bloqueio emocional

Bloqueio emocional: como identificar e desconstruir?

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise

Deparar-se com barreiras internas pode ser um desafio para aqueles que não conseguem vencer esses obstáculos. Entretanto, a escolha mais sadia é compreender como eles se formam e montar um plano para superá-los. Saiba melhor o que é, como identificar e desconstruir um bloqueio emocional.

O que é um bloqueio emocional?

Um bloqueio emocional se trata de um mecanismo de defesa inconsciente para que se evite o sofrimento. Através desse escudo, uma experiência difícil passa a ser vivenciada de um modo mais inconsciente e menos direto. Contudo, isso não significa que essa situação deixe de existir e incomodar o indivíduo.

Embora a vida seja feita em cima de um equilíbrio entre o bom e o ruim, é difícil lidar com o segundo sem preparo. Especialmente na juventude, onde ainda estamos formando a nossa estrutura emotiva e compreendendo o mundo por este aspecto. Por conta disso que muitas pessoas sem instrução emocional levantam esses bloqueios para não sofrer.

Acontece que essas emoções com bloqueios e reprimidas são vistas pelo corpo como organismos estranhos. Ou seja, elas se transformam em doenças ou fatores colaborativos ao surgimento delas. Além disso, há a criação de padrões limitantes que dificultam a sua vida e ajudam no fracasso dela.

Por qual motivo temos bloqueios emocionais?

O bloqueio emocional surge de diversas linhas, mas diretamente com a forma de nos colocarmos no mundo. Isto é, os relacionamentos interpessoais que produzimos com as pessoas e com as situações que chegam até nós. Daí, o bloqueio acaba surgindo, em parte, da:

Autoestima

A falta de segurança em relação à nós mesmos pode desencadear o surgimento de barreiras internas. Desconfiar das próprias capacidades com medo do julgamento e rejeição nos faz frear qualquer posicionamento pró-ativo. Nisso, procure imaginar a forma de pensar em alguém que pouco acreditou no próprio potencial durante a vida.

Experiências

Os traumas possuem um papel na construção do indivíduo, mas nem todos sabem lidar com eles adequadamente. Por medo de sofrer novamente, é comum uma pessoa se fechar e criar uma casca. E sempre que situações semelhantes aparecerem pelo caminho, nos mostraremos mais pessimistas e nos acovardaremos com medo de repetir a dor.

Rejeição

Há aqueles que, devido a algum trauma anterior, têm medo de tentar novamente por causa da rejeição. O julgamento alheio se torna uma preocupação recorrente e ambientes sociais se mostram lugares desconfortáveis. Neste caso, algumas pessoas não conseguem superar por acreditarem na realidade projetada onde se enxergam como piadas.

Uma porta fechada leva até a outra

É importante ressaltar que um bloqueio emocional é fortemente influenciado pelo meio em que vivemos. Seguindo um dito popular, você não pode se curar no mesmo lugar que adoeceu e precisa se retirar. Nisso, o entorno conta bastante para a modelação de nossa postura negativa com os bloqueios.

O lugar em que estamos inseridos influencia diretamente, de modo a agir como um campo ou agente de concentração. Esse catalisador ajuda no crescimento de sentimentos e emoções negativas em suas piores formas quando a situação se repete. Assim, para se livrar disso, é preciso ter coragem para achar os alimentadores dessa situação destrutiva.

Como você pode identificá-lo?

A complexidade de um bloqueio emocional se encontra diretamente nas suas origens. Como dito linhas acima, diversos fatores podem surgir para o surgimento desse obstáculo e trancar a sua vida. Nesse caminho, ser sensível e corajoso para encarar de frente o problema com honestidade é o primeiro passo a ser dado.

Leia Também:  Teocentrismo: conceito e exemplos

Nisso, você vai mergulhar na origem do problema e quando ele começou. Quando fizer isso evite repensar em como poderia ter feito diferente ou em qualquer sentimento de culpa associado. Encare de frente a raiz do problema e você até que ponto ele se ramificou em sua vida.

Após isso, é hora de fazer a ressignificação dessas experiências negativas e tirar algo bom delas. Embora seja difícil, olhe por outra perspectiva para que retire lições e aprendizados de situações desagradáveis. O que se faz em tempos de crise ajuda a moldar sua personalidade, tornando mais forte, preparado e resiliente aos próximos desafios.

Todos os lados bons da positividade

É justificável que muitas pessoas não saibam lidar tão facilmente com o bloqueio emocional em algum momento da sua vida. Mesmo que queiram ir adiante, é como se uma trava natural impedisse um movimento mais pró-ativo do corpo. Nesse caminho, a positividade pode auxiliar a destrancar os laços que apertam suas emoções e ações.

Através de estímulos positivos você ajuda a impulsionar o seu desenvolvimento sem se apegar aos medos. Controlando saudavelmente as suas emoções, saberá escolher comportamentos mais conscientes e que te tragam algum benefício a curto, médio e longo prazo. Seu crescimento pessoal precisa do empurrão certo para que possa acontecer.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Por sua vez, os estímulos negativos que não forem tratados continuarão a ser bloqueados pelo inconsciente. Neste caso, a parte oculta da mente continuará a preservar o indivíduo bloqueando a projeção de sua parte emotiva.

Exemplos de bloqueio emocional

Como dito antes, há diversos fatores que podem influenciar na construção de um bloqueio mental. Por conta disso que a natureza dessas barreiras varia de indivíduo para indivíduo e mesmo os casos parecidos têm níveis diferentes. A exemplo, podemos citar como exemplo:

Relacionamentos

Relacionamentos, principalmente complicados, podem influenciar a mente de uma pessoa a agir de determinada forma. Nisso, se torna muito comum ao indivíduo desconfiar dos outros e se sentir com pouca segurança, mesmo daqueles que gosta. Ao fim, se mostra mais como um medo de ser machucado outra vez.

Ambientes

Os lugares onde vivemos possuem uma forte influência em nossa perspectiva de mundo. O trabalho, por exemplo, pode causar insegurança e colaborar para que os funcionários não alcancem suas metas. Já que sempre ter há alguém te avaliando e cobrando de você pode ajudar no levante do bloqueio.

O papel da inteligência emocional

Trabalhar um bloqueio emocional é uma ação delicada a quase todas as pessoas. Porém, esse movimento é necessário para que pessoa possa ressignificar os eventos que aconteceram. Mesmo que a experiência não mude, você conseguirá encontrar um novo sentido a esse evento e diminuir a sua dor.

É por conta disso que você precisa desenvolver a sua inteligência emocional para construir sua consciência emocional. Isso vai dar o conhecimento e profundidade que precisa para entender sua história de vida e emoções envolvidas. Assim, trabalhará melhor os seus traumas e ajudará a dissolver os bloqueios existentes.

Considerações finais sobre bloqueio emocional

O bloqueio emocional se origina da falta de segurança, medo e desconfiança em nossas próprias capacidades. Entretanto, a força desses elementos pode criar uma barreira difícil de quebrar. Isso pode comprometer a nossa postura no mundo e invalidar qualquer intenção de nos recuperar.

Leia Também:  Masculinidade tóxica: o que é? Significado e como lidar

Assim, tente compreender a raiz do seu problema e tome a coragem necessária para lidar com ele. Não há a menor necessidade de se tornar um refém de suas ilusões destrutivas e negativas. Comece a olhar para além com a certeza de que pode fazer mais por si mesmo no mundo em que vive.

Para que possa fazer isso adequadamente, se inscreva em nosso curso 100% EAD de Psicanálise Clínica. O curso foi construído para que você possa alcançar o seu potencial e entender sua própria natureza por meio de um autoconhecimento mais elaborado. Com a ajuda do nosso curso de Psicanálise, qualquer bloqueio emocional em sua vida será derrubado com um sopro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 7 =