técnicas de estudo e aprendizagem

Técnicas de ensino e aprendizagem: as 6 mais efetivas

Posted on Posted in Comportamento

A educação, assim como outras indústrias, evoluiu muito nos últimos anos. As técnicas de ensino pedagógicas tradicionais, baseadas em um professor explicando um assunto e os alunos tomando notas, ainda podem ser úteis na ocasião. Mas a educação hoje gira mais em torno de incentivar o aluno a despertar sua curiosidade e desejo de aprender.

Uma série de diferentes técnicas de ensino surgiram devido a essa mudança na educação. Muitas dessas técnicas de ensino não são tão novas! O uso da tecnologia na sala de aula deu à educação um novo sopro de vida, permitindo-nos abordar velhas ideias de novas maneiras.

A seguir, estão descritas algumas técnicas populares de ensino que surgiram da integração da tecnologia na educação.

6 técnicas de ensino que você deve conhecer:

Sala de aula invertida (invertendo sua classe):

O modelo de sala de aula invertida é bem simples. Envolve incentivar os alunos a se prepararem para a aula antes da aula. Assim, a aula se torna um ambiente dinâmico no qual os alunos elaboram o que já estudaram.

Os alunos preparam um tópico em casa para que a classe do dia seguinte possa se dedicar a responder a quaisquer dúvidas que tenham sobre o assunto. Isso permite que os alunos ultrapassem seus limites normais e explorem sua curiosidade natural.

EdModo

Uma das ferramentas educacionais mais usadas hoje em dia é o EdModo, uma opção ideal no que toca a aulas invertidas. O espaço de armazenamento ilimitado e a interface amigável ao usuário ajudam o professor a concentrar os seus esforços nos métodos de ensino em vez de perder tempo com papelada.

Pode ser integrado com o MS Office e com os Aplicativos do Google para Educação. O aplicativo móvel do Edmodo destinado para os pais dos alunos ajudam toda a família a manter-se atualizada sobre o progresso das suas crianças.

Esse post tem bastante informação, não é? Então, continue lendo o nosso post e aproveite para comentar abaixo!

Design Thinking (método de caso):

Esta técnica é baseada na resolução de casos da vida real por meio de análise de grupo, brainstorming, inovação e ideias criativas . Embora, seja um método estruturado, na prática pode ser bastante confuso, pois alguns casos podem não ter solução possível.

No entanto, o Método do Caso prepara os alunos para o mundo real e desperta sua curiosidade, habilidades analíticas e criatividade. Essa técnica é bastante usada em classes populares de MBA ou Mestrado para analisar casos reais vividos por empresas no passado.

Ewan McIntosh, um defensor do Design Thinking, criou a The Design Thinking School como parte de seu grupo de consultoria. A ferramenta aproveita as práticas criativas de algumas das melhores empresas de mídia e tecnologia do mundo para treinar métodos de ensino para implementar o conceito.

Autoaprendizagem

A curiosidade é o principal motor do aprendizado. Como princípio básico de aprendizagem, faz pouco sentido forçar os alunos a memorizar grandes resmas de texto que eles irão relembrar com relutância ou esquecer rápido. Ou seja, o segredo é permitir que os alunos se concentrem em explorar uma área que lhes interessa e aprenderem por conta própria.

Leia Também:  Descoberta da Sexualidade na infância e adolescência

Um exemplo perfeito de uma técnica de ensino baseada na autoaprendizagem é delineado por Sugata Mitra na conferência TED . Em uma série de experimentos em Nova Delhi, África do Sul e Itália, o pesquisador educacional Sugata Mitra deu às crianças acesso supervisionado à web.

Os resultados obtidos podem revolucionar a forma como pensamos sobre o ensino. As crianças, que até então nem sabiam o que era a internet, foram capazes de se treinar em vários assuntos com uma facilidade inesperada.

Mapa mental

Uma técnica comum para explorar a autoaprendizagem é o uso de Mapas Mentais . Os professores podem criar um nó central em um mapa mental e permitir aos alunos a liberdade de expandir e desenvolver ideias.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

    Por exemplo, se o foco é o corpo humano, alguns alunos podem criar mapas mentais nos órgãos ou ossos. Mais tarde, os alunos seriam avaliados de acordo com os Mapas Mentais que criaram e poderiam colaborar uns com os outros para melhorar os Mapas Mentais uns dos outros. E por fim, chegar a uma compreensão maior sobre o corpo humano.

    Já imaginou misturar educação com jogos? Pois, isso é possível! Para saber mais, continue lendo o nosso post.

    Gamificação

    Aprender por meio de jogos é um dos métodos de ensino já explorados, em especial, no ensino fundamental e pré-escolar. Ao usar jogos, os alunos aprendem sem nem perceber. Portanto, aprender brincando ou “gamificação” é uma técnica de aprendizado que pode ser muito eficaz em qualquer idade. Também é muito útil para manter os alunos motivados.

    O professor deve criar projetos adequados para os seus alunos, tendo em conta a sua idade e conhecimentos. Ao mesmo tempo que os torna atrativos para proporcionar uma motivação extra. Uma ideia pode ser encorajar os alunos a criar questionários online sobre um determinado tópico.

    Além disso, os alunos podem desafiar seus colegas a se testarem e ver quem consegue tem mais pontuação alt. Desta forma, os alunos podem desfrutar da competição com os colegas, ao mesmo tempo que se divertem e aprendem.

    Redes Sociais

    Uma variante da seção anterior é usar a mídia social na sala de aula. Os alunos de hoje estão sempre conectados à sua rede social. E, portanto, precisarão de pouca motivação para anima-los com as mídias sociais em sala de aula.

    As formas de usar os métodos de ensino são bastante variadas. Pois, tem muitas redes sociais e possibilidades para aproveitar.

    Um bom exemplo é a iniciativa da Academia Brasileira de Línguas “Red Ballon”. Ela incentivou os alunos rever os tweets de seus artistas favoritos. E depois, corrigir os erros gramaticais que cometeram no esforço de aprimorar o inglês!

    Ferramentas de aprendizagem online gratuitas

    Tem uma variedade de ferramentas de aprendizagem online gratuitas disponíveis que os professores podem usar. Tudo isso para incentivar o envolvimento, a participação e um senso de diversão na sala de aula.

    Os professores podem criar um ambiente de sala de aula interativa e dinâmica. Pode usar, por exemplo, questionários online para testar o conhecimento do aluno.

    Considerações finais

    Em síntese, como você pode ver, a tecnologia criou muitas técnicas de ensino que podem ajudá-lo a se conectar melhor com o mundo do ensino. Você já teve experiências com essas técnicas de ensino? Então, se inscreva em nosso curso online de psicanalise e inicie sua jornada neste campo tão vasto. Além disso, você irá evoluir na sua área profissional e pessoal!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    um × cinco =