Síndrome de Capgras

Síndrome de Capgras: 3 principais causas e tratamentos

Posted on Posted in Psicanálise, Transtornos e Doenças

Há décadas que o cinema trabalha com a ideia de substituição, clones e/ou impostores em nosso cotidiano. Tal reflexo é visto no mundo real, onde pessoas acreditam conviver com sósias da família e amigos. Vamos entender a síndrome de Capgras, suas possíveis causas e os tratamentos.

O que é síndrome de Capgras?

A síndrome de Capgras é um quadro delirante onde o indivíduo acredita que uma pessoa foi substituída por um clone. O delírio costuma atingir pessoas próximas ao pacientes, já que nutrem um laço afetivo mais vigoroso. Com isso, o indivíduo com a síndrome pode conviver com a família imaginando que todos são impostores.

Ainda que a síndrome atinja a percepção de apenas um sósia, nada impede que ela se estenda a mais pessoas. Contudo, ela não se limita apenas a interação humana. O indivíduo pode acreditar que animais, lugares significativos a ele e objetos também foram substituídos. Em alguns casos, ele pode não reconhecer a si mesmo.

No conjunto de síndromes com falsa identificação, a síndrome de Capgras costuma ser a mais comum. Ainda assim, a mesma acaba afetando o relacionamento desse paciente com essas pessoas. A confiança, por exemplo, já que ele acredita que todos ao redor possam estar conspirando contra. isso pode fazer com que se sinta perseguido ou vigiado.

Causas

Uma vasta gama de fatores podem influenciar diretamente na síndrome de Capgras. Observando eles, notamos um certo padrão, visto que afetam as funções regulares no cérebro do paciente em relação as associações. Em geral, se origina da degradação cerebral, que pode ser provocada por:

Transtornos psicóticos

Essa síndrome pode vir associada de diversos transtornos psicóticos, como a esquizofrenia, por exemplo. Ela pode originar vários sintomas, dentre eles, a Capgras. Dessa forma, o paciente pode alimentar delírios, despersonalização e acreditar que tudo ao redor é montado. Ademais, a depressão psicótica e transtorno esquizo-afetivo contribuem.

Lesões ou traumas cerebrais

Traumas cranioencefálicos podem contribuir negativamente ao aparecimento da síndrome. A depender da gravidade, alimentam diretamente o aparecimento da síndrome. Sem contar também que lesões ou doenças cerebrais podem dar início ao problema. A exemplo, quadros frequentes de epilepsia ou tumores das mais diversas ordens.

Demência

Por conta da degeneração das funções cerebrais, a identificação de objetos próximos pode ficar comprometida gradualmente. O indivíduo ainda poderá reconhecer a voz e aparência de alguém ou de um objeto, mas acreditará que se trata de uma simulação. Isso costuma ser frequente em pacientes com Parkinson ou doença de Alzheimer.

Sintomas

A síndrome de Capgras é bastante demarcada pelos sinais que apresenta no indivíduo e não passam despercebidos. De início, quem está próximo pode se sentir confuso com toda a situação. Caso os sinais abaixo comecem a surgir, é necessário buscar a orientação de um psicoterapeuta para avaliar a condição do paciente. Atente-se a:

Identificação falsa

Sendo um dos principais sintomas, ele acredita que alguém próximo se trata de um impostor. Basicamente, sua mente o leva a crer que algumas coisas ao redor se tratam de um jogo de substituição. Com isso, ele acredita que um clone ou sósia assumiu o lugar de uma pessoa bastante próxima a ele.

Mudança na resposta emocional

Por causa da impressão acima, o indivíduo passa a evitar e rejeitar a pessoa que ele acredita ser um substituto. Entretanto, sentimentos de culpa podem aflorar nesse indivíduo, dificultando o item acima. Ainda que acredite ser uma pessoa falsa, por respeito a imagem da verdadeira, ele pode entrar em conflito emocionalmente.

Leia Também:  Interpessoal: conceito linguístico e psicanalítico

Sensação de irrealidade

Tudo pode parecer estranho ou desencaixado, por mais que nada tenha mudado. Isso pode vir na sensação de um ambiente perfeitamente projetado, situações manipuladas ou resultados esperados. Sem contar que isso também acaba atingindo ele mesmo. Isso porque pode surgir a sensação de irrealidade, fazendo sentir a divisão de sua mente e corpo.

Impacto na vida social

Com o passar do tempo, a síndrome de Capgras pode influenciar negativamente na rotina do indivíduo. Isso porque, dada à impressão distorcida que tem de quem está próximo, ele tenderá a se isolar. A falta de confiança será alimentada constantemente, já que pode pensar que tudo se trata de uma conspiração.

O impacto também precisa ser considerado no tocante aos ambientes além de sua casa, como lugares comuns à sua rotina. O trabalho é um bom exemplo, já que há pessoas bem próximas ao indivíduo lá. Como se trata de um ambiente onde não tem controle sobre o local, tudo pode parecer fora da curva. Em alguns casos, é aqui que tudo pode ganhar margem de irrealidade.

Para quem não entende o momento, tudo pode dificultar a interação, seja pessoal ou trabalho. O indivíduo com Capgras pode se sentir acuado, intimidado e pensar em conspirações para atingi-lo. Assim, sua ausência emocional pode implicar na momentânea dissolução de laços afetivos familiares e da profissão.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

Tratamentos

Para tratarmos a síndrome de Capgras precisamos nos atentar que a duração dela pode variar bastante. Com isso a mesma se mostra passageira, transitória e, em alguns casos, crônica. Dessa forma, fica difícil precisar um tratamento a ela, pois isso deve ser direcionado à patologia associada.

Além da terapia, um psiquiatra pode receitar antipsicóticos para trabalhar os transtornos mentais envolvidos. Com isso, os sinais que dão impulso à síndrome podem diminuir consideravelmente, dando mais autonomia ao paciente. À medida em que as causas principais forem assistidas, o paciente pode ter mais qualidade de vida.

Ademais, cabe frisar o uso de anticonvulsivos às patologias que afetam o cérebro, como a epilepsia. Em casos mais graves, a internação é recomendada, visto que o paciente põe risco à própria vida. Já que ele acredita que pode ser um impostor, pode infligir ferimentos na própria pele. A preocupação com o suicídio deve ser levada em conta.

Comentários finais sobre a síndrome de Capgras

Bem distante das telas do cinema, a identificação com uma falsa realidade é bastante pertinente e real. Muitas pessoas são levadas a crer que todo o ambiente onde vive se trata de uma projeção. Isso inclui as pessoas, já que são vistas como impostores pelo indivíduo. Esse é o papel da síndrome de Capgras: nos afastar de tudo o que amamos.

Assim que sua estrutura for detectada, cabe aos mais próximos solicitar ajuda especializada. A intervenção terapêutica vai evitar com que esse indivíduo extrapole a linha do seguro. Com isso, o tratamento medicamentoso e terapêutico podem ajudar na sua reabilitação. Não devemos correr o risco de deixar com que ceda à irrealidade.

A fim de que compreenda melhor essa situação da síndrome de Capgras e muitos outros transtornos e doenças, faça nosso curso de Psicanálise Clínica online. Com a ajuda dele, você consegue elaborar um mapa e pontuar o que motiva o comportamento das pessoas. Isso inclui você mesmo, já que aprende a olhar para si com o autoconhecimento bem construído. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − sete =