talento humano conceito tipos

Conceito de Talento Humano: 4 tipos para a psicologia

Posted on Posted in Comportamento, Curso de Psicanálise

Muito se fala sobre talento, mas o que é talento humano? Hoje em dia, a maioria das empresas faz um trabalho específico na hora de recrutar novos empregados, buscando um diferencial, aqueles candidatos que realmente possuem talento.

Neste artigo, você vai conhecer os 4 tipos de talentos, na visão da Psicologia. Vai saber como desenvolver diferentes talentos, em você mesmo e nas pessoas de sua equipe de trabalho.

Isso porque recrutar e treinar empregados talentosos é uma das principais chaves para o sucesso de uma empresa. Já se sabe a importância do talento humano para as empresas, e os gerentes estão cada vez mais preocupados com isso.

Mas você sabe o que os profissionais de RH e os psicólogos de recrutamento querem dizer quando eles falam em talento humano? O uso dessa expressão pode ser um pouco confusa, e foi por isso que decidimos te ajudar e trazer esse texto explicando tudo direitinho.

Você sempre quis saber o que significa talento humano para a psicologia? Então você está no lugar certo, é só ler esse texto até o final e descobrir!

As diferentes definições de talento humano

Talento é uma palavra que, a princípio, é bem direta, e poucas pessoas ficariam na dúvida quanto ao seu significado. Mas quando paramos para pensar em talento humano, existem duas importantes vertentes de interpretação da expressão.

  • Uma diz respeito ao uso de talento para descrever as pessoas que são melhores naquilo que fazem, que possuem de fato um diferencial, e que se destacam em relação às outras pessoas.
  • A outra interpretação está mais ligada ao fato de que todas as pessoas possuem talentos, e que talento humano seria então a valorização daquilo que cada um tem de melhor, potencializando os talentos individuais para se criar um talento organizacional com maiores potenciais.

O maior problema é que uma interpretação é totalmente diferente da outra, mas não podemos dizer que uma está certa, ou errada. Elas simplesmente irão levar a diferentes formas de organizar uma companhia.

O mais difícil, nesse caso, é escolher a definição de talento humano a ser empregado por cada organização, e definir como e onde empregar esses talentos, uma vez que esses conceitos podem mudar de forma significativa a organização de uma empresa, a forma como ela trabalha, e como ela atinge seus objetivos.

O talento humano segundo a psicologia

Sabemos que o talento humano pode ser interpretado pelo pessoa do RH de diferentes formas. Mas o que a psicologia tem a dizer sobre isso?

Sabemos que é muito tentador acreditar na ideia de super-heróis, de pessoas com talentos inigualáveis capazes de resolver problemas de forma mágica e instantânea. É por isso que existe a tendência a acreditar que existem pessoas extremamente talentosas e mais capazes do que outras.

Se essa visão fosse verdade, seria muito mais fácil para uma empresa atingir o sucesso. Seria só colocar alguém com exímio talento humano no topo, e pronto. Mas na prática, as coisas não funcionam assim.

O sucesso de uma companhia se baseia em muitos outros fatores, que são muitas vezes mais importantes do que o talento de seus líderes e gestores, como a sua política organizacional, estruturas e tarefas do dia a dia. Coisas básicas e mundanas que farão toda a diferença no resultado final.

4 diferentes tipos de talento humano

De acordo com a psicologia, todo mundo possui talento. O talento possui, na verdade, quatro domínios principais, definidos a seguir:

· Conhecimento ou saber: esse domínio tem a ver com tudo o que a pessoa aprendeu através de uma educação formal, na escola, graduação, pós graduação ou cursos de capacitação. É o saber teórico, que pode ser identificado através do currículo.

· Habilidade ou saber fazer: sabe-se, no entanto, que não adianta apenas saber, tem que saber fazer. É ai que entra esse domínio do talento, a capacidade de aplicar o conhecimento teórico, na prática.

· Julgamento ou saber analisar: esse talento vai um pouco além, e se relaciona com a capacidade com conseguir analisar o saber e a habilidade de outros – ou mesmo de máquinas – que desempenham funções importantes na empresa.

· Atitude ou fazer acontecer: em outras palavras, esse domínio pode ser entendido como proatividade. É aquela pessoa que sabe, sabe como fazer, consegue analisar processos e possui iniciativa para colocar tudo isso em prática.

Desenvolvendo o talento humano nas empresas

No mundo ideal, empregado perfeito seria aquele possuidor de todos esses talentos, o empregado modelo. Mas na prática, percebemos que procurar alguém assim pode ser um pouco idealista demais.

Leia Também:  Namoro abusivo: conceito e libertação

As pessoas podem não possui todos esses talentos, mas serem muito boas em algum ponto. Um empregado pode ser detentor de um saber teórico impressionante, mas pode não ser muito bom em colocá-lo em prática e se articular com outras pessoas.

Mas é possível colocá-lo ao lado de um realizador e comunicador excepcional. Essa dupla de talentos junta pode fazer toda a diferença para o sucesso da companhia.

O maior desafio das empresas hoje é:

  • saber identificar esses talentos em cada funcionário – atual ou potencial;
  • saber desenvolvê-lo ao máximo; e
  • saber colocar o empregado em funções certas, que irão potencializar seus talentos e, consequentemente, os resultados do trabalho.

Como o empregado pode utilizar esses conceitos na prática?

Em uma entrevista de emprego, tenha certeza de mostrar suas potencialidades, de expor seus talentos, e se mostre aberto para aprender, crescer e desenvolver outros aspectos.

  • Para os empregados, reconhecer os seus próprios talentos é fundamental. Dessa forma, você consegue saber em quais funções se encaixa melhor, como pode contribuir para uma empresa, e tem maiores chances de se dar bem no mercado de trabalho.
  • Além disso, é preciso reconhecer suas próprias habilidades, isso lhe dará a oportunidade de compreender os pontos que precisam ser melhorados. Afinal, todas as áreas do talento humano podem ser trabalhadas e desenvolvidas para que elas sejam aprimoradas.

O empregador moderno, que baseia seu recrutamento nos conceitos de talento humano da psicologia, saberá reconhecer esses talentos e se aproveitará para desenvolver as potencialidades de cada empregado no cargo adequado, aumentando assim as chances de competitividade e sucesso da sua empresa.

Após a leitura desse texto, gostaríamos de saber o que você entende por talento humano? Conta pra gente ai nos comentários, o que é, na sua opinião, talento humano, e qual a sua importância!

Convidamos você a se inscrever no nosso Curso de Formação em Psicanálise Clínica, 100% On-line. Se você trabalha com pessoas (clientes, fornecedores e liderança de equipes), se você busca autoconhecimento ou se você quer atuar na área de Psicanálise, nossa Formação é a mais completa e acessível.

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *