o que é pedagogia da presença

Pedagogia da Presença: 5 princípios e práticas

Posted on Posted in Conceitos e Significados

A educação é um processo contínuo de evolução, e os professores têm um papel fundamental nesse processo. Eles são responsáveis por garantir que os alunos aprendam da melhor forma possível, e isso requer uma participação ativa na vida escolar deles.

Esses profissionais têm o objetivo de garantir que os seus alunos aprendam da melhor forma possível. Partindo desse princípio, hoje nós entenderemos o que significa Pedagogia da presença, cinco princípios e algumas práticas.

O que é Pedagogia da presença?

Segundo educadores, Pedagogia da presença é uma abordagem pedagógica que enfatiza a presença do professor na sala de aula. O professor está sempre próximo ao aluno, acolhendo-o e apoiando-o em seu processo de aprendizagem.

Ou seja, o professor sempre fica próximo ao estudante a fim de favorecer seu aprendizado. Os maristas e salesianos propuseram essa ideia com base no ensino religioso deles.

Na prática, os alunos têm liberdade para conversar, sugerir e participar do aprendizado. Porém, os professores e alunos sempre mantêm a organização, nunca abandonando a disciplina. De acordo com os maristas, essa prática surgiu a partir das ideias do Padre Marcelino Champagnat.

O Padre Marcelino afirmou que essa ideia tem o objetivo de ensinar disciplina de forma preventiva.

Para tanto, os professores seguem os princípios:

  1. Estar próximo ao aluno;
  2. Estar no momento com alegria;
  3. Não oprimir ou inibir os aprendizes;
  4. Saber o momento de se afastar e deixar o aluno experimentar e crescer;
  5. Ser responsável e agir com liberdade.

Nós destacamos que essa disciplina também é utilizada para projetos sociais educativos.

Renovação do ensino

Educadores criam esforços constantes para desenvolver uma educação mais democrática nas escolas. Logo, os alunos acessam recursos culturais e metodologias de aprendizagem em uma escola de qualidade. Além disso, os educadores utilizaram tecnologias respeitando a dignidade e o direito do aprendizado dos estudantes.

Um exemplo são os alunos que são atendidos pelo Programa Ensino Integral de São Paulo. Com a ajuda do programa, os estudantes acessam conteúdos acadêmicos, socioculturais e mais vivências ligadas à qualidade de vida.

Ademais, os alunos saem da solidão ao encontro coletivo por meio da convivência solidária e da interpretação social.

Os gestores da Secretaria da Educação de São Paulo redefiniram o papel da escola com a Pedagogia da presença. Segundo eles, a escola precisa ser mais inclusiva, democrática e empenhada no sucesso da educação infantil.

Para tanto, os gestores propõem ações inovadoras que melhorem a inclusão social dos estudantes.

Benefícios

Por meio da Pedagogia da presença os professores transformam o ambiente escolar. À medida que eles participam mais do processo educacional, os alunos experimentam um enriquecimento social.

Como resultado, os estudantes se tornam mais:

  1. Independentes;
  2. Compromissados em relação ao próprio futuro e aos outros;
  3. Integrados em relação as suas manifestações desencontradas do querer;
  4. Solidários.

Quanto aos professores ou tutores, eles:

QUERO INFORMAÇÕES PARA ME INSCREVER NA FORMAÇÃO EM PSICANÁLISE

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    1. Acompanham melhor o desenvolvimento dos alunos;
    2. Auxiliam os alunos na tomada de decisões para os estudos e futuro;
    3. Orientam melhor os estudantes nos estudos.

    Resumo de Pedagogia da presença na prática

    Nas escolas EREM de Pernambuco, os professores usam a Pedagogia da presença para garantir a permanência dos alunos. Segundo pesquisadores, essa disciplina pedagógica auxiliou bastante no desenvolvimento dos estudantes da EREM Odorico Melo, em Parnamirim.

    Os pesquisadores revisaram a evasão escolar, educação integral e interdimensional enquanto analisavam documentos sobre o assunto. Por meio dessa investigação, eles analisaram as metodologias utilizadas a fim de favorecerem o sucesso do aluno. Para tanto, eles entrevistaram professores e gestores da escola a fim de obter os dados necessários.

    Como resultado, os pesquisadores comprovaram que a Pedagogia da presença diminuiu a fuga escolar. Além disso, os alunos prosperaram mais e se sentiram acolhidos por um ambiente escolar prazeroso.

    Os pesquisadores acreditam que escolas podem reavaliar seus métodos para favorecer o desempenho e permanência dos estudantes.

    Melhora dos modelos escolares

    Os gestores do SEE-SP concentraram seus esforços para a implantação de programas dedicados à melhora do ensino. Desse modo, os gestores buscam melhorar os modelos de gestão e favorecer o aprendizado dos alunos.

    De acordo com os gestores, o Programa de Educação possui cinco pilares:

    1. Investir e valorizar o desenvolvimento de capital humano da SEE-SP;
    2. Aprimoramento da gestão e ações pedagógicas a fim de favorecer a aprendizagem dos estudantes;
    3. Melhorar e aumentar a política de educação integrada;
    4. Proporcionar ferramentas de gestão financeira e organizacional para viabilizarem o programa;
    5. Engajar toda a rede, inclusive alunos e a sociedade ao redor do mecanismo de ensino-aprendizagem.

    Muitos gestores educacionais tornaram-se pioneiros na educação, pois as escolas públicas enriqueceram bastante as experiências que proporcionam.

    Por exemplo, gestores basearam o Programa de Ensino Integral de São Paulo nas experiências positivas da educação em Pernambuco. Como nós descrevemos antes, o EREM de Paramirim obteve excelentes resultados na educação.

    Pedagogia da presença e o Projeto de vida

    Muitos professores questionam como obter uma presença mais positiva na vida escolar dos alunos. Por meio da Pedagogia da presença eles dão o primeiro passo para melhorarem o processo de aprendizagem dos jovens. Embora muitas pessoas ganhem com esse modelo, nem todas se beneficiam dele.

    Educadores sabem que o projeto de vida e Pedagogia da presença estão conectados. Com o projeto de vida, o aluno tende a criar um projeto a partir de uma figura presente em sua vida. Ou seja, ele se espelhará em alguém já estabelecido na carreira que ele deseja seguir.

    Ainda que os alunos reflitam os desejos para o futuro no projeto de vida, eles também consideram o presente. Por exemplo, eles planejam o que fazer todos os anos, bem como as etapas da educação. Dessa forma, eles aprendem a ser mais organizados e criam estratégias para cumprir metas pessoais.

    Livro Pedagogia da Presença

    Os padres Eduardo Calandro, Jordélio Siles Ledo e Rafael Gonçalves escreveram o livro Pedagogia da Presença. Para eles é importante saber estar, sentir e servir com o objetivo de passar o conhecimento da fé. Porém, o catequista age de acordo com o modo de Jesus Cristo enquanto ensinam.

    Os autores têm o intuito de ajudar o leitor a compreender e viver sua missão no ensino e catequismo por uma pedagogia da presença. Para isso, eles nos ensinam o valor do acolhimento e cuidado com as outras pessoas. Assim, as pessoas dão mais de si para que mais ninguém se perca no caminho da vida e no próprio caminho.

    Considerações finais sobre Pedagogia da presença

    A Pedagogia da Presença tem o potencial de transformar a educação no Brasil, tornando-a mais inclusiva, democrática e eficaz. Como as pessoas imaginam, o sistema educacional do Brasil têm problemas para possibilitar uma educação de qualidade para todos. Porém, os gestores têm conseguido melhorar o cenário e ajudar estudantes a prosperarem no ensino.

    É provável que nós ainda levemos muito tempo para melhorar a educação como precisamos. Mesmo assim, nós fazemos a diferença no amanhã transformando a vida dos jovens no presente. Os gestores nunca terão um trabalho fácil, mas, sem dúvida, será recompensador, pois formarão cidadãos bem desenvolvidos.

    Além da Pedagogia da presença, o nosso curso online de Psicanálise pode ajudar na educação das pessoas. Por meio dele milhares de estudantes e educadores desenvolveram autoconhecimento para explorarem o próprio potencial. Assim como eles, se você quer ter transformações positivas na sua vida garanta sua vaga em nosso curso online de Psicanálise!

    22 thoughts on “Pedagogia da Presença: 5 princípios e práticas

    1. Izarete da Silva de Oliveira disse:

      Muito interessante o assunto sobre a Pedagogia da Presença. Novo para mim que sou professora por mais de vinte anos, e, faço pedagogia da presença sem conhecer os seus principios.

      1. ANTONIA ZILDA FERREIRA BARBOSA disse:

        A PEDAGOGIA DA PRESENÇA É O CAMINHO PARA CONHECER O EDUCANDO PARA ENTENDE-LO E INCENTIVA-LO NA CAMINHADA DAS REALIZAÇÕES PESSOAIS .

    2. Aguinaldo Wechesler Dinazio disse:

      Todavia, o formato colocado nas escolas paulistas mistura a pedagogia da presença com o sistema industrial de produção, onde o aluno é fluxo e demanda, os professores tem PLR, vulgo bonus de acordo com o numero de alunos que são promovidos, coaching, cota de retenção de 5% igual a industrial, avaliação 360, etc. Ve-se que o professor é um peão de produção e o aluno produto acabado….uma verdadeira contradição de modelos. Uma farsa!

    3. Mônica Gomes Vico disse:

      Acredito que um ambiente que conjugue direção, professores, funcionários e família unidos em torno do aprendizado dos estudantes seja realmente muito competente como educador, porém não é tarefa fácil nem do dia para a noite conseguir tal engajamento, sendo que o pleno funcionamento do programa não pode prescindir de nenhum desses segmentos.

    4. Lenir Ferraz disse:

      É de grande relevância que o professor acompanhe o estudante de perto, e tbm, saiba o momento de deixá-lo vivenciar e crescer.

    5. Adriana Figueiredo dos Santos disse:

      A Pedagogia da presença tem acompanhado os professores de ensino integral, pois na essência o docente acompanha o educando em todo seu processo de aprendizagem.

    6. Clóvis Penha disse:

      A importância da pedagogia da presença na vida do estudante é imensa, pois ela contribui para o seu desenvolvimento integral, considerando suas dimensões cognitivas, afetivas, sociais, culturais e éticas. Além disso, ela promove a participação ativa do estudante na construção do seu conhecimento, estimulando sua criatividade, criticidade e autonomia. A pedagogia da presença também valoriza a diversidade e o respeito às diferenças, favorecendo a inclusão e a convivência solidária e democrática. Por fim, ela fortalece o vínculo entre o professor e o aluno, criando um clima de confiança, cooperação e afeto na sala de aula.
      A pedagogia da presença é, portanto, uma proposta educativa que visa formar cidadãos conscientes, responsáveis e comprometidos com o seu próprio desenvolvimento e com o bem comum. Ela é relevante para o presente e para o futuro do estudante brasileiro, pois prepara-o para enfrentar os desafios e as oportunidades de um mundo em constante transformação.

      1. Edilene Silva disse:

        A Pedagogia da presença é de fato está presente no dia a dia do estudante, não só a presença física, mas em especial a presença de estar ali atento, ouvindo, buscando ajudar, dando autonomia quando se faz necessário, ou seja, é ser presença na vida dos seus estudantes.

    7. Antônia de Fátima Gobbo disse:

      Após a leitura do texto, fez com que refletisse a minha prática e repensasse a forma de trabalho para acolher melhor os alunos.

    8. Patricia edna pinto santana disse:

      Importante saber que a educação tem novos horizontes

    9. ROGÉRIO VAZ ALVES disse:

      Muito bom esse projeto de vida na formação dos estudantes.

    10. Jorge Edson Amorim Dias disse:

      A Pedagogia da Presença é importante para se atingir uma formação integral do aluno. Estar acompanhando o aluno mais de perto é um desafio que se apresenta aos professores aqui nas múltiplas amazônias, com suas múltiplas realidades e infindáveis desafios. Exige do professor uma revisão dialética constante de seu fazer-se educador para além da sala de aula. Assim, sistematizada como se nos foi apresentada, a Pedagogia da Presença é mais uma “ferramenta” a ser melhor aplicada em nosso cotidiano escolar.

    11. Patrícia Cardoso disse:

      A pedagogia da presença faz toda a diferença na vida do aluno. Quando o aluno se sente acompanhado por seus professores, através de metodologias diferenciadas e que são interessantes para ele, sua evolução é significativa. Além do mesmo se sentir acolhido pelo professor.

    12. Rozani Pimentel Silva disse:

      Fazer esta reflexão sobre a Pedagogia da Presença é muito interessante porque passamos a pensar sobre nossa práxis educativa, na qual nós já trabalhamos tantas ações inovadoras para nossos alunos e também nos faz analisar o quanto podemos melhorar agregando o Projeto de Vida e a Pedagogia da presença para ajudar no sucesso do aluno.

    13. Conteúdo bastante interessante, faz com que o professor perceba que o apoio dado ao aluno é fundamental para que se construa um elo de amizade e motivação para a troca de experiências

    14. Rozani Pimentel Silva disse:

      Fazer esta reflexão sobre a Pedagogia da Presença é muito interessante porque passamos a pensar sobre nossa práxis educativa, na qual nós já trabalhamos tantas ações inovadoras para nossos alunos e também nos faz analisar o quanto podemos melhorar agregando o Projeto de Vida e a Pedagogia da presença para ajudar no sucesso do aluno.

    15. Paulo Firmino disse:

      A pedagogia da presença é indispensável e faz toda a diferença na vida do aluno. Quando o mesmo se sente acompanhado por seus professores(as), através de metodologias diferenciadas e interessantes.

    16. Fatima Zenor Amorim Dias disse:

      Excelente texto sobre empatia.

    17. Fatima Zenor Amorim Dias disse:

      A pedagogia da presença pode , sim, reverter a evasão escolar, mas nós, educadores precisamos de uma escola reformada e acolhedora para nossos alunos. Tem que haver uma estrutura muito boa para que possamos trabalhar melhor a pedagogia da presença.

    18. Linda Cristina. disse:

      A presença do professor já há muito é o esteio da escola, mas a parte pedagógica não é construída a partir do professor, esse processo inicia no espaço familiar, os pais são os nossos primeiros professores, se estendendo para a escola como um todo, mas principalmente professores e pedagogos em um espaço com estrutura. Colocar toda essa responsabilidade somente para o professor em um espaço físico caótico na maioria das vezes, impossível.

    19. aluizio lisboa padilha junior disse:

      esta continuamente no chão da escola e esta presente na vida do discente ,ensinando ,direccionando a sua caminha e uma tarefa bem gratificante

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *