relacionamento amoroso

Relacionamento amoroso: 10 dicas da Psicologia

Posted on Posted in Comportamento, Psicanálise e Cultura

Todas as pessoas um dia vão querer um relacionamento amoroso que lhe traga felicidade. Mas será que existe um segredo para uma relação perfeita? Então, confira neste post 10 dicas da psicologia para este assunto.

Relacionamento na psicologia

Os relacionamentos amorosos são desafios que todos querem enfrentar. Porque estar ao lado da pessoa amada não tem preço. Entretanto, encontrar e manter um grande amor exige muito esforço e dedicação. Por isso, a psicologia do relacionamento pode ajudar nesse processo.

Para o pesquisador Robert Sternberg da Universidade de Wyoming (EUA), existem três dimensões principais sobre o amor:

  • intimidade – tem como características a proximidade, o vínculo e a conexão;
  • paixão – é formada por atração, romance e sexualidade;
  • compromisso – é a decisão de manter o relacionamento.

Por fim, a psicologia do relacionamento ainda afirma que as crises ocorrem quando a relação sai do padrão estabelecido pelo casal. Além disso, esses momentos não significam que a relação acabou. Mas que os dois precisam conversar para solucionar os problemas.

10 dicas para um bom relacionamento amoroso

1 – Não idealize o seu cônjuge e o seu relacionamento

A nossa primeira dica é bem difícil, pois todos nós já temos a mania de imaginar a perfeição para tudo na nossa vida. E, com certeza, com o relacionamento amoroso não seria diferente. Por isso, é importante observar as qualidades do outro sempre que possível.

Além disso, não compare seu relacionamento com o das outras pessoas, pois, conhece aquele velho ditado “a grama do vizinho quase sempre parecerá mais verde, menos para o próprio vizinho”? Ele se encaixa perfeitamente aqui.

Então, não critique as imperfeições. Em vez disso, tente procurar beleza nas atitudes do seu parceiro. Pois, ao longo do relacionamento os defeitos serão descobertos, porém as qualidades irão ganhar mais espaço também. Aliás, isso só depende de você dar atenção às coisas certas da relação.

2 – Tenha um tempo a sós

É muito comum num relacionamento que o casal mude as suas prioridades. Isso porque a chegada dos filhos e a rotina acabam culminando nessa situação. Então, separe um dia ou um final de semana no mês para que vocês voltem aos “tempos de namoro”.

Vocês podem ir ao cinema ou ao parque. Aliás, faça uma atividade que vocês dois gostam de fazer. Esse tempo junto ajudará no seu relacionamento.

3 – Sempre converse com seu parceiro

Uma relação desgastada pode ser fruto de muitas mágoas do passado que não foram conversadas. Então, sempre dialogue com o seu parceiro, pois colocar as coisas que você está sentindo pode ser um caminho para encontrar uma solução.

Por isso, se ele ou ela fez algo que você não gostou, fale! Pequenas chateações do dia a dia podem virar grandes desentendimentos no futuro.

Leia Também:  Sonhar com Alface: análise popular e psicológica

4 – Releve sempre que possível

O segredo do relacionamento amoroso feliz é relevar algumas situações do dia a dia. Até porque ninguém é perfeito! Então, ele ou ela tem o hábito de deixar a toalha na cama? Isso não é motivo para uma briga.

Muitos relacionamentos podem acabar por conflitos que não eram necessários. Além disso, em algumas situações você está estressado e desconta isso no seu cônjuge. Então, antes de querer discutir, pense muito bem.

Vale ressaltar que se tem algo que você não goste, você deve falar sobre a sua insatisfação. Mas faça isso com cuidado e carinho, sem usar uma voz dura. Por isso, um simples “amor, eu não gosto que você faça isso, pois me deixa magoado(a)” já basta.

5 – Diga as “palavrinhas mágicas”

Quando somos crianças aprendemos as “palavrinhas mágicas”. Elas são: “obrigado(a), “por favor” e “’desculpa”. Mas, ao longo do relacionamento perdemos esse hábito. Seja pela rotina ou estar acostumada com a presença da pessoa, deixamos de lado essa gentileza.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Por isso, se o seu companheiro fez algo que você gosta, não tenha vergonha de agradecê-lo. Aliás, uma atitude que cai muito bem numa relação amorosa é elogiar a pessoa amada. Então, sempre que possível diga a ela o quão especial ela é e como você a admira.

    6 – Admita seus erros

    Nós sabemos que é muito difícil passar por cima do orgulho e admitir que está errado. Mas, numa relação é importante ter essa atitude para construir um relacionamento baseado na honestidade.

    Então, se você fez algo errado ou que magoou a outra pessoa, peça desculpe. Procurar o perdão do seu companheiro, faz com que um momento conflituoso possa ser superado.

    7 – Não fiquem irritados ao mesmo tempo

    Em qualquer relação é muito comum se irritar com o outro, pois começamos a ver os seus defeitos. Mas, se ambos perderem o controle ao mesmo tempo, a situação pode ficar muito ruim.

    Então, a nossa dica é respirar fundo e acalmar a pessoa amada, aliás evite usar ironias. Quando os ânimos estiverem mais calmos, sentem e conversem sobre o assunto. Por fim, não vão dormir ressentidos um com o outro.

    8 – Dê atenção

    Com a rotina é comum ter atitudes mecânicas e diálogos vazios. Então, evite a falta de atenção com a pessoa amada. Quando falarem sobre o seu dia, tenham interesse no assunto. Lembre-se: o relacionamento amoroso é uma troca que exige interação e cumplicidade.

    9 – Faça surpresas no dia a dia

    Você já se perguntou sobre como inovar o relacionamento amoroso? Então, essa dica é para você. Um dos grandes vilões de um casal é a rotina. Então, quando o beijo de despedida vira apenas um “tem que ser feito”, é um grande sinal de alerta.

    Por isso, inove! Dê um beijo digno de cinema para surpreender o seu companheiro. Além disso, faça algumas mudanças pequenas na sua relação. Por exemplo, fazer um jantar à luz de velas ou iniciar uma série para assistir juntinhos.

    O mais importante dessa dica é fugir da rotina e fazer as coisas juntos, deixando as preocupações de lado. Então, use a sua imaginação para realizar uma surpresa para a sua pessoa amada.

    10 – Procure ajuda

    As dicas que listamos até aqui são muito simples para serem colocadas em prática e seus efeitos são sentidos quase imediatamente. Porém, nem todos os casais irão conseguir ter esse resultado por conta da relação está mais desgastada.

    Leia Também:  A Vastidão da Noite: resumo e lições do filme

    Por isso, é importante que procure um psicólogo do relacionamento para ajudar nesse processo. Esse profissional irá auxiliar o casal a entender melhor o problema e que juntos eles possam procurar uma solução.

    Como lidar com pessoas difíceis no relacionamento amoroso?

    Antes de mais nada é preciso avaliar se essa relação vale a pena. Companheiros que são agressivos, invasivos ou manipuladores podem ser prejudiciais para você. Além disso, é importante verificar essas ações logo no início da relação amorosa.

    Depois dessa verificação, sinalize a pessoa e diga que é importante procurar ajuda de um psicólogo. Assim, ela irá refletir se pode ser ou agir de uma forma diferente. Mas ao fim são vocês dois que decidem se devem continuar ou não esse relacionamento.

    Considerações finais sobre o relacionamento amoroso

    Por fim, se você gostou das dicas de relacionamento amoroso da psicologia, te indicamos o nosso curso de psicanálise clínica. Sendo 100% online, ele irá te ajudar a entender sobre as relações humanas e desenvolver o seu conhecimento. Não perca essa chance!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *