Você sabe como a solidão pode afetar as nossas vidas? Então, confira o nosso artigo sobre pesssoa solitária. Por isso, confira agora mesmo!

Pessoa Solitária: benefícios, riscos e tratamentos

Posted on Posted in Comportamento

Uma pessoa solitária tende a gostar de passar mais tempo sozinho. Embora se sinta ligada às outras pessoas e tenha amigos, estar sozinho não significa um problema. Porém, ela sente menos vontade e necessidade de estar em eventos sociais. Contudo, esses tipos de pessoas podem funcionar muito bem em ambientes sociais.

Além disso, em algum momento de suas vidas, muitas pessoas podem passar por curtos acessos de solidão. No entanto, quando uma pessoa solitária,  se depara com sentimento de tristeza e isolamento, os sintomas pioram e continuam a longo prazo.

Por essa razão, pode haver sinais mais sérios a serem observados sobre a solidão. E assim, medidas que você pode tomar para ajudá-lo a controlar. Dito isto, confira abaixo os benefícios, riscos e tratamentos de uma pessoa solitária.

O que é pessoa solitária?

Embora nossa necessidade de conexão seja inata, muitos de nós, com frequência, nos sentimos sozinhos. O termo solidão se refere ao estado de angústia ou desconforto que ocorre em pessoas solitárias.

Contudo, mesmo algumas pessoas que estão cercadas por outras ao longo do dia, ou estão em um casamento duradouro, ainda experimentam uma solidão profunda e generalizada. Desse modo, a pesquisa sugere que a solidão pode representar sérias ameaças ao bem-estar, bem como à saúde física a longo prazo.

Vale lembrar que a solidão não é uma condição abstrata que afeta apenas certos tipos de pessoas. Pois, na verdade é que a solidão pode afetar qualquer pessoa, jovens e idosos – em qualquer momento da vida. Assim, a solidão se deve a vários fatores e, com o tempo, pode afetar sua saúde física e emocional.

Dessa forma, se você se sentir sozinho, considere estas 3 etapas abaixo e aprenda a como não ser uma pessoa solitária.

1. Reconheça os seus sentimentos de solidão

O primeiro passo para controlar a solidão é perceber o que você está sentindo e identificar o impacto que a solidão tem em sua vida. Depois de identificar os fatores, o ideal é que você busque ajuda de um profissional de saúde, de preferência um terapeuta.

Desse modo, eles poderão ajudá-lo a trabalhar os fatores que contribuem para esse sentimento de solidão. Ou seja, sugerindo maneiras adicionais para que você possa combater esse sentimento. Além disso, é essencial que você converse com seus amigos e sua família. Deixe-os saber que você está lutando contra a solidão.

Em especial de você terminou um relacionamento, perdeu um ente querido ou perdeu o emprego. Ainda, se mudou para um novo lugar, está passando por situações que o mantém isolado, diga a eles como podem ajudá-lo a se sentir menos sozinho.

2. Aprenda quando entrar ou sair do mundo virtual para combater a solidão

O mundo virtual oferece maneiras convenientes e seguras de se conectar com outras pessoas que podem ajudá-lo a superar a solidão. Por exemplo, jogos com várias pessoas, sites de bate-papo e mensagens.

Além disso, até sites de namoro podem oferecer maneiras de interagir e socializar com outras pessoas, o que pode ser satisfatório para alguns. Ademais, existem também aplicativos online que ajudam você a lidar com o isolamento social e a solidão.

Leia Também:  Processo criativo: 12 dicas para aprimorar

3. Tenha cuidado com o uso das redes sociais

Para algumas pessoas, o mundo virtual pode ajudar a criar sentimentos ainda maiores de solidão e isolamento. Isso porque, as redes sociais podem mostrar indivíduos que vivem felizes, que têm sorte, com muitos amigos. No entanto, a realidade geralmente é diferente.

A mídia social às vezes deixa as pessoas desconfortáveis, ignoradas e sozinhas. Portanto, se o mundo virtual faz com quem você se sinta mais isolado do que conectado, é sinal de que você precisa se desconectar.

Veja alguns riscos para pessoa solitária

O ser humano é um ser social por natureza, por isso existem estudos que mostram que a solidão nem sempre é a melhor opção para a saúde. Sendo assim, pessoas solitárias, têm sido associadas a um menor fluxo sanguíneo e um sistema imunológico mais fraco, o que também pode aumentar as chances de depressão.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Por sua vez, também podemos encontrar estudos que indicam que pessoas solitárias têm pressão arterial mais alta, portanto, o risco de doenças cardíacas aumenta.  Logo, sentimentos prolongados de solidão podem afetar sua saúde de várias maneiras.

    Por exemplo, a solidão crônica pode aumentar os níveis de cortisol no corpo. O cortisol é um hormônio que o corpo cria quando está sob estresse. Com o tempo, altos níveis de cortisol podem causar inflamação, ganho de peso, resistência à insulina, problemas de concentração e muito mais.

    Por esse motivo, se o comportamento da pessoa solitária não for controlado, esses sintomas de solidão podem aumentar o risco de problemas médicos e emocionais mais sérios, como:

    • depressão;
    • transtornos do sono;
    • diabetes tipo 2;
    • doença cardíaca;
    • pressão arterial alta;
    • problemas de saúde mental e emocional;
    • uso de substâncias entorpecentes.

    7 fatos sobre pessoas solitárias

    Estima-se que mais de 40% de nós sentiremos as dores da solidão em algum momento de nossas vidas. No entanto, apesar de quão comum é a solidão, poucas pessoas estão conscientes das formas dramáticas como ela nos afeta.

    Por isso, aqui estão 7 fatos surpreendentes sobre a solidão. Assim, esperamos que eles mudem a forma como você vê essa condição psicológica tão comum, mas devastadora:

    • a solidão não depende de quantos amigos você tem por perto;
    • mais de 60% das pessoas solitárias são casadas;
    • a solidão distorce nossas percepções de nossos relacionamentos;
    • pessoas solitárias são mais frias;
    • a solidão é contagiante nas redes sociais;
    • a solidão faz com que nossos corpos pareçam estar sob ataque;
    • pessoas solitárias tendem a desenvolver doenças cardiovasculares.

    Considerações finais sobre pessoa solitária

    Como pudemos ver, uma pessoa solitária na maioria das vezes se sente muito sozinha. Porém, se a solidão está afetando a sua vida, existem coisas que você pode tentar que podem ajudar, como tratamento pessoa solitária por meio de  por exemplo buscar ajuda terapêutica.

    O conhecimento também é esencial para aprendermos sobre este assunto. E ainda mais no que diz respeito a nós mesmos. Ou seja, o autoconhecimento é essencial para compreendermos as nossas fragilidades. Além de identificar as raízes dos nossos problemas emocionais.

    Por isso, não perca a chance de se inscrever no nosso curso online de Psicanálise Clínica. Dessa forma, você conhecerá a fundo a psique humana. Ademais, aprenderá mais sobre o comportamento de uma pessoa solitária e a tratar os diversos problemas psicológicos. Então, não perca esta oportunidade de mudar a sua vida e a transformar as suas relações.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.