psicologia invertida

O que é Psicologia Inversa?

Posted on Posted in Comportamento, Conceitos e Significados

A psicologia inversa, também conhecida como autoconformidade estratégica, é uma tática que envolve a defesa de um comportamento diferente do resultado desejado.

A ideia é que, ao pressionar pelo oposto do que você realmente deseja, a outra pessoa vai escolher se envolver no comportamento que é  desejado. Embora possa ser visto como uma forma de controlar o comportamento alheio, ela também pode ser usado como uma forma de manipulação.

Sinais de psicologia inversa

A psicologia inversa funciona com base em um fenômeno psicológico conhecido como reatância. A reação envolve ter uma forte reação negativa a alguém que tenta persuadir o outro.

Como resultado dessa reação negativa, você faz o oposto do que eles estão influenciando a fazer. Ao escolher o oposto do que foi sugerido, as pessoas podem estar fazendo um esforço para afirmar sua independência e autonomia.

Embora a psicologia inversa às vezes possa ser sutil, existem alguns sinais que você pode procurar para te ajudar a ver esse tipo de persuasão. Portanto, os sinais de que alguém pode estar engajado em psicologia inversa incluem o seguinte:

  • Uma pessoa pode fazer comentários negativos que parecem ter o objetivo de obter uma reação.
  • Você sente que alguém deseja que você faça algo, mas não vai fazer um pedido direto.
  • Eles insistem na mesma ideia, a ponto de você querer fazer o contrário.
  • Eles vão ter mais a ganhar se você fizer o oposto do que eles estão sugerindo.
  • A escolha que eles defendem não é consistente com suas escolhas anteriores.

Entenda

Um sinal de que alguém pode estar usando a psicologia inversa é que, de repente, eles começam a se defender de um comportamento que iriam preferir.

Por exemplo, se você está tentando decidir qual filme assistir, seria incomum se seu amigo, que normalmente adora comédias românticas, de repente começasse a discutir para assistir ao último filme de terror.

Neste caso, o amigo está sugerindo o filme que eles não querem assistir esperando que você escolha aquele que não quer ver.

Exemplos de psicologia inversa

Existem vários exemplos comuns que podem demonstrar como a psicologia inversa é usada na vida real.

Estratégia

As estratégias de marketing e vendas costumam utilizar psicologia inversa para dar coragem as pessoas a comprar bens e serviços.

Por exemplo: um vendedor pode fazer um discurso de vendas muito alto e pressionar o cliente a comprar algo. No entanto, o que o vendedor está tentando é fazer com que o cliente responda se oferecendo para fazer um negócio muito mais barato.

Família

Os pais costumam usar a psicologia inversa para fazer com que seus filhos façam o que eles querem que façam.

Por exemplo, um pai pode dizer ao filho para não pegar os brinquedos no quarto na esperança de que ele de fato faça o contrário.

Relacionamentos

Nos relacionamentos, as pessoas também a utilizam para fazer com que seu parceiro se comporte de maneiras específicas.

Por exemplo: uma pessoa pode sugerir que gostaria que seu parceiro limpasse a garagem, mas que sabe que talvez não vai ter tempo para fazer isso. Dessa forma, o parceiro pode então reagir limpando a garagem para provar que o outro está errado.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Por fim, a pesquisa sugere que a psicologia inversa é uma tática comumente usada no mundo real, e, muitas vezes, pode ser bem eficaz.

    Leia Também:  Ética para Platão: resumo

    Como praticar

    Se você quiser usar a psicologia inversa para tentar influenciar outra pessoa, existem algumas opções diferentes que você pode tentar. Por exemplo:

    • Desencoraje o comportamento desejado. Exemplo: “Você não consegue realizar isso”.
    • Proíba o comportamento desejado. Exemplo: “Aposto que você não faria isso”.
    • Sugira que a pessoa não conseguiu realizar o comportamento desejado. Exemplo: “Isso nunca seria uma opção pra mim”.
    • Fale sobre o comportamento desejado. Exemplo: “Não faria isto”.
    • Compare o comportamento desejado com outra coisa. Exemplo: “Você tem que fazer isso porque é muito melhor do que aquilo”.

    Impacto da psicologia inversa

    A psicologia inversa tem algumas vantagens, mas também tem várias desvantagens. Do lado positivo, muitas vezes pode ser uma maneira de fazer com que as pessoas adotem comportamentos que sejam de seu interesse.

    Dizer a uma criança para não comer vegetais, por exemplo, pode ser uma forma de incentivar ela a consumir alimentos saudáveis. E melhor: de uma forma que a faça sentir que é ela quem está fazendo essa escolha.

    Nesse sentido, ao lidar com uma pessoa que tende a ser contra as normas, desenvolver o comportamento desejado pode ser uma forma de encorajar um comportamento mais socialmente aceitável.

    Saiba mais

    A psicologia inversa, é uma forma de persuasão que muitas vezes pode fazer com que as pessoas se sintam manipuladas.

    Portanto, a psicologia inversa também pode ser uma escolha ruim quando você está lidando com alguém com baixa auto-estima. Como essas pessoas não costumam confiar em seu próprio julgamento, é mais provável que deem mais peso às suas opiniões.

    Desse modo, se você está defendendo o oposto do que realmente deseja, talvez descubra que o tiro sai pela culatra.

    Praticando

    Se você está pensando em usar a psicologia inversa, há algumas coisas a considerar. Portanto, veja quais são:

    • use essa tática com moderação;
    • não use a psicologia inversa para manipular as pessoas;
    • saiba quando a melhor hora de usar. Tente com alguém que tende a ser argumentativo ou contraditório;
    • lembre à outra pessoa que ela tem uma escolha;
    • não discuta muito por aquilo que você realmente não quer;
    • esteja disposto a sofrer as consequências se a outra pessoa fizer o que você acha que é a escolha errada;
    • considere outras opções mais honestas que podem levar a uma comunicação melhor.

    Se você acha que outra pessoa está tentando usar a psicologia inversa em você, há algumas coisas que você pode fazer.

    Primeiro você pode pedir desculpa e pedir também que expliquem os motivos para sugerir a escolha pela qual estão argumentando. Depois de perceber o que eles querem que você escolha, considere suas opções.

    Dessa forma, você pode decidir escolher a opção que eles não querem que você escolha ou sugerir uma solução diferente.

    Considerações finais sobre psicologia inversa

    Como vimos, a psicologia inversa é uma estratégia para conseguir o que você deseja, exigindo ou sugerindo o que você não deseja. Os cientistas chamam isso de auto-anticonformidade estratégica, porque sua demanda comunicada vai de forma direta contra o que você deseja.

    Nesse sentido, aplique hoje a psicologia inversa e aprofunde seus conhecimentos nesta área. Portanto, se inscreva em nosso curso online de psicanalise clínica e se torne um profissional de sucesso preparado para atuar no mercado de trabalho.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *