um objeto natural e comum ao entendimento humano. Graças às diversas intervenções sociais que se mostram pobres no desenvolvimento humano, se alimentou uma sensibilidade dispensável sobre o tema. Infelizmente, isso é prejudicial porque inibe questões importantes ao crescimento no começo da vida.

A OMS indica que a saúde sexual é um item de direito a todos e a satisfação é vista como um bem-estar de grande importância. Por isso que o aconselhamento sexual deve ser alimentado de uma forma mais livre no cotidiano. A sua experiência pessoal precisa ser refinada e adequadamente guiada.

Leia Também:  Isso também passa: diga nos piores e melhores momentos

O sexo e a sexualidade

É preciso deixar claro na sexologia humana que sexualidade não pode ser visto como sinônimo de sexo. Sexualidade indica ligação com afeto e no seu modo de se colocar e ser no mundo, sendo ao relacionado ao bem-estar da vida. Aqui se encontram suas emoções, sensações, relacionamentos, experiências, amores e prazeres.

Já o sexo indica as características corporais que separam a ideia entre masculino e feminino. Sem contar que este, sim, se direciona ao prazer físico, o sexo propriamente dito. Por sua vez, a sexualidade vai além com o prazer de sentir sua individualidade, trabalhar o respeito, comunicação e afetividade.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Ao fim, a sexualidade é o meio que você possui de ser e se colocar no mundo, sendo esta multidimensional. É influenciada por diversos fatores, incluindo cultura, história, Biologia, Psicologia, religião, entre muitos outros fatores.

A terapia em seu relacionamento

Na abordagem da sexologia humana, compreendemos que nos relacionamos com outras pessoas quase sempre. Durante a terapia se busca separar questões pertinentes ao campo sexual de sua vida pessoal. Em relação aos relacionamentos, a terapia auxilia:

No entendimento de sua identidade e aspirações

O trabalho terapêutico auxilia em esclarecer quem você é em sua real natureza. Também ajuda a deixar claro o que você tem esperado dos parceiros com que se relaciona. Assim, pode separar adequadamente o que é possível e real à sua vida e ao contato com outras pessoas.

Compreender ligações necessárias e estipular limites

É preciso que você entenda que o seu relacionamento e a sua vida sexual não possuem independência um do outro. Ambos se influenciam e refletem sua composição individual um no outro, de maneira que se equilibrem. A exemplo, uma vida social e afetiva negligenciada pode impactar diretamente sobre a sua percepção quanto ao sexo.

A importância de escolher um bom profissional

Compreendendo a necessidade da sexologia humana, procurar um bom profissional na área pode te ajudar a desenvolver aspectos de sua vida. Claro, endireitar seu relacionamento não indica a solução rápida de sua vida sexual. Porém, a visita a um sexólogo é maravilhosa no sentido de:

Ter segurança

Sexólogos promovem um lugar de segurança para que você possa se comunicar adequadamente. Assim, pode entender e se concentrar na melhora de suas necessidades sexuais e sociais. O profissional treinado e devidamente atualizado poderá dirigir o momento e te orientar devidamente.

Compreensão garantida

Estes profissionais alimentam continuamente uma compreensão sobre o seu momento e na busca do entendimento de sua sexualidade. Aliás, ele tem mais gabarito e segurança para trabalhar seus problemas de relacionamento que outros profissionais.

Considerações finais sobre sexologia humana

A sexologia humana serve como uma porta sem trancas para entendermos o que a maioria inibe. Certamente, você ou uma pessoa conhecida não teve a oportunidade de conversar sobre a sexualidade. O tabu gerado a respeito desse tema acaba por empobrecer a percepção e deixar um vazio de conhecimento em todos nós.

Ademais, utilize os conhecimentos desse estudo para aprimorar a sua perspectiva em relação ao desenvolvimento sexual.

Nesse caminho, aproveite e se inscreva em nosso curso 100% online de Psicanálise Clínica. O mesmo te coloca em contato com o seu autoconhecimento e ajuda a esclarecer questões importantes a você e aos demais. A sexologia humana aperfeiçoada pela Psicanálise contribui imensamente a uma vida mais sadia e próspera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =