Ressignificar: significado prático

Posted on Posted in Psicanálise e Cultura

Em um tempo em que temos vivido tantas dores é importante aprender a ressignificar nossas experiências. Contudo, você sabe o que significa ressignificar? Você já se perguntou como a ressignificação influenciaria na sua vida? E, principalmente, como é possível ressignificar a sua vida?

Neste artigo nós tentaremos te ajudar a enteder esse processo e como o simples acréscimo de um sufixo a uma palavra pode transformar completamente a maneira como encaramos a vida. Deste modo, aqui nós apresentaremos o conceito de ressignificar, os benefícios de aplicá-lo na sua vida. Esperamos que esse artigo te oriente de maneira que você consiga ressignificar o que precisa ganhar um novo significado.

Ressignificar, segundo verbete do dicionário

Quando nós procuramos no dicionário o significado de ressignificar encontramos as seguintes definições:

  • Ressignificar é um verbo transitivo direto;
  • trata-se de atribuir um novo significado a algo, isto é, dar um sentido diferente a alguma coisa.

Se procurarmos o significado de ressignificação acharemos algo como:

  • Ressignificação é um substantivo masculino;
  • atribuição de um novo sentido;
  • ação de dar um novo significado a alguma coisa: ressignificação de experiências; e, por fim,
  • ação ou efeito de ressignificar.

Conceito de ressignificar

No entanto, mesmo sabendo de tudo isso que está no dicionário, o que importa mesmo é saber como aplicar esse conceito de maneira prática, não é? Então vamos a isso.

Ressignificar, de maneira pragmática, é dar um novo significado a alguma experiência. Se fizermos uma análise morfológica da palavra podemos ver que o “re” significa “de novo” ou “novamente”. Sendo assim, traz a noção de significar de novo. Mas se formos na raiz, veremos que essa palavra significa: “retirar AFETO de alguma coisa”.

A ressignificação na neurolinguística

A ressignificação é também um método utilizado em programação neurolinguística. Esse método consiste em ajudar a pessoa a ressignificar suas experiências atribuindo novos significados a acontecimentos. Isso se dá através da mudança de sua visão de mundo do paciente.

O significado de todo acontecimento e experiências de nossas vidas depende do filtro pelo qual o vemos. A neurolinguística, através de suas técnicas, ajuda as pessoas a terem filtros mais positivos. Quando mudamos o filtro, mudamos o significado do acontecimento, e a isso que chamamos de ressignificar.

Então, quando modificamos o filtro pelo qual percebemos o mundo, alteramos o significado desse mesmo mundo para nós. Disso resulta não só a mudança de visão, mas também o como nos comportamos.

A ressignificação no processo criativo

A ressignificação é um elemento importante para o processo criativo. Afinal, o artista vê algo e o ressignifica dentro da sua arte. Podemos ver que a ressignificação está presente em muitas fábulas, tais como a do patinho feio ou a de Rudolf (a Rena do Papai-Noel que tem o nariz vermelho).

A ressignificação ainda é um elemento chave para o processo criativo, significando a habilidade de situar um evento comum num filtro útil ou capaz de propiciar prazer. Além disso, para a psicologia, o ato de ressignificar serve para ajudar as pessoas a agirem de maneira mais positiva.

 

Benefícios de dar um novo significado

Primeiramente, a ressignificação é sempre o melhor caminho a se seguir diante de experiências negativas ou traumáticas. Isto porque ela nos ajuda a encontrar saídas nos momentos em que nada parece nos consolar. É ela que nos faz olhar para o lado bom quando achamos que só existem coisas ruins para extrair das situações.

Leia Também:  Imagem de Luto: 10 imagens e fotos que simbolizam luto

Assim, passamos a ter uma preferência pelo lado positivo de cada situação, priorizando o otimismo em detrimento do pessimismo. Aprendemos, por fim, a escolher sempre a ressignificação.

Como conseguir ressignificar?

De início é preciso entender que ressignificar é uma escolha. Afinal, a maneira como agimmos diante de determinadas circunstâncias das nossas vidas é uma escolha. Vimos que ressignificar é dar a si mesmo a oportunidade de transformar algo ruim em algo positivo. Para isso, precisamos viver o processo, pois não se trata de algo que mudamos de um dia para o outro.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Mas, primeiramente, antes de sair por aí buscando ressignificar tudo e todos é preciso refletir:

    • Faça uma análise do que está acontecendo na sua vida no momento.
    • Faça uma análise de todas as áreas de sua vida.
    • Detalhe tudo e, mesmo que seja doloroso, não desista.
    • Reflita sobre os pontos que te atrapalham no dia a dia e o sobre aquilo que você poderia desenvolver de uma maneira melhor.
    • Analise suas conclusões.

    Depois disso, comece a pensar em possíveis maneiras de ressignificar esses pontos. Vamos dar algumas dicas do que pode te ajudar:

    • Você precisa ter hábitos que vão te colocar em ação diante dos pontos negativos.
    • Transforme suas tristezas em aprendizados.
    • Aprenda a rir de você mesmo.
    • Entenda que nada acontece por acaso.
    • Modifique seu posicionamento diante das situações adversas.
    • Assuma um papel de agente e não de vítima.
    • Busque motivações.
    • Não duvide da sua capacidade de superação

    Além dessas dicas, achamos interessante falarmos de algumas áreas importantes em que a ressignificação é essencial:

    Ressignificação e perdão

    O perdão serve para eliminarmos de nosso caminho os sentimentos de culpa, isso porque temos a tendência a nos culpabilizarmos por tudo. Nós sempre achamos que poderíamos ter agido de forma melhor e diferente em várias situações. Além disso, nos perdoar e dar perdão ao outro é uma atitude de libertação.

    Assim, através desse novo estado de liberdade pós-perdão, nós conseguimos seguir em frente e lutarmos por nossos objetivos.

    Ressignificação do nosso passado

    Para conseguirmos realmente ressignificar nossas vidas, precisamos olhar para o nosso passado. Isto é quando olhamos para trás, exatamente para aquilo que nos causou sofrimento, precisamos ter uma visão de respeito pelo que passamos. Precisamos acreditar que tudo que passamos foi necessário para estarmos onde estamos hoje.

    Tudo foi ensinamento, entende? É assim que conseguimos ressignificar o que aconteceu e passamos a enxergar a possibilidade de seguir em frente.

    Não se enquadre

    Durante a nossa vida nós travamos uma batalha para nos enquadrarmos em determinados nichos.  Temos uma necessidade muito grande de pertencimento. Dessa forma, estamos sempre na busca por grupos de que possamos fazer parte: seja uma associação com aquelas pessoas populares da escola, seja naquele grupo legal que canta aquelas musicas de que tanto gostamos.

    Normalmente, nós fazemos isso quando encontramos pessoas com as quais temos afinidades, que admiramos. São pessoas que pensam ou agem de maneiras semelhantes às nossas e que compartilham dos mesmos valores que cada um de nós.

    Porém, as vezes a gente pensa que as pessoas são de um jeito, todavia a realidade revela que não é bem assim. Afinal, as pessoas são diferentes. E mesmo que pareça ser ruim não pertencer a nenhum nicho, isso não é totalmente ruim.

    Leia Também:  Livro Perdão: um breve resumo da história

    Não pertencer a um grupo, não significa não ter amigos ou sair com um grupo de pessoas. Estar em um grupo é muito mais uma necessidade socialmente imposta do que um desejo seu real, a depender de qual grupo você deseja fazer parte. Assim sendo, lembre-se que você não deve se enquadrar para ser aceito. É preferível se ater a quem você é e a seus valores do que viver um fingimento.

    Seja você e descubra o que de melhor e único você pode trazer ao mundo. Vença a sensação desconfortável que o não pertencimento pode oferecer e busque o seu jeito de ser feliz, sem pensar em mais nada.

    Achamos importante falar disso, pois a busca para se enquadrar em determindados padrões pode ser torturante. Vivemos, muitas vezes, na sombra de um estilo de vida que não nos levará a lugar algum. Assim, é preciso ressignificar essa situação. Parar de enxergarmos a nos mesmo como rejeitados e entender que somos únicos. Só assim poderemos ser nós mesmos.

    Conclusão

    Aprender a ressignificar e tirar o melhor das situações só nos fará bem. É só assim que olharemos para nosso passado com gratidão e nosso futuro com esperança. Se não sabe como, não se preocupe. Estamos aqui para te ajudar. Em nosso curso de Psicanálise Clínica online esse é um tema trabalhado, então faça a sua matrícula! Além disso, continue acompanhando nossos artigos.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *