pai da Psicanálise

Freud, o pai da Psicanálise

Posted on Posted in Psicanálise, Teoria Psicanalítica

Freud, assim como tantos outros, possui uma obra que antecede o seu nome. Justamente por isso que é válido um mergulho, mesmo que breve, na trajetória do médico e psicanalista. Conheça um pouco mais sobre o pai da psicanálise e como ele revolucionou a forma de ver a mente humana.

Sobre Freud

Ao contrário do que se pensa comumente, a história do pai da Psicanálise não é a de uma figura intocável, como muitos imaginam. Desde pequeno Sigmund Schlomo Freud enfrentava dificuldades pessoais para se estabelecer na vida. Se não estava preocupado com as finanças, estava pensando na saúde da família.

Logo aos 17 anos, Freud trocou a faculdade de Direito pela Medicina, se dedicando também à Filosofia. Crescendo ao lado de referências pessoais, o futuro pai da psicanálise construía suas próprias percepções a respeito da vida humana. De forma perspicaz, conseguiu enxergar o que ninguém viu e deu início a um dos maiores levantes terapêuticos na história.

Sobre Freud como indivíduo, a postura social modesta contrastava com a sua sede de aprender. Ele jamais se tornou cômodo mesmo com uma projeção gigantesca da sua linha de trabalho. Embora fosse descrito pelos filhos como um trabalhador incansável, também foi visto como um homem amoroso e dedicado.

Revolução social e terapêutica

Em uma época de descobertas sociais e psicológicas, Freud, o pai da Psicanálise, desafiou padrões arcaicos e limitantes. Inicialmente voltado à Medicina, Freud descobriu sozinho que os tratamentos da época se mostravam ineficazes tendo em vista aquilo que a população precisava. Por isso que, gradativamente, iniciou os artigos que deram origem à futura Psicanálise.

Ao contrário da visão do momento, a Psicanálise se mostrou um caminho fluido para o tratamento de lesões psíquicas. A grosso modo, podemos afirmar que era uma abordagem nada ignorante, se comparado a outros métodos. Muitos pacientes morriam devido às abordagens utilizadas popularmente, como sangria, cocaína e até eletrochoque.

Contudo, outros profissionais da saúde acusavam a abordagem e faziam ataques constantes. Entretanto, isso não serviu para apagar os resultados positivos alcançados pelos pacientes nas mãos de Freud. Uma ótima forma de entender melhor quem foi o pai da Psicanálise é observar o impacto causado por seu trabalho.

A terapia freudiana

O pai da Psicanálise ganhou esse título a um certo custo, por assim dizer. A Psicanálise surgiu de estudos, reflexões e algumas experiências pessoais negativas, bem como de terceiros. Embora não tivesse sido o único trabalho dele, foi o mais importante que entregou em vida.

Como dito linhas acima, a Psicanálise reinventou o olhar sobre a mente humana. Se antes não conseguíamos compreender a superfície do comportamento humano, agora temos acesso a uma parte dificilmente acessada. Por meio da Psicanálise, compreendemos melhor o fluxo existencial que nos acompanha ao longo da vida e reflete em nossa própria imagem.

Entenda a Psicanálise como uma forma saudável de aprimoramento, resiliência e crescimento pessoal. Tudo o que precisamos é alocar as peças soltas em seus devidos lugares e entender como isso nos afeta. A terapia freudiana é uma resposta sadia para nossas necessidades, cobrindo o que precisa ser coberto e deixando um espaço aberto para abraçar possibilidades atrativas.

Impactos e legado

Ainda que as ideias do pai da Psicanálise tenham provocado repúdio em alguns, outros se mostraram inclinados a elas. Durante a passagem do tempo, Freud teve diversos seguidores e discípulos para propagar seu ensinamento e visão sobre a mente humana. Não apenas isso, mas essas pessoas também foram responsáveis por reinventar o método e abranger outras perspectivas.

Leia Também:  A Incrível Máquina Cerebral: Nosso Comportamento aos Olhos de Freud

Jacques Lacan, Melanie Klein, Donald Woods Winnicott, Carl Jung… Independente das áreas que atuavam originalmente, todos encontram novos caminhos de estudo quando acharam a Psicanálise. Certamente, cada um tinha uma contribuição pessoal a ser dada, proporcionando novos vislumbres sobre a essência humana.

Consequentemente, isso permitiu uma expansão da Psicanálise, refinando conceitos mais brutos não continuados ou abordados por Freud. Claro, existem algumas cisões em alguns pontos quanto a Freud e seus seguidores. Todavia, ao modo pessoal de cada um, temos mais clareza a respeito da natureza humana e nosso desenvolvimento.

Algumas linhas de pensamento

Embora seja o pai da Psicanálise, o trabalho de Freud com o ser humano vai além desta patente. Outros pensamentos derivados ou mesmo independentes são fontes de estudo e referência ao momento presente. Podemos ver uma proporção e reflexão maior a partir de:

Pensamento e linguagem

De acordo com Freud, nossos pensamentos são frutos de processos diversificados, incluindo a linguagem derivada de imagens. Nossa parte inconsciente se liga diretamente com a fala, o que dá origem aos atos falhos de cada um. Por meio dessas falhas e chistes, conseguimos formular símbolos imagéticos em nossos sonhos.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Transferência

Algo bastante popular dentro da Psicanálise é a proposta da transferência em terapia. Basicamente, o paciente projeta no psicanalista suas emoções, impressões e sentimentos por associá-lo com um parente próximo. Por meio disso que seria possível resolver seus traumas e conflitos reprimidos.

Sexualidade infantil

Freud afirmou que os estágios do desenvolvimento começavam ainda na infância e isso impactaria na fase adulta. A criança explora e compreende instintivamente que algumas partes do seu corpo proporcionam prazer se estimuladas. Assim que isso é mal desenvolvido, acaba por gerar problemas mentais e de conduta em seu crescimento.

Críticas

O trabalho do pai da Psicanálise não chegou ileso aos tempos modernos. Ao longo do tempo, diversos críticos se opuseram contra a sua abordagem, acusando de ineficaz toda a construção da terapia.

Apesar delas, muitos acabam por ignorar os resultados obtidos com o passar dos anos. Sem contar que é visível a estruturação da ciência moderna nas ideias sobre a mente humana estabelecidos por Freud. Assim como em outras propostas, a terapia freudiana e seu criador não passaram despercebidos por acusações e injúrias.

Ensinamentos

Mesmo que pareça até vulgar, é possível traduzir os ensinamentos mais complexos do pai da Psicanálise a uma simplicidade confortável. Ainda que se necessite de um aprofundamento maior, mergulhar superficialmente abre as portas para o que estar por vir. Por exemplo:

Complexo de Édipo

A criança descobre sua inclinação afetiva para um dos pais enquanto abstrai o outro desse processo. Neste ponto se inicia os primeiros estágios de identificação pessoal com algo além de si. Ao fim, a criança aprende a dividir as forças e direcionar aos pais simultaneamente.

Libido

Energia direcionada a seres e objetos com o intuito de gerar prazer no indivíduo. De outro modo, podemos classificá-la também como um combustível á própria vida, movimentando e ajudando a desenvolver o indivíduo.

Repartição do inconsciente

Freud identificou a existência de camadas mentais que fazem a construção da mente: Ego, Superego e Id. Ego serve de ponte entre a nossa parte interna com o mundo externo; Superego serve como repressor aos nosso impulsos internos; Id designa toda a nossa parte primitiva e instintiva, sem freios ou restrições morais.

Leia Também:  Pulsões de morte e morte dos instintos

Considerações finais sobre o pai da Psicanálise

O pai da Psicanálise se mostrou um excelente educador quanto ao desenvolvimento humano. As ideias entregues por Freud ajudaram a materializar uma perspectiva mais profunda a respeito da consciência humana. Se hoje somos quem somos e sabemos disso é por causa de Freud e seus seguidores.

De um modo geral, abordar as diversas premissas iniciadas por ele e os demais ajudará a dar novos insights existenciais. Com uma obra tão rica e profunda, dificilmente não encontrará algo direcionado a você mesmo.

Para fazer isso de um modo mais fluido, se inscreva em nosso curso de Psicanálise 100% online. É um excelente modo de entender suas potencialidades, agregar em seu conhecimento e fazer mudanças em qualquer lugar. Estudar as ideias do pai da Psicanálise é uma forma de revitalizar a sua vida e seu futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =