Plano de carreira: psicanalista

Posted on Posted in Formação em Psicanálise, Psicanálise

Criar um planejamento de carreira conciso serve para construir um profissional mais qualificado ao mercado de trabalho, atendendo as demandas e eventualidades que este precisa. Deste modo, preparar antecipadamente um plano de carreira eficiente é extremamente vantajoso, deixando você com um projeto de vida que se mostra robusto e metas fáceis de entender. Continue a leitura e veja como montar o seu.

O início

Muitos profissionais se perguntam o porquê de não decolarem em suas respectivas carreiras. Muitos apontam a falta de oportunidades nas suas áreas, alegando que as conexões entre suas qualidades e o que precisam são incompatíveis. De fato, estão certos, mas não pelos motivos que acreditam.

Nesse quesito, um plano de carreira é um modo eficaz de trabalhar. Isso porque o planejamento para se tornar psicanalista aumenta as suas tentativas quanto à melhora profissional e a noção de como está progredindo. Um feedback periódico de outro profissional pode indicar exatamente onde pode chegar.

O objetivo deve se pautar em quando atuar, de maneira fazer e aonde vai chegar com esse esforço. Não é absurdo detalhar minimamente as metas que precisa.

Por que focar na carreira?

Um excelente psicanalista sabe exatamente onde deve ir para gerir a sua carreira de maneira eficaz e concisa. Um bom exemplo e simples desse pensamento é alguém que vai viajar. Este indivíduo sabe exatamente onde quer ir, planejando um caminho seguro e confortável para chegar ao seu destino.

Ao confeccionar um plano de carreira, é bem mais fácil de chegar onde se quer estar. O esforço constrói os tijolos da estrada de sucesso que precisa seguir. Além disso, ater-se a um planejamento evita distrações pouco produtivas e que podem te desviar do caminho que deve estar.

Dicas para elaborar seu plano de carreira

Há uma diferença gritante entre carreira e emprego. Emprego é apenas parte de um processo bem maior, onde você estabelece a sua história profissional e registra sua marca. No tocante aos psicanalistas, a história é ainda mais abrangente, então aqui vão algumas dicas que te ajudarão nesse caminho:

Imagem

Trabalhe arduamente para manter uma boa impressão sobre a sua imagem profissional. Tente mostrar ao público além das palavras que você sabe onde está e o que faz para atendê-los, mostrando um diferencial quanto a outros psicanalistas do mercado.

Um bom caminho de chegar até eles é através das redes sociais. Por meio delas, você pode fazer a prospecção de novos clientes, abrangendo o seu trabalho de maneira mais rápida e eficiente. Saiba separar sua vida pessoal desse caminho, utilizando o canal apenas para divulgar o seu trabalho.

Invista na sua formação

Mesmo após formado em um curso de Psicanálise, você não pode se dar ao luxo de manter na zona de conforto. Manter-se atualizado o deixa mais lapidado e pronto para as demandas que surgirem. Portanto, invista em capacitações ou conteúdos que agreguem diretamente no bom profissional que você pode se tornar. Conhecimento  nunca é demais.

Eventos

Não poupe esforços para comparecer em eventos relacionados à Psicanálise. Isso o mantém atualizado sobre as tendências da área, bem como as suas aplicações. Se possível, registre o momento e compartilhe no seu canal de trabalho na internet. Além de informar aos assinantes sobre essas atualizações, passa a imagem de que você é um profissional que busca se renovar constantemente.

Leia Também:  Mania: entenda do que se trata

Networking

Nestes mesmos eventos você encontrará outras pessoas com desejos bastante similares aos seus. Portanto, trate de manter conexões com elas. Manter uma rede de contato de induz à troca de experiências entre indivíduos, bem como oportunidades para agregar conhecimentos e, por que não, oportunidades de trabalho posteriores. Quem é visto, é lembrado.

Como preparar seu plano de carreira?

Antes mesmo de entrar na faculdade, pense no objetivo que tem em mente. Seja específico e evite ficar dando voltas, não dando margem assim a caminhos muito abrangentes e que te desviem da sua meta. Veja um caminho abaixo de como montar um plano de carreira eficiente e bastante positivo:

Listas

Monte uma listagem do que você já tem como que precisa adquirir. Por exemplo, habilidades pessoais e pertinentes a essa dinâmica de trabalho, incluindo comportamento e respectivas pautas. Estabeleça um prazo para a execução de cada uma e consequente melhoramento.

Prazos

Estabeleça prazos no seu plano de carreira. Faça metas semestrais, por exemplo, onde você registra o que pretende adquirir para somar com o que já tem. Com foco, mantenha essa meta até que possua bagagem suficiente para se sentir mais livre e confiante a executar o trabalhado de psicanalista, juntamente com o curso ao qual escolheu na faculdade.


NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.


Monte uma lista de atribuições

Não pense nessa ação como um ato de arrogância. Saber perceber as próprias especialidades pode ajudar a definir onde pode chegar e em quanto tempo o fará. Seja algo natural seu ou adquirido com o tempo, faça um registro de cada uma das suas potencialidades.

Além das características pessoais, tente montar uma lista com cursos de atribuições a serem alcançadas, por exemplo. Invista em inovações em seu currículo, bem como aprimoramento. Aumente essa lista conforme a necessidade e possibilidade, já que isso te fará chegar mais perto do seu objetivo inicial.

Estude o seu planejamento

Por fim, mesmo que não tenha realizado tudo o que planejou, reveja todas as suas ações até o momento. Encontre o que conseguiu fazer e o que ainda precisa ser melhorado, vendo como e quando esse trabalho feito realizado. Após isso, tente retomar essas atividades inacabadas e tente retomar o plano inicial.

Onde começar

No Brasil, há excelentes universidades que podem te ajudar nessa preparação. Além dos excelentes recursos universitários que possuem, reconhecidos em todo o continente, elas também introduzem o aluno com mais facilidade ao mercado de trabalho. Um bom exemplo disso é a USP.

A Universidade de São Paulo é reconhecida em todo o território pela excelência de seu ensino superior, bem como o rigor para os alunos terem acesso a ele. Com uma metodologia inovadora, quem estuda Psicologia lá consegue uma inserção mais simples no mercado de trabalho e conquista um conhecimento bacana na área de Psicanálise se quiser.

Outra aliada do futuro psicanalista é a UFMG. A Federal do estado de Minas Gerais é uma das maiores referências brasileiras em ensino público. Além de receberem uma educação de qualidade, os alunos se mostram aptos ás oportunidades que surgem no local.

Considerações finais sobre o processo de montar um plano de carreira

Montar um plano de carreira é essencial para qualquer profissional que deseja exercer sua profissão o quanto antes e com competência. Essa é uma etapa imprecindível para dar início ao processo de inserção no mercado de trabalho, mais ainda se a pessoa pretende ser psicanalista. A ocupação tem as suas restrições quanto qualquer outra profissão, mas com o planejamento certo, você pode se tornar uma referência na sua área de atuação.

Leia Também:  História de Freud: biografia da origem ao auge

Seja direto, incisivo e mantenha-se longe de distrações. Seja o que for, a distração pode esperar até que você alcance as suas metas primordiais. Um bom profissional é pautado pelo esforço que este faz para chegar onde quer.

Seu plano de carreira objetiva sua atuação como psicanalista? Nós do Psicanálise Clínica podemos te ajudar a alcançar essa meta, oferecendo um conteúdo de qualidade a um preço muito acessível. Nosso curso de Psicanálise é 100% online e, caso não faça Psicologia na faculdade, você aprende Psicanálise sem afetar seus estudos. A certificação é oficial e você poderá exercer a profissão assim que finalizar a formação. Faça já a sua matrícula!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + sete =