Terapia Comportamental Dialética

O que é Terapia Comportamental Dialética?

Posted on Posted in Psicanálise, tratamento

O mundo das terapias alternativas se expande cada vez mais. Só aqui em nosso blog de Psicanálise Clínica já discutimos diversas delas! No entanto, hoje falaremos da Terapia Comportamental Dialética, cujo nome parece longo e complicado, mas com conceito que dá para entender. Ao longo do texto, você entenderá o que esse nome tão comprido significa, mas não só. Saberá do que se trata essa terapia e onde aprender mais sobre ela!

Definição de Terapia Comportamental Dialética por partes

O que é terapia

Em primeiro lugar, vamos definir a parte mais simples do termo. Apesar de falarmos muito sobre diferentes terapias por aqui, é possível que você nunca tenha lido um de nossos posts. Ademais, não é incomum encontrar leitores que ainda não entenderam bem o que é terapia ou fazer uma terapia. Assim, nos dirigimos a esses dois grupos de pessoas neste primeiro momento.

Vamos lá: se você já ficou doente, provavelmente foi ao médico e ele lhe recomendou algum tratamento para que você sarasse. O processo de tratamento de uma doença, seja ela mental ou física, é conhecido como terapia. Por esse motivo, sempre que você ouvir ou ler qualquer coisa que tenha propósitos terapêuticos, isso significa que essa coisa pode ajudar alguém a sarar de algo.

Quando falamos em transtornos mentais, distúrbios ou quaisquer problemas relacionados à mente humana, também os tratamos via tratamento terapêutico. Do mesmo modo como podemos cuidar de uma gripe com canja de galinha, Benegrip ou suco de laranja, há terapias mais efetivas que outras. Nesse contexto, é necessário verificar quais procedimentos são empregados em cada uma para decidir qual será a escolhida.

O que é comportamental

Agora vamos analisar um pedaço mais particular da Terapia Comportamental Dialética, pois ela não é um procedimento que pode ser aplicado a qualquer grupo de pessoas. A DBT (a sigla estrangeira é mais aceita do que TCD) é empregada apenas com pessoas que  tratamento de comportamentos suicidas e parassuicidas. 

Caso você não esteja por dentro dessa nomenclatura, parassuicídio refere-se a tentativas mal sucedidas de suicídio. Além disso, esse termo também engloba comportamentos suicidas como a automutilação e a ingestão de remédios. Para entender, pense principalmente em pessoas que não conseguem fazer cortes na pele que sejam profundos o suficiente para causar o óbito. Há também que não tome dosagens fortes o suficiente de medicamentos para isso.

Em um trabalho mais recente, foi defendido que essa terapia também pode ser aplicada a indivíduos que apresentem Transtorno de Personalidade Borderline. No entanto, essa adição só foi feita porque esse tipo de paciente geralmente apresenta comportamentos suicidas. Para que você entenda de que tipo de transtorno estamos falando, basta lembrar do caso amplamente divulgado de uma influencer que se suicidou após casar consigo mesma.

O que é dialética

Por fim, exploramos aqui a palavra que parece ser mais complicada em todo o termo “Terapia Comportamental Dialética“. A dialética é um termo que está bastante presente em discussões filosóficas. Nesse contexto, algo dialético pode ser compreendido como conflituoso e/ou originado pela contradição entre princípios teóricos.

No que tange à terapia com foco no comportamento, podemos entender que o termo faz referência ao tratamento de comportamentos conflituosos. Obviamente, trata-se de um trabalho extremamente delicado que é realizado com indivíduos extremamente sensíveis.

Leia Também:  Sonhar batendo em alguém

 Conceito de Terapia Comportamental Dialética

Dado que já exploramos em detalhe cada pedaço do termo “Terapia Comportamental Dialética“, agora faz sentido dar uma definição formal ao tratamento. Na realidade, quando olhamos para a literatura na área, essa terapia não é definida nesses termos. Diz-se dessa prática que ela é um um protocolo clínico.

Formalmente, a DBT é um protocolo com que se realiza o tratamento de comportamentos suicidas e parassuicidas. Nesses termos, a dita terapia se assemelha mais a uma prática ou estratégia do que uma terapia por si só. Parece ser mais algo que é empregado em um procedimento terapêutico mais amplo.

O que ocorre nas sessões da Terapia Comportamental Dialética?

A título de informação, trazemos algumas explicações sobre como funcionam as sessões da Terapia Comportamental Dialética. Como você verá, esta parte do texto está dividida em três estágios, pois esse é o procedimento padrão para trabalhar com a DBT. Confira o que acontece em cada um desses momentos mais abaixo!

Estágio 1 – Alcançando as habilidades básicas

Nesta primeira etapa da DBT, são estabelecidas metas terapêuticas para o tratamento dos indivíduos pacientes. São elas:

  • “reduzir comportamentos de suicídio ou parassuicídio”;
  • “diminuir comportamentos que interferem na terapia”;
  • “reduzir comportamentos que interferem na qualidade de vida”; e
  • “promoção de habilidades”.

Dessa forma, é possível verificar que nesse momento é como se o terapeuta começasse a limpar o terreno para o que vem a seguir. Para que o processo tenha sucesso, é importante que o paciente não tenha êxito em tentativas de suicídio futuras, além de minimizar o que está provocando a vontade de se matar. Ademais, é imprescindível garantir que a pessoa vai continuar participando da terapia.

Algumas maneiras de fazer isso é garantir que a pessoa desista de:

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ



Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Psicanálise.

  • isolar-se durante a sessão;
  • recusar o trabalho na terapia;
  • mentir;
  • não falar;
  • retrair-se emocionalmente; ou
  • discutir incessantemente as afirmações do terapeuta.

Estágio 2 – Redução do estresse póstraumático

Em seguida, chega o momento de trabalhar em todo o estresse decorrente das tentativas de suicídio. Contudo, não é só isso que precisa ser tratado na vida de alguém que tentou se matar. Veja que as causas para isso são extremamente informativas sobre aquilo que traumatiza e estressa o paciente.

Em muitos casos de Terapia Comportamental Dialética, indivíduos precisam descrever e aceitar uma situação traumática bastante comum, que é o abuso sexual. Assim, nesse momento, toda vítima passa por um processo de sintetização do ocorrido e aceitação da experiência.

Estágio 3 – Resolvendo problemas de vida e aumentando o respeito próprio

Por fim, chegou a hora de o indivíduo tratado aprender a andar com suas próprias pernas. Observe que a terapia pode ser associada ao processo de amamentar um bebê. Quando você começa a inserir alimentos sólidos em sua dieta, a amamentaçãonão é interrompida logo de cara. É necessário ir diminuindo a frequência de ingestão do leite materno ao passo que o alimento sólido é introduzido com mais robustez. 

No que tange à Terapia Comportamental Dialética, é mais ou menos isso que acontece.  O terapeuta responsável irá reforçar os comportamentos relacionados a capacidade do paciente de confiar em si mesmo. Além disso, o processo de terapia irá ajudar a pessoa a validar as próprias opiniões, emoções e ações. Dessa forma, ela conseguirá lidar com sua vida de maneira cada vez mais independente.

Leia Também:  10 ótimos jogos de alfabetização e letramento

Comentários finais: Terapia Comportamental Dialética

No post de hoje, você aprendeu o que é a BDT. Trata-se de um protocolo empregado por terapeutas que tratam com indivíduos que tentaram cometer suicídio ou cometeram parassuicídio. Nesse contexto, pessoas diagnosticadas com bordeline também podem passar pelos estágios previstos pela terapia.

Para aprender mais sobre a mente humana, transtornos e terapias como a Terapia Comportamental Dialética, confira uma oportunidade que temos para você. O nosso curso 100% online de Psicanálise Clínica oferece certificado, materiais exclusivos e professores acessíveis. Tudo a um preço bastante modesto que compensará o investimento quando você começar a clinicar ou incorporar a Psicanálise na sua profissão. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =