exemplo de pensamento crítico

Pensamento Crítico: significado, exemplos e aplicações

Posted on Posted in Conceitos e Significados, Psicanálise

O pensamento crítico é quando a gente consegue fazer uma avaliação de nós mesmos ou de uma ocorrência. Avaliamos a nossa reação diante de situações diversas que podem ou não ter representado um desafio. Ou seja, é quando somos capazes de julgar a nós mesmos.

Desenvolvida com os filósofos da Grécia antiga, é uma habilidade passível de ser trabalhada e sempre melhorada. Por estarmos em constante evolução na nossa forma de se comunicar, a forma como a gente enxerga as situações e o outro deve acompanhar essa evolução.

E que tal saber um pouco mais sobre como racionalizar os julgamentos e transformar um ponto de vista?

Pensamento crítico significado

E o que é pensamento crítico? É um processo de julgamento de situações que nos permite avaliar os acontecimentos pela razão. Ou seja, a gente utiliza de um raciocínio lógico para interpretar situações antes de deixar que as emoções tomem conta dos pensamentos.

Utilizar o pensamento crítico permite visualizar as coisas com um ponto de vista neutro. Dessa forma, é possível evitar mal-entendidos, conflitos e desconfortos. Principalmente em uma sociedade cheia de informações como a atual, é muito importante ter uma opinião crítica.

Por isso, é uma habilidade que necessita de aperfeiçoamento constante. Ele começa a partir da observação de uma situação e se desenvolve quando damos início ao julgamento dessa situação. Assim, buscamos racionalizar da melhor maneira sobre o acontecimento.

A importância do pensamento crítico

Trabalhar o pensamento crítico é importante porque ele auxilia na formação de opinião. Além disso, essa habilidade é capaz de ajudar, também, na formação de pessoas mais conscientes da sua realidade e das realidades que as cercam.

Dessa forma, as pessoas passam a ser mais reflexivas e mais abertas. Pensamentos pré-concebidos começam a ser mais bem trabalhados e há melhora nas relações humanas. Deixamos de nos influenciar para questionar a informação que recebemos.

Outra funcionalidade do pensamento crítico é que ele transforma a nossa capacidade de tomar decisões. Nossas decisões ficam mais assertivas e a gente conta com uma melhor capacidade de argumentação.

Principais bases

Algumas das principais bases do pensamento crítico são: inconformismo, proatividade, competências cognitivas, resolução de problemas e o espírito crítico. Por isso, veja os detalhes de cada uma.

  • Inconformismo: auxilia na transformação da opinião. Estar inconformado nos faz questionar as coisas e, por isso, estamos sujeitos a mudar o nosso ponto de vista.
  • Proatividade: atitude de pessoas que se colocam à frente de situações. Por vezes, antecipa necessidades de uma empresa, um time ou clientes.
  • Competências cognitivas: permitem a análise e o julgamento de uma situação ao utilizar a empatia, comparação e avaliação.
  • Resolução de problemas: é a identificação do problema, definir suas causas e trabalhar em uma resolução viável e eficaz.
  • Espírito crítico: comportamentos que nos levam a tomar decisões e formular ideias de acordo com fundamentos já estabelecidos.

A partir dessas ideias, é possível começar a desenvolver uma opinião mais crítica. Qualquer pessoa pode dar esse passo. É uma questão de se organizar e ir em busca da mudança.

Características

Questionar, fazer perguntas, ter proatividade e ser racional são algumas das características de pessoas que pensam de maneira crítica. Por esses fatores, são capazes de fazer novas conexões e se adaptar a novos ambientes com mais facilidade.

Leia Também:  20 perguntas para conhecer alguém melhor

Essas pessoas são motivadas por sempre aprender, porque parte da ideia de que o mundo está em constante mudança. Dessa forma, tudo é novo e precisa ser compreendido e absorvido. E não só isso, são pessoas que, com facilidade, pensam fora da caixa e sempre inovam.

Pessoas críticas também são mais empoderadas. Ou seja, elas tendem a sair à frente de acontecimentos e problemas, não têm medo de se arriscar e estão sempre em busca de novos desafios. São, não obstante, ótimos empreendedores.

Exemplos de pensamento crítico

O pensamento crítico se aplicada e desenvolve em diversas áreas da nossa vida. Ele é fundamental na construção da personalidade profissional de carreiras de sucesso, pessoas proativas e está conectado à criatividade e capacidade de inovação.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Assim, listamos alguns exemplos de pessoas e situações que podem se beneficiar com o pensar de maneira crítica:

    • estudantes e professores, bem como empreendedores e gestores;
    • dentro das empresas, desenvolve intraempreendedores, aumenta a produtividade, e melhora o relacionamento com clientes;
    • desenvolve indivíduos capazes de discernir melhor os fatos e com opiniões próprias, e evita assim as chamadas fake news;
    • é um incentivo à curiosidade e à criatividade;
    • ajuda no desenvolver o autoconhecimento, a empatia e a resolução de conflitos;
    • auxilia na transformação de pensamentos pré-concebidos, melhora a interação entre equipes e em relacionamentos.

    Aplicações de pensamento crítico

    A habilidade de pensar de forma crítica pode ser aplicada em diversas situações. Desde familiares, a profissionais e mesmo entre os amigos. Por exemplo, nos incentiva a melhorar nossa capacidade de observação e foco.

    Além disso, aguça nossa curiosidade e aprimora nosso raciocínio. Dessa forma, a gente aplica o pensamento crítico e dá mais autonomia e discernimento às nossas decisões. A gente deixa de ser pessoas que se influenciam de forma fácil e passamos a incentivar outras pessoas.

    Também pode ser aplicado nos estudos, no momento em que a gente se dispõe a fazer uma pesquisa sobre o que vamos estudar. Ou seja, é algo que se desenvolve de forma constante. Não apenas se aprende, se vive.

    Como desenvolver essa habilidade?

    Desenvolver uma forma mais crítica de pensar requer treino com frequência. Por exemplo, comece com experiências novas. Assista a um gênero de filme que você talvez não ia assistir, ou tente com um livro. Vale para visitar um lugar novo e interagir com pessoas desconhecidas.

    Outra forma é desenvolver sua inteligência emocional e trabalhar sua capacidade de se relacionar com as pessoas. Assim, você vai trabalhar sua empatia ao lidar com histórias, opiniões, culturas e pessoas diferentes.

    Se desfaça de suas crenças pessoais para analisar de forma mais racional. A gente tem a tendência de julgar as questões ao utilizar nossa experiência pessoal ou familiar como base. E isso se transforma ao desenvolver um pensamento mais crítico.

    Considerações finais

    O pensamento crítico é algo necessário para melhorar nosso relacionamento com outras pessoas. Mas não só com outros, com nós mesmos também. Porque uma vez que a gente melhora nossa capacidade de dar razão para julgamentos, nos tornamos pessoas melhores.

    Isso quer dizer que a gente pode dar condições para nossos pensamentos e nossa capacidade de julgar situações e pessoas de maneira mais analítica. Também é possível julgar de maneira mais justa, uma vez que passamos a distinguir melhor as situações.

    Portanto, trabalhar o pensamento crítico é um ponto de crescimento na vida pessoal e profissional. É uma habilidade que, aprimorada, pode trazer benefícios internos e externos, desde o equilíbrio interior até fortalecer relacionamentos!

    Leia Também:  Freud e Jung: diferenças e semelhanças das teorias

    Conheça nosso curso de psicanálise clinica

    Se você gostou desse assunto e quer entender mais sobre pensamento crítico e as relações humanas, acesse nosso site e conheça nosso curso de psicanálise clinica 100% online! O curso ainda conta com certificado, e temos a certeza de que vai te ajudar a explorar mais sobre esse assunto de uma maneira ampla e no conforto da sua casa!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *