O surrealismo foi um grande movimento que influenciou a arte no século XX. Então, para entender mais sobre o assunto, leia o nosso post!

Surrealismo: história, conceito e artistas surrealistas

Posted on Posted in Conceitos e Significados, Psicanálise e Cultura

O surrealismo foi um movimento na arte que ocorreu na Europa no século XX. Assim, ele foi um importante evento, pois influenciou várias áreas, como a literatura e o cinema. Então, para entender mais sobre o assunto, leia o nosso post agora mesmo.

O que é surrealismo?

Para iniciar o nosso post, falaremos sobre a origem do surrealismo. Nesse sentido, o movimento nasceu na Europa, no período entre as duas guerras (1918-1939), também conhecido como “os anos loucos”. Afinal, a incerteza predominava aquele período e as pessoas tinham um desejo de viver somente o presente.

Além disso, esse período foi marcado por contradições, insatisfação e desequilíbrio. Com isso, os diversos movimentos artísticos eram focados numa nova interpretação e expressão da realidade. Então, tais movimentos foram denominados como “vanguardas europeias”.

Aliás, o surrealismo foi uma dessas correntes e contou com o Dadaísmo e a pintura metafísica de Giorgio de Chirico (1888-1978) para ser desenvolvido.

Entenda qual é o conceito de surrealismo

Para o escritor francês André Breton, o termo surrealismo consiste em expor, podendo ser de forma verbal, escrita ou de outro jeito, o funcionamento real do pensamento. Além disso, ele explica que nessa expressão não há razão e não se preocupa com a estética ou moral.

Então, quais são as características do surrealismo?

De forma mais simples, as principais características do surrealismo são:

  • criação de cenas irreais;
  • expressividade espontânea;
  • liberadde de pensamento
  • criação de uma “realidade paralela”;
  • influência das teorias da psicanálise;
  • valorização do inconsciente.

Desse modo, essa vertente artística propõe a valorização da loucura, da fantasia e a utilização de uma reação automática. Por conta disso, o artista precisa deixar-se levar pelo impulso, em realizar a sua arte tudo o que está em sua mente. Além disso, não há preocupação com a lógica e a razão.

Logo, os adeptos do surrealismo tinham como meta utilizar o potencial do subconsciente. Ademais, dos seus sonhos como base na hora de criar imagens fantásticas. Por isso, a literatura e as artes plásticas eram vistas como uma forma de expressar o “casamento” entre a realidade e o sonho.

Assim, forma um tipo de realidade absoluta ou uma “surrealidade”.

Sobre a arte surrealista

Dessa maneira, para entender melhor sobre o surrealismo, vamos conhecer os <principais artistas surrealistas. Então, confira os próximos tópicos.

Salvador Dalí

O primeiro pintor surrealista foi Salvador Dalí. Nascido na Espanha, ele é o maior símbolo surrealista mundial, pois o seu estilo alternativo sempre foi o centro das atenções. Por conta disso, ele é um ícone pop da arte moderna.

Portanto, saiba que Dalí desenvolveu mais de 1500 quadros, além de ilustrações, esculturas, livros etc. Assim, entre as suas obras mais famosas estão:

  • “A Persistência da Memória” (1931);
  • “A Tentação de Santo Antônio” (1946).

O surrealismo de Joan Miró

Nascido na mesma cidade de Dalí, Joan Miró foi um pintor, escultor e gravurista surrealista. Além desse movimento, ele teve contato com outras vertentes artísticas como dadaísmo e fauvismo. Ainda, Miró participou da primeira exposição surrealista, em 1925. As suas obras mais conhecidas são:

  • “Personnage Oiseaux” (1972 – 1978);
  • “Interiores Holandeses” (1928).
Leia Também:  O que é Atuação em Psicanálise

Max Ernst

O pintor e poeta alemão Max Ernst viveu na França onde conheceu o movimento surrealista. Lá, começou a dominar como poucos o conceito do Surrealismo. Contudo, ele precisou fugir para os Estados Unidos por conta da segunda guerra e retornou à França em 1948. Assim, entre os seus trabalhos mais famosos estão:

  • “A bela estação” (1925);
  • “Cidade com animais” (1919).

René Magritte

René Magritte nasceu na Bélgica e mudou-se para Paris em 1927. Assim, foi onde começou a fazer parte de um grupo surrealista. Aliás, tornou-se um dos mais importantes nomes desse movimento. Logo, as suas obras mais famosas são:

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    • A Queda” (1953);
    • O Filho do Homem” (1964).

    Remedios Varo e o surealismo

    A pintora surrealista Remedios Varo Uranga morou em Paris. Pois, local este onde foi bastante influenciada pela vertente surrealista. Porém, ela foi forçada a exilar-se da capital francesa por causa da ocupação nazista na França. Aliás, precisou mudar-se para a Cidade do México, ficando lá até a data de sua morte.

    Frida Kahlo

    A artista mais famosa, Frida Kahlo começou no mundo da arte por acaso. Pois, após sofrer um grave acidente ela se aproximou da pintura, como forma de passatempo.

    Embora muitos artistas a denominavam como surrealista, ela própria não acreditava nisso. Isso porque, para ela, as suas obras não eram sonhos e, sim, a sua própria realidade. Por fim, as obras mais conhecidas são:

    • “O Veado Ferido” (1946);
    • “As Duas Fridas” (1939).

    Leonor Fini

    Leonor Fini trabalhou como pintora, figurinista, escritora, designer e cenógrafa. Sendo assim, muitas de suas obras apresentam mulheres que são empoderadas em situações provocativas, tais como:

    • “L’Entracte de l’Apotéose” (1935);
    • “Deux Figures Grotesques” (1932).

    Alberto Giacometti

    Ele foi um grande escritor e pintor suíço que teve bastante influência do modernismo. Além de ter obras muito importantes para a vertente surrealista. Aliás, sempre utilizava figura humana como protagonista em seus trabalhos de forma existencialista e expressiva. A sua principal obra é “Dança da Primavera” (1922).

    Vito Campanella

    Por fim, para finalizar a nossa lista de artistas surrealistas falaremos sobre Vito Campanella. Pois, ele foi um importante pintor italiano que encontrou no surrealismo a melhor maneira de se expressar. Em 1956, mudou-se para a Argentina onde começou a ter inspiração na cultura latino-americana.

    Conheça mais sobre a literatura surrealista

    Na literatura surrealista, os autores renunciaram à poesia e ao romance de estilos clássicos. De modo geral, utilizaram a escrita mais automática, em que escrevia tudo o que vem à mente. Ou seja, sem nenhum corte.

    Por isso, conheceremos os principais escritores surrealistas. Então, confira a seguir!

    André Breton

    Ele foi autor do “Manifesto Surrealista”,  que foi responsável por colocar o movimento surrealista em todas as áreas da arte. Além disso, foi um grande incentivador dessa vertente em revistas e exposições.

    Conde de Lautrémont

    Um dos mais importantes precursores do movimento surrealista no campo da literatura. Uma de suas obras mais conhecidas é o poema “Contos de Maldoror”. Embora muitos o considerem como um gênio da literatura, para outros ele foi somente um louco.

    Benjamin Péret e o surrealismo

    Benjamin Péret foi um importante poeta e ajudou a fundar a revista “La Révolution Surréaliste”, junto com André Breton. Aliás, ele morou no Rio de Janeiro, onde era conhecido como Maurício e escreveu o “Segundo Manifesto do Surrealismo”.

    Leia Também:  Qual o sentido da vida? As 6 ideias da Psicanálise

    Alfred Jarry

    Por fim, falaremos de Alfred Jarry. Pois, ele influenciou tanto essa vertente artística que acabou desenvolvendo uma pseudociência chamada Patafísica. Ou seja, um tipo de ciência das soluções imaginárias.

    Além de fazer parte da literatura, ele foi um grande precursor do teatro do absurdo “Quem é”. Isto é, uma maneira de teatro que usa de elementos ilógicos para caracterizar o destino que as pessoas e a sociedade estão inseridas.

    Considerações finais sobre o surrealismo

    Você sabia que o Sigmund Freud influenciou o surrealismo? Então, para saber mais sobre isso, que tal conhecer o nosso curso online de Psicanálise? Assim, com as nossas aulas e os melhores professores do mercado, você aprenderá mais sobre essa área tão rica do saber humano. Então, não perca essa grande oportunidade. Inscreva-se já e comece ainda hoje!

    3 thoughts on “Surrealismo: história, conceito e artistas surrealistas

    1. Nossa, que interessante!
      Adorei a ideia que tinham de viver no presente e como isso se representa nas obras, a do relógio principalmente.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *