Neste artigo, falaremos sobre Caio Fábio. Pois, ele é um dos grandes nomes no meio evangélico. Por isso, confira sobre a sua história.

Pastor Caio Fábio: quem é, quais ideias progressistas

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

Neste artigo, falaremos sobre Caio Fábio. Pois, ele é um dos grandes nomes no meio evangélico no Brasil. Desse modo, é importante conhecer suas ideias e principais ações. Por isso, confira mais sobre a história dele a seguir.

Quem é Caio Fábio?

Para entendermos melhor sobre essa personalidade, nos aprofundaremos na vida de Caio Fábio. Nesse sentido, saiba que  ele é um pastor, escritor e psicanálista. Contudo, sua jornada começou há muito tempo atrás. Pois, Caio Fábio nasceu em Manaus.

Então, sua jornada começou na Igreja Presbiteriana. Em especial, por ser ordenado pastor com apenas 22 anos. Porém, mesmo sem frequentar um seminário, ele defendeu a tese sobre a salvação dos pagãos. Portanto, esse foi o primeiro passo a favor do Evangelho de Cristo.

Dessa forma, ao se mudar para o Rio de Janeiro no final da década de 1970, seu trabalho se tornou mais intenso. Isso porque ele fundou a Visão Nacional de Evangelização – VINDE. Ademais, seu trabalho também estava voltado à assistência social.

Desse modo, a “Fábrica de Esperença” ajudou  milhares de jovens de comunidades do Rio de Janeiro.

Caio Fábio e Alda Maria Fernandes

Aos 19 anos, Caio Fábio casou-se com Alda Maria Fernandes. Então, o casal teve 5 filhos e uma era adotada. Ainda, um dos filhos morreu num trágico acidente de carro. Contudo, Caio Fábio e Alda Maria se separaram. Tal acontecimento mostra o quão progressista o pastor é.

Isso porque, os evangélicos conservadores condenam o divórcio. Porém, Caio Fábio casou-se novamente e há mais de vinte anos mantém o matrimônio com a também pastora Adriana D’Araújo.

O cenário evangélico no Brasil

A partir da década de 1980, o país vivia uma “explosão” do movimento protestante. Logo, diversas igrejas evangélicas surgiram. Assim, com os programas de televisão e rádio a palavra de Deus chegava a mais pessoas.

Em especial, a Igreja Universal do Reino de Deus. Por isso, até os dias atuais Edir Macedo tem sua presença consolidada na Rede Record.

Sendo assim, Caio Fábio criava sua imagem. Assim, ele realizou cruzadas por todo o país. Além disso, chegou a ter um programa em um canal fechado da Rede Globo. Então, ele tornou-se um dos grandes nomes no meio protestante. Ademais, é um dos principais nomes da “reforma do cenário evangélico”.

Associação Evangélica Brasileira

Como era contrário ao evangelho pregado pelas igrejas tradicionais, em 1991 Caio Fábio fundou a Associação Evangélica Brasileira. Assim, ele chegou a criticar, de forma aberta, Edir Macedo. Além de Manoel Ferreira, o presidente da Assembleia de Deus – Madureira.

Logo, outras instituições foram criticadas, como o M12, de Renê Terra Nova. Ou seja, modelo que se baseia no discipulado de Jesus para a formação de líderes. Assim, Silas Malafia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, também sofreu fortes críticas.

Portanto, Caio Fábio não poupou ao questionar as atitudes das lideranças evangélicas. Como resultado, foi visto de maneira negativa por muitos. Enquanto outros o veem como um grande revolucionário cristão.

Hermenêutica cristã

Segundo Caio Fábio, diversos líderes evangélicos pregam mentiras e manipulam as pessoas. Por isso, era preciso ensinar a verdade. Ou seja, o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo.

Leia Também:  O que é xenofobia? Significado e exemplos

Então, sua hermenêutica, ou seja, sua interpretação da bíblia sagrada é consierada nova. Nesse sentido, Cristo é a chave para interpretação das passagens e ideias bíblicas. Portanto, independente do Velho ou Novo Testamento, todos os textos devem ser significados por meio das palavras e atitudes de Jesus.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Tal posição de Caio Fábio se baseia na própria bíblia. Em específico, ao texto que se encontra no livro de João, capítulo 14, versículo 6:

    “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

    Ideias progresssitas de Caio Fábio

    A partir dos anos 2000, o pastor Caio Fábio segue uma nova jornada. Então, em 2003 pede exoneração de seu cargo na Igreja Presbiteriana. Assim, deixa o ministério pastoral e rompe com o movimento protestante. Contudo, ele não deixa de disseminar suas ideias.

    Caminho da Graça

    Nesse sentido, ele cria a Comunidade Caminho da Graça. Mas, diferente das instituições tradicionais, essa não é religiosa. Entretanto, continua seguindo os princípios de Cristo, sem ser institucionalizada. Logo, esse movimento acolhe os considerados “ex-evangélicos”.

    Ou seja, aquelas pessoas contrárias aos padrões e modelos das igrejas ditas protestantes. Nesse sentido, para expressar sua fé, as pessoas não precisam estar vinculadas a uma “placa de igreja”.

    Ademais, em vez de lutar por um espaço na televisão ou rádio, Caio Fábio adota um meio informal para a transmissão de suas ideias. Por isso, ele passa a fazer vídeos e responder dúvidas das pessoas em seu canal do YouTube e site oficial.

    Obras publicadas de Caio Fábio

    Assim, ao longo dos seus mais de 45 anos de ministério, Caio Fábio tem diversos livros publicados. Desse modo, as ideias do autor podem ser estudadas mais a fundo. Portanto, seus livros mais conhecidos são:

    • Confissões de um pastor (1997);
    • Sem barganhas com Deus (2005);
    • O que o sofrimento ensina: lições oferecidas por dores inevitáveis (2018);
    • No divã com Deus (2019).

    O Dossiê Cayman e a prisão de Caio Fábio

    Além das polêmicas com outros líderes evangélicos, Caio Fábio também se envolveu no escândalo do Dossiê Cayman. Assim, nas eleições de 1998, foram forjados documentos. Então, políticos do PSDB foram incriminados. Sendo assim, Fernando Henrique Cardoso, Mário Covas, entre outros, teriam milhões de dólares em paraíso fiscal.

    Logo, tal dinheiro ilícito estaria depositado em contas nas Ilhas Cayman, no Caribe. Com as investigações, a Polícia Federal descobriu que o ex-presidente Fernando Collor tinha comprado o dossiê. Além disso, Caio Fábio foi acusado como o principal intermediador deste esquema político. 

    Desse modo, em 2011, ele foi condenado. Mesmo com os depoimentos das vítimas o inocentando, entre eles o próprio Fernando Henrique Cardoso. Então, Caio Fábio foi preso em maio de 2017, chegou a ficar 4 dias presos e depois foi liberado.

    Considerações finais

    Nesse artigo, falamos sobre a vida de Caio Fábio, um dos principais líderes evangélicos do Brasil. Desse modo, podemos compreender suas ideias sobre o evangelho de Jesus Cristo. Ademais, abordamos sobre as suas ideias progressistas, em especial a crítica a outros líderes brasileiros.

    Portanto, percebemos que a fé, independe de denominações. Visto que muitas pessoas deixam as igrejas justamente pelas suas imposições. Ainda, pela manipulação e hipocrisia dos  (falsos) “profetas”. Por isso, a religião, que seria um lugar para lidar com as angústias, acaba se tornando mais uma decepção para muitos.

    Leia Também:  7 Livros de Psicanálise que agregam conhecimento

    Nesse sentido, é importante pesquisar e conhecer bem as ideologias por trás dos líderes religiosos. E mais do que isso, desenvolver o próprio autoconhecimento.

    Por isso, após entender a trajetória de Caio Fábio, que tal conhecer nosso curso online de Psicanálise? Assim, você encontrará ferramentas para despertar o seu potencial interno. Ademais, conhecerá as ideologias que estão por trás das diferentes religiões. Então, faça já a sua inscrição e garanta a sua vaga.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *