como não procrastinar

Procrastinar: significado e dicas para evitar

Posted on Posted in Comportamento, Conceitos e Significados

Nos dias em que vivemos temos o hábito de sempre deixar de lado ou para depois a realização de algumas atividades. Essa é a principal definição de procrastinar. Então, saiba mais o que é isso e como evitar lendo o nosso post. Confira.

O que é procrastinar?

Segundo o dicionário online Dicio, o significado de procrastinar tem relação com adiar ou deixar de fazer alguma coisa para depois. Ou ainda, transferir ou prorrogar alguma atividade para outro dia.

Os motivos para a procrastinação podem ser diversos, como desânimo e cansaço. Ou ainda, achar que aquela tarefa não tem pressa e, por isso, pode ser feita em outro momento.

De modo geral, o ato de procrastinar é um comportamento normal, pois temos o hábito de priorizar determinadas atividades. Mas, em alguns casos, em especial quando isso se torna algo corriqueiro, essa ação pode ser prejudicial para a pessoa.

Por que procrastinamos?

Antes de mais nada, é preciso compreender que o nosso cérebro tem certa dificuldade para avaliar as consequências que ocorreram a longo prazo. Além disso, ele também é mais sensível quando o assunto são os desfechos e os ganhos que acontecem de maneira imediata.

Os nossos objetivos, em geral, têm relação com conquistas que irão ocorrer no futuro. Em outras palavras, muitas das vezes é necessário que adotemos hábitos ou esforços no momento atual para conquistar resultados que irão acontecer mais adiante.

Por isso, essa pode ser a principal dificuldade, já que não temos tanta capacidade de ver os benefícios a longo prazo. Aliás, quando precisamos visualizar esses benefícios futuros, temos a tendência de perder o foco por conta das distrações que têm recompensas imediatas.

Saiba mais…

Para entender melhor como isso pode ocorrer na nossa vida, imagine que você quer começar uma dieta. O objetivo principal é emagrecer para ter mais saúde e um corpo mais bonito. Por isso, sabemos que é necessário readequar o cardápio com mais legumes, verduras e frutas.

Mas, a perda de peso não acontece de forma imediata, pois irá depender muito do tipo de organismo. Além disso, esse benefício desse novo cardápio ocorre algumas semanas ou alguns meses depois. E nesse período irá ter as tentações dos doces e comidas gordurosas que oferecem prazer de maneira imediata.

Como não procrastinar?

Se você, assim como muitas outras pessoas, deseja parar de procrastinar, trouxemos aqui algumas orientações para este objetivo. Vale lembrar que a procrastinação é um instinto natural dos seres humanos. Mas, quando isso começa a afetar de forma negativa a nossa vida, é necessário tomar cuidado.

Então, sem mais delongas, veja abaixo algumas dicas para não procrastinar. Confira os próximos tópicos.

Gerencie suas emoções

A nossa primeira orientação tem relação com a nossa inteligência emocional. É muito importante que nós aprendamos a gerenciar as nossas próprias emoções. Além disso, é necessário que compreendamos quais são os gatilhos que acionam, em especial, as emoções negativas.

Essas emoções podem ser um estímulo para a procrastinação. Esses sentimentos são, por exemplo, frustração, medo, ansiedade, tristeza e vergonha. Assim sendo, ao identificar quais são os hábitos e os aspectos que você tem que reforçam esses gatilhos.

Leia Também:  O que é procrastinar? Entenda o termo de uma vez por todas

Vale ressaltar que este é um processo que requer uma autoavaliação contínua e precisa. Mas, se a pessoa tiver dificuldade, uma boa dica é fazer isso por meio de uma terapia cognitivo-comportamental com um especialista.

Tenha disciplina

A disciplina é fundamental para quem deseja não procrastinar mais. Afinal, para fazer alguma atividade, a parte mais difícil não é começar, mas, sim, concluí-la. Além disso, o procrastinador tem a mania de iniciar várias coisas e, no meio do processo, para tudo para fazer algo que seja mais prazeroso ou simples.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    E qual é o motivo desse hábito? Pode ser que a pessoa encontre algum obstáculo ou dificuldade no processo. Por isso, opta em recuar e não encarar logo a situação. Então, se esse é o seu problema, você pode:

    • estabeleça um horário para fazer as atividades e alguns intervalos curtos com no máximo cinco minutos;
    • estipula determinado objetivos para serem alcançados nessa tarefa;
    • evite as distrações, como aparelhos eletrônicos (TV, smartphone e videogames, por exemplo.);

    Tenha horários para os deveres e para o lazer

    É muito importante que você determine os horários para os seus compromissos, sejam eles profissionais ou acadêmicos. Mas, é necessário que você estabeleça momentos de lazer, tais como sair com os amigos/ familiares ou passar consigo mesmo.

    Ter essa separação de tempos ajuda você para que não fique tentado a fazer apenas o que deseja e se dedica por muito tempo com a diversão. Isso porque, quando a pessoa só faz o que quer, percebe que não tem tempo para os outros afazeres, o que acumula muitas atividades.

    Aposte na sua agenda

    Como já falamos sobre estabelecer os horários para suas tarefas diárias, uma boa maneira de organizar isso é usar e abusar da agenda. Por mais que seja uma ferramenta que poucas pessoas dão valor, ela é fundamental para administrar o seu tempo.

    A agenda pode ser física, para aqueles que amam escrever no papel com caneta, ou virtual no smartphones, para quem acredita ser mais prático. Na verdade, não importa qual seja a sua escolha, o que importa é você sempre atualizá-la todos os dias e registrar cada obrigação cumprida no período determinado.

    Afinal, quando perceber que você está fazendo as atividades estipuladas, terá mais estímulo para fazer as demais. Então, não dispense da sua vida a famosa agenda!

    Estabeleça e cumpra as pequenas metas

    Quando temos algumas obrigações para cumprir a longo prazo, temos certo desânimo. Por isso, é interessante que você divida essas atividades pela quantidade de semanas até o período final. Aliás, você vai faze-las como se elas fossem pequenos objetivos.

    Ter esse hábito te ajudará a não ficar sobrecarregado sem necessidade, em especial se tiver outros assuntos urgentes na sua lista de atividades. Com isso, evite ao máximo a tentação de não fazer essas tarefas, para que não acumule o que te colocará em bastante estresse.

    Faça breves pausas durante as suas tarefas do dia a dia

    Para terminar a nossa lista de orientações, faça pequenas pausas durante as suas atividades do dia a dia, em especial, entre uma tarefa e outra. Realize algo que te distraia ou apenas relaxar nesses breves momentos, que devem durar no máximo 20 minutos. Afinal, isso será importante para que você desacelere e recupere as energias necessárias.

    Leia Também:  Viés de Confirmação: o que é, como funciona?

    Essa simples ação ajuda a reduzir aquela sensação de que a rotina está muita puxada e sem intervalos. Esse cenário de momentos cansativos dá margem ao comportamento procrastinador!

    Considerações finais

    Esperamos que você tenha gostado do nosso post sobre procrastinar. Por isso, te convidamos a conhecer o nosso curso de Psicanálise Clínica 100% online. Com as nossas aulas e os melhores professores, você terá acesso a um riquíssimo conteúdo Além disso, você terá oportunidade de iniciar uma jornada transformadora na sua vida. Inscreva-se já!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *